O objetivo de toda empresa é ser uma referência no mercado, bem como fazer com que a preferência reflita em números expressivos de lucro e crescimento como um todo, ou seja, tanto em resultados quanto em credibilidade. 

Para isso ocorrer de forma eficaz é necessário que se tenha um planejamento. Não importa qual é o tipo de sua empresa, se você tiver um negócio de empresa de fomento mercantil ou uma empresa têxtil é bom ter um planejamento estratégico desenhado.

Pois bem, pensando nisso, listamos abaixo algumas dicas com este foco de crescimento alicerçado em um planejamento equilibrado.  

1 – Reveja os últimos resultados obtidos de sua empresa

É essencial que você passe para o papel o retrospecto dos últimos resultados obtidos pela empresa. O registro desses últimos dados serão fundamentais para o planejamento dos próximos passos.  

O objetivo é bem simples, você precisa entender todo o potencial de sua empresa para ir rumo a um novo estágio, chegando a um patamar mais alto. Isso ajuda a entender também quais são os erros mais comuns da empresa, para arrumá-los.

Também ajuda a entender quais são os problemas que impedem o crescimento da empresa, refletindo em uma tomada de ação. Para isso você pode apostar em um software que mostra todo o procedimento de apresentação dos lucros que a empresa tem.

Então para que você comece a planejar o futuro é de suma importância que você entenda o passado da melhor maneira possível, por exemplo: você possui uma empresa que faz sistema para controle de delivery que não tem muito lucro. Então, faz o prognóstico que há um problema. 

Pois bem, graças a esses números descobre que a maneira que você faz para os clientes entrarem em contato não é eficiente. Pronto entendendo o problema, fica mais fácil buscar a solução, principalmente para aumentar os resultados.

Ou seja, depois do exemplo dado, ficou claro que a melhor ação é sempre buscar entender o passado antes de olhar para o futuro.

2 – Tente descobrir quais são seus pontos fortes e fracos

Como foi dito no último item, saber quais são seus pontos fortes e fracos é de extrema importância para que você faça o planejamento adequado para o crescimento da sua empresa, independentemente de qual seja o ramo de atuação.

Também precisa entender quais as possíveis oportunidades que a sua empresa possa vir a ter, bem como o que pode se tornar uma enorme ameaça a ela.

Isso pode ser feito através da Análise SWOT, que te dá um entendimento mais claro de onde a empresa está no atual momento, levando em conta características internas e externas que o seu negócio possui.

Por exemplo, se você possui uma empresa que instala controle de acesso biométrico, tem como ponto forte o bom sistema que você instala para seus clientes, mas possui uma comunicação defasada. 

A empresa concorrente percebeu isso e acabou virando uma ameaça para a sua empresa. Esse é seu ponto fraco. Mas uma empresa de comunicação pode te ajudar a resolver este déficit. 

Ou seja, o ponto fraco, na verdade, pode se tornar uma oportunidade de melhorar até outros pontos interligados de comunicação. 

3 – Saiba quais são as pessoas que você quer atingir

Um dos vários pontos que alguém que quer fazer a projeção do crescimento da empresa precisa entender é quem são as pessoas que a empresa quer atingir, ou seja, que vão fazer alcançar esse patamar de empresa grande.

Então, é de suma importância que a empresa tome conhecimento de seu público-alvo, por exemplo:

  • Quais são os seus desejos e necessidades?
  • Quais são as expectativas dele em relação à marca?
  • Qual é seu poder aquisitivo?
  • Qual é a idade em geral?
  • Quais são os seus costumes?
  • Qual é o seu modo de consumir?
  • Entre outras questões.

Por exemplo, se sua empresa faz balões metalizados para festas de aniversário, em geral o seu público vai buscar o valor de balões metalizados, bem como quais são as melhores opções.

Ademais, geralmente as pessoas que vão comprar esse produto são jovens ou pais de crianças. Então, pensando nisso, quanto mais você souber dos desejos e vontades do seu público, melhor serão suas ofertas de produtos e serviços. 

4 – Saiba em que mercado que a sua empresa está inserida

Saber qual é o mercado que a sua empresa está inserida é de extrema importância para o crescimento dela.

Para isso você deve saber quais características esse mercado possui, quais são as suas tendências, quais são as empresas mais relevantes daquele mercado específico e se existe algum ponto exclusivo que ainda não foi explorado adequadamente por empresas daquela área.

Pois bem, para isso o ideal é fazer uma pesquisa de mercado muito mais aprofundada sobre esses temas em específico.

Então se você possui uma empresa contábil, e entende que a contabilidade para abrir uma empresa está sendo uma tendência, bem como descobre uma maneira que consiga fazer isso de uma forma mais eficiente que as outras empresas, é muito provável que você largue na frente da concorrência.

Ou seja, com essa primeira ação de sucesso, também é provável que você consiga crescer apenas por conta desse ponto específico que você procurou e buscou entender bem.

5 – Defina quais serão as próximas metas de sua empresa

Você chegar e apenas dizer “Eu quero que a minha empresa cresça” é algo muito impreciso. Tudo bem, você possui esse desejo, mas afinal em quanto tempo você quer que ela cresça? O que está fazendo para isso? A sua meta é a curto ou longo prazo?

Está vendo como são várias questões? Por isso é necessário que você estabeleça uma meta sobre como chegar a esse outro patamar que você tanto sonha.

Logicamente você deve ser realista. Defina uma meta real para que ela possa ser atingida com êxito e rápida, ou seja, para que ela possa ter relevância em sua empresa, e com um prazo já planejado por sua organização.

Por exemplo, se você tem uma empresa que oferece curso de piloto comercial a distancia, e você quer aumentar a suas vendas, você não conseguirá vender o dobro no próximo mês, sem nenhuma estratégia. 

Então, pode começar com uma meta realista de 10% de aumento nas vendas para o próximo mês e estabelecer uma porcentagem de crescimento mês a mês. 

6 – Tenha um plano de ação

O plano de ação nada mais é do que como será a execução de como você pretende fazer para prosperar. Ou seja, você deverá colocar tudo na ponta do lápis para que seu desejo em relação ao crescimento de sua empresa se torne realidade.

Existem muitas metodologias de planos de ação que podem ser utilizadas para que a execução do seu plano se torne realidade, então veja qual plano se adequa mais a sua ideia.

Fugindo um pouco do tema de empresas, você pode pegar até um exemplo no âmbito ambiental que precise de estudos de impacto ambiental.

Dessa forma, será estabelecido um plano de ação para a realização deste estudo, certamente por um período de tempo para só depois emitir um laudo oficial com o resultado. 

Assim deve ser feito em todas as áreas. 

7 – Tenha indicadores de desempenho para seu negócio

O crescimento da sua empresa passa diretamente por indicadores de desempenho, que nada mais são do que KPI’s. Os KPI’s são ferramentas que auxiliam na monitoração da evolução das ações da empresa para caminhar para o crescimento no mercado.

Então, existe a possibilidade de observar se a empresa está rumo ao caminho certo, o que vem dando errado e o que pode ser feito para reparar esses erros. Pois bem, com a ajuda dos KPI’s é possível acertar o que for necessário para que sua empresa chegue ao objetivo final.

As variáveis de crescimento para se observar com essas implementações com o KPI são:

  • O seu faturamento e lucro;
  • Novos compradores;
  • A quantidade de venda;
  • Market Share;
  • O valor médio.

Então se você possui uma empresa de locação de máquina de café expresso profissional e faz uso desses KPI’s, eles vão te ajudar a entender, por exemplo:

  • Qual o caminho para que você tenha mais aluguéis de máquinas;
  • Qual é o seu faturamento;
  • Quem começou a usar os seus serviços recentemente;
  • Quantos aluguéis foram feitos naquele mês;
  • A média ganha com aquelas locações. 

É importante ressaltar que essa ação pode ser usada em empresas de diversos ramos, não apenas a do exemplo citado.

Crescimento não se dá de um dia para outro

Sim, é necessário planejamento para que você consiga crescer no mercado. Então, seguindo as dicas é bem provável que você consiga crescer na área.

Ademais, é necessário esforço e entendimento sobre tudo o que envolve a sua empresa, para que se possa aumentar os números de clientes e que você tome uma ação baseada naqueles clientes novos. Então, planeje bem para que você atinja outro patamar.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Comentários