Você sabe o que é fintech de contabilidade? Vamos exemplificar: imagine um serviço digital que calcule os gastos, faturamentos, dívidas da sua empresa, e outros fatores essenciais para fechar o mês longe do vermelho.

Em outras palavras, as fintechs de contabilidade vieram para simplificar a gestão financeira dos empreendedores. 

Se você quer saber mais sobre esse ramo, neste artigo nós vamos mostrar as seis maiores no Brasil. São elas:

  • Nibo
  • Contabilizei
  • ASAAS
  • Contaazul
  • Roit Bank
  • Osayk

Além disso, você vai saber para que serve uma fintech de contabilidade. Continue lendo!

Como funciona uma fintech de contabilidade?

A expansão das empresas de inovação levou à especialização de contadores para auxiliar no processo de crescimento das companhias e oferecê-las soluções criativas para evoluir no mercado competitivo.

Somente no ano de 2020, o Brasil chegou a marca de 742 fintechs, isso significa um crescimento de quase 35% comparado ao ano anterior. Além disso, mais de 900 milhões de dólares foram investidos em captação para essas startups.

De acordo com a pesquisa do Distrito Fintech Report 2020, os setores que necessitam de acompanhamento se dividem em crédito, meios de pagamento, dívidas, cartões, finanças pessoais, risco e compliance, investimentos, criptomoedas, crowdfunding, entre outros. Ou seja, um mercado vasto para ser avaliado por contadores profissionalizados.

Principais atividades de uma fintech de contabilidade

Fornecer dados relevantes

Os contadores habilitados devem disponibilizar aos clientes informações essenciais para a tomada de decisões necessárias sobre as finanças da organização.

Nesse processo, as fintechs entregam relatórios com insights, assim como orientam sobre a performance da empresa.

Entregar due diligence

Conceituada como uma espécie de auditoria, a due diligence (diligência prévia) faz uma análise de informações sobre a empresa. Neste caso, o profissional informa se a instituição está apta para seguir a estratégia já estabelecida ou se precisa reformulá-la e, assim, captar novos investimentos.

Estimula a independência e segurança

O processo das fintechs em gerar relatórios ajuda os empreendedores a se tornarem mais independentes e seguros. Isso não significa deixar de utilizar um serviço de contabilidade digital, e sim, o próprio gestor contribuiu junto ao contador para encontrar mais facilmente os erros e a pensar em soluções criativas.

6 tipos de fintech de contabilidade no mercado

1. Nibo

Formada por três empresários cariocas, em 2012 a Nibo chegou com o intuito de fortalecer a vida financeira dos escritórios no Brasil.

Entre os principais serviços, ela foca em emissão de notas fiscais e de boletos, em mobilidade dos aplicativos de bancos, na organização das contas a pagar e receber, além de automatizar todo o processo de cobrança.

A fintech já recebeu um aporte de R$20 milhões, cuja rodada de investimentos foi liderada pelo investidor sueco Vostok Emerging Finance, com participação de Redpoint e Valor Capital Group.

2. Asaas

A premissa da Asaas é automatizar o processo de cobrança das instituições, regularizando contas atrasadas ou vencidas, além de enviar cobranças e links de pagamento para receber em formato de boletos bancários, cartão de crédito ou por transferência.

Desde 2013 a empresa trabalha de forma simplificada para atender entre pequenas até empresas de grande porte.

Ao mesmo tempo, a ASAAS já recebeu R$ 2,5 milhões em aporte liderado pelo fundo Cventures Primus, que já havia investido R$ 2 milhões nessa fintech anteriormente em outra rodada de investimento. 

3. Contabilizei

Considerada a primeira fintech a oferecer serviço de contador online no Brasil, a Contabilizei atende as regiões de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

Com mais de 30 mil clientes, ela é uma empresa que se consagra por atividades como o cálculo de guias de impostos, folha de pagamento e pró-labore; relatórios contábeis com balanço, DRE e outros; emissão de nota fiscal e boleto gratuito, e a contabilidade completa dos clientes.

4. Conta Azul

Criada em 2012, a Conta Azul é uma fintech que se conecta a bancos, governo e outros aplicativos gerenciais. Entre os principais serviços oferecidos, destacam-se controle financeiro, emissão de boletos, frente de caixa online, relatório e painel de controle, vendas e orçamentos.

5. Roit Bank

Uma das fintechs de maior inovação tecnológica, a Roit Bank usa softwares com Inteligência Artificial (IA). Além disso, ela é a primeira a utilizar machine learning e deep learnig, o que levou a um investimento demais de R$ 3 milhões em programação digital.

A própria empresa calcula a economia de mais de 100 mil horas de trabalho “braçal” com o uso do sistema.

6. Osayk

Com funcionamento em modo ERP (Enterprise Resource Planning), a Osayk utiliza um disco para armazenar arquivos que pode ser acesso por qualquer dispositivo conectado à internet.

Como grande parte das fintechs, ela faz cobrança via boletos e cartão de crédito automatizada, emissão automática de notas fiscais, relatórios financeiros, conta com plataforma de gestão financeira e controle de estoque para a emissão das notas.

Comentários