Nunca é uma boa ideia não declarar imposto de renda, pois, sempre haverá uma consequência.

Mas, muitas pessoas não sabem qual é essa consequência e pensam que pode valer a pena. Nunca vale.

Por isso, continue lendo esse artigo até o final para entender o que acontece se você não declarar o imposto de renda em 2021.

O que acontece se não declarar imposto de renda 2021?

Esse ano, a declaração de imposto de renda tem que ser feita até o dia 30 de Abril, para estar dentro do prazo dado pela Receita Federal.

Então, caso você não faça a declaração até essa data, e está na lista das pessoas que deveriam fazer, você pode ter alguns problemas.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Mas, antes de mais nada, confira se você faz parte das pessoas que são obrigadas a fazer ou não.

Mas, se você está nessa lista e está pensando em não fazer a declaração, pense duas vezes. Primeiro, pois há uma multa para isso.

E essa multa na verdade pode ser bem alta. Algumas pessoas acham que é uma multa de R$ 165,74 e não se importam tanto com esse dinheiro.

Mas, não é bem assim. Pois, essa multa pode ir de 1% até 20% , ao mês, do valor do imposto que não foi pago. Sem contar com os juros que podem ser aplicados a ela.

Então, a multa de R$ 165,74 é apenas o início, o primeiro valor, que pode crescer muito se você seguir sem declarar.

Entretanto, o pior problema de não pagar o imposto de renda não é nem a multa, e sim as consequências que isso pode fazer com o seu nome.

Quem não declara imposto de renda pode ter, a qualquer momento, o seu CPF bloqueado. Você sabe o que significa isso?

Isso faz com que você tenha muitos impedimentos, é como se o seu nome estivesse bloqueado. Você não consegue mais tirar outros documentos.

Ou seja, não pode tirar passaporte, não pode fazer concurso, pedir qualquer tipo de empréstimo ou financiamento.

É como se parasse e bloqueasse a sua vida. E essa é, sem dúvidas, a pior consequência de se deixar de pagar o imposto de renda.

Como saber e o que fazer caso não tenha declarado o imposto de renda?

Primeiro, se você quer descobrir se você está devendo ou não o imposto de renda, é bem simples.

Você precisa apenas entrar no sistema onde você faz a declaração do imposto de renda, da Receita Federal, e ir na área de pendências, para ver se tem alguma notificação de informação incompleta ou pendente.

Pode ser que tenha um sinal falando que está incompleto, mas que ela pode ser entregue de qualquer jeito.

Mas, também pode ter uma informação de que tem um erro grave que impede que a declaração seja enviada.

Se estiver tudo certo no sistema da receita federal, então basta você fazer a sua declaração desse ano e enviar.

Caso contrário ver qual é o problema. Mas, você pode também verificar se o seu CPF está bloqueado ou não.

Para isso, você pode ir no site da Receita Federal, entrar na sua conta e pesquisar qual o status do seu CPF.

Quando você deixou de entregar uma declaração de imposto de renda nos últimos anos, então ela fica pendente em regularização.

Com isso, é também mais simples regularizar. Se o seu imposto estiver só atrasado, você deve entrar no programa de declaração de imposto de renda, no site da receita federal, para regularizar a situação.

O site irá calcular uma multa que você deverá pagar, assim como o pagamento do valor do imposto de renda do ano, e do atraso.

Eles irão cobrar o envio dos últimos 5 anos de declaração, para que você regularize tudo.

A multa deve ser realizada até um mês depois da realização da declaração de imposto atrasada. Cada dia que você atrasa o pagamento, soma-se 0,33% ao pagamento do imposto, até chegar a 20%.

Conclusão

Então, para evitar de não declarar o imposto de renda em 2021, ou atrasar muito, seria útil ter o auxílio de uma agência de contabilidade online.

Assim, há uma maior organização dos seus gastos, das suas receitas e você ficará sempre em dia com a Receita Federal.

E aí, esse artigo tirou suas dúvidas? Se sim, deixe aqui seu comentário.

Comentários