Que tipo de investidor você é? Como calcular os rendimentos para ter a melhor carteira de investimentos? 

Esses são alguns exemplos de testes e ferramentas que apresentam relevância, conquistando a atenção do público certo, transformando-se em uma excelente estratégia de marketing. 

Por isso, entender o que é conteúdo interativo pode transformar sua forma de trabalhar online.

Infográficos, questionários e calculadoras são alguns exemplos desse fantástico universo dos conteúdos interativos

Neste artigo, explicaremos melhor como esse formato de material é uma tendência para conseguir cada vez mais resultados expressivos, além de dicas para você entender a importância desse tipo de conteúdo! 

Você vai conferir:

  • O que é conteúdo interativo e em que se diferencia do conteúdo estático?
  • Que formatos de conteúdo interativo existem?
  • Quais são os 7 fatores que tornam o conteúdo interativo fundamental para o marketing das empresas?

O que é conteúdo interativo e em quê se diferencia do conteúdo estático?

O inbound marketing e suas mais variadas técnicas, como marketing de conteúdo, SEO e campanhas de email marketing, tem mostrado resultados bastante expressivos. 

Negócios dos mais diversos segmentos, desde a área de entretenimento até o setor financeiro, conseguem otimizar recursos e encontrar o público com estratégias online.

Entretanto, o universo digital se atualiza em altíssima velocidade, e é fundamental acompanhar as tendências, entregando as melhores experiências para o público. 

O conteúdo interativo, por exemplo, atende a uma grande necessidade do usuário: participação!

Desde uma landing page que solicita dados pessoais até um vídeo, no qual o espectador escolhe o rumo da história, todos os tipos de conteúdo digitais que solicitam uma ação, engajando o público e transformando a relação dele com o material, são considerados conteúdos interativos.

Diálogo direto usando conteúdos interativos

As marcas precisam se preocupar em estabelecer um diálogo mais próximo do seu público. Em alguns setores, como na área financeira, isso é ainda mais necessário, pois é preciso estabelecer uma relação de confiança.

Assim, o conteúdo interativo se mostra mais eficiente que os conteúdos estáticos. 

Mesmo que um texto ou vídeo contribua para o branding da empresa, os conteúdos interativos permitem que a persona estabeleça diálogos com a empresa.

Coleta de dados relevantes

Conseguir dados relevantes sobre a persona pode ser um grande desafio. Fazer isso sem investir em anúncios pode parecer algo ainda mais complexo.

Entretanto, essa é uma das qualidades do conteúdo interativo, que é bastante diferente do estático. 

Você consegue solicitar informações da sua audiência, além de conferir padrões de comportamento, preferências, dentre outros dados relevantes.

Entender melhor o público

Um dos principais fatores para gerar leads de qualidade é conhecer com quem a sua empresa se relaciona. 

A modelagem de soluções e, até mesmo, a forma como o negócio se comunica com a audiência estão muito ligadas com o comportamento do consumidor.

Os conteúdos interativos permitem uma compreensão mais detalhada e rápida do público em relação ao conteúdo estático. É possível fazer perguntas chave e saber mais sobre o cliente ideal.

Experiências marcantes

As pessoas não esperam mais por uma relação passiva com as empresas. Os conteúdos estáticos são interessantes e podem contribuir para nutrir o público com informações relevantes, mas a tendência é que não se destaquem tanto. 

Já os conteúdos interativos oferecem uma experiência rica, que aumenta a lembrança da marca e confere autoridade e credibilidade.

Que formatos de conteúdo interativo existem?

Existem muitos tipos de conteúdo interativo e, a cada dia, novas possibilidades são desenvolvidas, pensando em entregar experiências interessantes para o usuário, com informações relevantes. 

Confira os principais tipos disponíveis.

Quizzes

De origem inglesa, a palavra quiz significa questionário. Esse é um formato de material que, normalmente, apresenta uma ou mais perguntas. 

Seja em um tom mais descontraído, seja usando vários recursos de gamification ou em um modelo mais sóbrio, os quizzes tendem a ter uma grande aceitação por parte do público, facilitando o compartilhamento. 

Além disso, esse conteúdo interativo é muito importante por coletar dados específicos sobre o público.

Infográficos

Os infográficos são conteúdos com apelo mais visual, que concentra muitas informações de maneira organizada, o que facilita a compreensão do leitor

Esse material, normalmente, é usado mais no fundo do funil, não apresentando grandes taxas de conversão, mas educando a persona e reduzindo o ciclo de vendas.

Ebooks

A experiência digital traz cada vez mais a necessidade de personalização, e isso pode enriquecer bastante formatos que já existem no modelo estático, como é o caso do ebook. 

Livros digitais interativos ajudam o leitor a seguir uma lógica de acordo com sua necessidade, nível de conhecimento, entre outras preferências.

Calculadoras

Esse tipo de material também chama muito a atenção do público, entregando algo de muito valor: a personalização de dados. 

As calculadoras são ferramentas que ajudam a persona a entender melhor como funcionam determinados processos, ao mesmo tempo em que faz com que ela veja a importância da solução oferecida. 

Uma fintech, por exemplo, pode apresentar:

  • economia de migrar a conta para determinada empresa;
  • simulação de um empréstimo bancário;
  • projeção de investimentos;
  • planejamento para a aposentadoria privada.

Assessments

Promovendo uma mescla entre os materiais estáticos e conteúdos interativos, os assessments oferecem uma interação no meio de um texto ou vídeo, por exemplo, que está no formato estático. 

Normalmente, são questionários ou testes relacionados com o tema que é abordado no conteúdo de origem.

Landing pages

Muito conhecidas por ajudar na captura de leads, as landing pages ou páginas de destino são endereços com formulários que solicitam dados pessoais da persona em troca de um material rico. 

Seja um ebook, seja um infográfico ou uma calculadora, essa estratégia ainda é bastante eficiente, garantindo resultados interessantes.

Configuradores de soluções

Quase uma consultoria, os configuradores de solução são semelhantes às calculadoras, porém, com um foco maior em produtos ou serviços oferecidos

Esse tipo de conteúdo tem o objetivo de ajudar a persona a entender qual das soluções oferecidas pela empresa se encaixa nas suas necessidades.

Quais são os 7 fatores que tornam o conteúdo interativo fundamental para o marketing das empresas?

Confira, a seguir, como o conteúdo interativo pode contribuir para o aumento do ROI na sua estratégia.

1. Engaje o usuário com conteúdos interativos

Os materiais interativos fazem a pessoa expandir sua experiência. O engajamento também deve ser trabalhado. 

A tendência é que seus prospects e clientes se sintam mais envolvidos nesse formato, em que a sensação de autonomia e controle é potencializada.

2. Ofereça conteúdos de diferentes formatos

Algumas pessoas têm maior aproveitamento dos conteúdos conforme seu formato. Enquanto uns preferem ler para conseguir as soluções ideais, outros só pesquisam em vídeo para ter uma ideia dos materiais disponíveis. 

O conteúdo interativo pode ser apresentado em texto, imagem, vídeo, servindo como uma espécie de suporte para outros conteúdos mais estáticos.

3. Crie uma base de dados sólida

Outra vantagem de contar com conteúdos interativos é que eles ajudam a encontrar dados relevantes, coletando-os para a base da empresa. 

Mesmo com a Lei Geral da Proteção de Dados (LGPD), ainda é permitido ter acesso e, até mesmo, tratar dados sensíveis, otimizando processos e facilitando a transparência.

4. Qualifique seus leads

O ciclo de vendas de uma empresa, normalmente, é estudado para entender quais serão as melhores etapas do processo como um todo. 

Nesse sentido, o timing para entrar em contato com o cliente quando ele demonstra interesse pelos produtos, por exemplo, é muito importante. 

Assim, esse tipo de material pode servir não apenas para atrair o público, como também, para ajudar na integração entre marketing e vendas.

5. Colete dados first-party

O first party data é o conjunto de dados que se consegue a partir de um contato direto do público com a empresa. 

Os materiais interativos são fundamentais nesse sentido, oferecendo bons resultados tanto qualitativamente quanto em quantidade. 

Esse modelo ajuda a usar os dados de forma adequada, evitando a produção de ações baseadas apenas na experiência coletada por outras empresas.

6. Destaque sua marca da concorrência

Outro fator que deve ser considerado nas estratégias interativas é a capacidade de se destacar da concorrência. 

Por serem materiais mais atrativos e bem desenvolvidos, esses tipos de conteúdo agregam valor, credibilidade e reconhecimento da marca. Por isso, os conteúdos interativos também servem para destacar a empresa da concorrência.

7. Aumente a fidelização de clientes

Muitas vezes, quando a estratégia de marketing é desenvolvida, as ações focadas nos atuais clientes da empresa são deixadas de lado. 

Com o conteúdo interativo, é possível criar alguns materiais, justamente, para o público que já é cliente da marca. Esse tipo de ação tende a ampliar a fidelização dos clientes.

Gostou de conhecer melhor o que é conteúdo interativo e como ele funciona? Como você deve ter percebido, esse tipo de material é mais coerente com a atual lógica de marketing e vendas, na qual o cliente é o centro da estratégia e espera um relacionamento próximo com as marcas. 

Esse tipo de conteúdo ajuda a desenvolver conteúdos cada vez mais personalizados, interessantes tanto para a audiência quanto para a própria empresa.

Este artigo foi feito em parceria com a Rock Content

Comentários