Um dos passos importantes para uma pessoa que quer começar a investir seu dinheiro é abrir conta em uma corretora de valores. Mas escolher entre tantas opções pode ser uma tarefa difícil. Sabendo disso, selecionamos várias informações para você ver entre Rico ou Toro Investimentos qual é a melhor. 

Cada corretora possui suas peculiaridades e o que pode distinguir uma da outra é a variedade de serviços oferecidos. Quando você opta por uma corretora de valores quer dizer que você está em busca de distribuir seus investimentos, pois esta é a função das corretoras. 

Ao escolher uma corretora para abrir uma conta de investimento todo o processo é feito online e não é necessário pagar nenhuma taxa de abertura nem de manutenção. Ainda que de imediato você não invista nada, nenhum valor é cobrado de você. 

É bem simples mesmo e com o crescimento das fintechs e consequentemente o maior acesso da população a esses serviços, cada vez mais brasileiros estão investindo na bolsa. 

De acordo com o balanço da B3, a bolsa de valores de São Paulo, divulgado pelo portal G1, o número de brasileiros que investem na bolsa chegou no início de 2019 a um total de 858 mil investidores pessoas físicas. Um grande crescimento, conforme indicado no gráfico abaixo:

Rico ou toro investimentos

Imagem: G1

Somente em janeiro deste ano, a Bolsa conquistou 45 mil novos investidores, o que significa  um crescimento de 5,5% em comparação com o final de 2018. Em 1 ano, o número de investidores pessoas físicas aumentou 38%, foram 237 mil novos participantes.

Se quer fazer parte dessa estatística e está buscando sobre como investir seu dinheiro, provavelmente já viu vários exemplos de fintechs do Brasil. Mas neste artigo vamos te dar informações para você optar entre Rico ou Toro Investimentos, qual é a melhor. Continue lendo e saiba tudo.

Qual escolher, Rico ou Toro Investimentos?

Rico 

Depois de ler um pouco acima, você já tem ideia sobre o que é Rico Investimentos e que ela é uma corretora de valores. Contudo, para conseguir comparar entre Rico ou Toro Investimentos, é bom se aprofundar nos detalhes de cada uma. 

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

A Rico foi criada em 2011 e desde então mais de 3 mil pessoas já investiram com essa corretora no Brasil. Além disso, mais de R$18 bilhões estão sob responsabilidade dela. A Rico, que foi comprada pela XP Investimentos em 2016 é a segunda maior corretora do Brasil. 

Ela oferece uma grande variedade de opções de investimentos, como:

  • Previdência Privada
  • Tesouro Direto
  • CDB
  • LCI
  • LC
  • LCA
  • Fundos de investimentos
  • Fundos imobiliários
  • Ações
  • Aluguel de ações
  • Opções
  • Contratos futuros
  • Minicontratos 
  • Futuro de ações
  • Micro S&P 500
  • Ofertas Públicas (IPO)
  • Robô advisor
  • Debêntures
  • CRI e CRA
  • COE

Para começar a investir pela Rico é simples. Basta abrir uma conta gratuitamente e depois transferir o dinheiro que quer investir via TED para sua conta na Rico. 

A Rico não aceita depósitos em dinheiro e cheque, apenas transferência eletrônica. Vale salientar que o valor da transferência de TED depende do seu banco. Se o valor é muito alto, fique esperto, não vai valer a pena transferir para fazer render. 

Dessa forma, o melhor a fazer é buscar um banco que não cobre taxa de TED. 

Toda corretora para se manter precisa cobrar taxas, certo? Por isso, para fazer uma boa comparação entre Rico ou Toro Investimentos uma dica é estar atento às taxas cobradas por cada uma delas. 

Por exemplo, na Rico, não existe taxa de administração se você vai investir no tesouro direto, mas é cobrada uma taxa de custódia da BM&F Bovespa de 0,30%a.a. Já se você optar por uma aplicação em renda fixa (CDB, LC, LCA, LCI e Debêntures) a Rico não cobra pela intermediação. 

Os custos da Rico são variáveis conforme o tipo de investimento que você escolher. 

Confira no vídeo abaixo como abrir uma conta nessa corretora:

Toro Investimentos

Entre as diversas startups fintechs do Brasil outra que está ganhando espaço no setor de corretagem de valores é a Toro Investimento, uma das maiores fintechs de investimento do mundo

Para ajudar você e comparar entre Rico ou Toro Investimento, saiba também um pouco da história da Toro. 

Ela começou como uma startup de educação financeira há 8 anos em Belo Horizonte e depois de algum tempo tornou-se também uma corretora de valores com o objetivo de ampliar o acesso das pessoas comuns ao mercado de ações. 

De acordo com dados da empresa, mais de 800 mil pessoas aprenderam a investir com a Toro. E ela já viabilizou mais de R$100 bilhões em investimentos e conta com uma equipe de mais de 200 colaboradores.

Assim como na Rico, na Toro você também não paga abertura, manutenção e saques da sua conta na corretora. Também não é cobrada nenhuma taxa para investir em qualquer produto de renda fixa e Tesouro Direto. 

A taxa de custódia BM&F Bovespa sobre o Tesouro Direto é 0,25% a.a.

Caso você escolha investir na Bolsa de Valores seguindo as recomendações da Toro, você paga a taxa de corretagem apenas se tiver lucro, que neste caso é 10% sobre o valor que você ganhou. Para os outros tipos de investimento existem custos variados

Veja no vídeo abaixo uma análise sobre a Toro Investimento e veja se vale a pena:

As fintechs de investimento funcionam como corretoras de valores e elas são como uma ponte você e o mercado financeiro, elas fazem você chegar até ele e investir seu dinheiro e por isso é tão importante conhecer bem qual você irá utilizar. 

Além disso, ambas as corretoras também possibilitam que você faça simulações de investimento em renda fixa ou tesouro direto, você pode começar fazendo simulações e depois investindo pouco para começar. 

Ao escolher entre Rico ou Toro Investimentos avalie bem os serviços, a plataforma e como você se sai mexendo em cada uma delas, para que futuramente você não tenha nenhum problema.

Agora que você já sabe de tudo sobre as fintechs Rico ou Toro Investimento já consegue escolher qual é a melhora para investir seu dinheiro, que tal continuar por dentro de todas as novidades do mundo das fintechs? Assine nossa newsletter e não perca nada. 

Comentários