Criptomoedas são uma novidade tanto no mundo das finanças quanto em termos de tecnologia. Elas são ativos descentralizados que usam uma rede internacional gerida pela comunidade chamada blockchain para emissão das moedas digitais e registro das transações feitas com elas, e isso tudo é muito novo. Por isso, há muita curiosidade sobre o assunto.

 

A Bitso é especialista nessa área e atua como exchange de criptomoedas. Nossa missão é levar esses ativos digitais para o dia a dia das pessoas de forma útil, com uma experiência tranquila e de forma segura. Por isso, neste post, além de apresentar a Bitso para você, vamos falar de como ela pode ajudar quem tem interesse nesse mundo a começar com criptoativos.

 

1. O que são criptomoedas

Uma criptomoeda é um ativo digital: ela tem valor, pode ser trocada por dinheiro, é aceita como forma de pagamento. É muito parecida com uma moeda de fato, só que é totalmente virtual.

 

O “cripto” do nome tem a ver com “criptografia”, um processo matemático usado para ocultar dados e evitar acessos indevidos. Uma vez que essa moeda é digital, esse cuidado é necessário.

 

A maior diferença de uma criptomoeda para uma moeda tradicional não é o fato de ser digital, mas a emissão: elas são descentralizadas. Isso significa que não tem um governo ou um banco por trás das criptomoedas, mas uma comunidade que cria as moedas, verifica suas transações e garante que esteja tudo certo, de forma transparente.

 

Alguns criptoativos como o Bitcoin e o Ether fizeram isso tão bem que são muito valorizados. Para você ter criptomoedas, é preciso saber como comprar e armazenar. Você pode fazer isso por sua conta ou ter o apoio de uma exchange experiente e segura como a Bitso.

 

2. Como começar com a Bitso

Como comprar criptomoedas requer um certo conhecimento (por exemplo, é preciso ter uma carteira digital para armazenar seus ativos), a Bitso existe para facilitar essas transações.

 

Somos uma exchange de critpomoedas no mercado desde 2014. Com foco em manter uma operação segura e transparente, nossa empresa tem licença para custódia de criptoativos por seguir todos os padrões exigidos pela Comissão de Serviços Financeiros de Gibraltar (GFSC).

 

Além da plataforma para comprar criptomoedas, como o Bitcoin, usando reais, também oferecemos o serviço de carteira: armazenamos seus ativos com muita segurança.

 

Para começar com a Bitso, você só precisa acessar o site ou baixar nosso Bitso App e fazer seu cadastro. Vamos pedir uma verificação por e-mail, mas é para sua segurança – mesmo assim, se cadastrar é bem simples e rápido.

 

3. Comprando sua primeira criptomoeda

Depois de se cadastrar na Bitso e abrir sua conta, você já pode fazer seu primeiro depósito. A Bitso aceita tanto PIX quanto TED – a única questão é que esse depósito tem que ser feito de uma conta individual sua, cadastrada com seu CPF.

 

Deposite uma quantia com que você se sinta confortável, afinal, é sua primeira compra! Quando o dinheiro estiver na sua carteira ou Wallet na Bitso, você já pode comprar sua primeira criptomoeda. Algumas, como o Bitcoin, são muito caras para comprar inteiras. Não se preocupe, você pode comprar frações de Bitcoin, e é você que decide a quantia que quer aportar (a partir de R$25).

 

Para escolher qual criptomoeda comprar dentre todas que temos em nossa plataforma, nossa dica vale não só para sua primeira transação quanto para todas: analise bem. Criptoativos são voláteis, sua movimentação de preço é bem alta (tanto para cima quanto para baixo), e não há retornos garantidos. É preciso entender como elas funcionam e, a partir disso, fazer sua escolha. Temos aqui um guia em vídeo sobre criptomoedas que pode te ajudar.

 

Com essas informações e o valor que você escolheu, pelo app ou pelo site, é só clicar em “Converter” ou “Comprar”, escolher a criptomoeda que quer, o valor que deseja comprar, e pronto!

 

4. Acompanhando o mercado de cripto

Pronto para a etapa da compra, mas não para sua experiência com criptomoedas. Como dissemos, se manter por dentro do que está acontecendo e acompanhar o mercado é muito importante.

 

Se você, por exemplo, optar por manter criptomoedas como reserva de valor, tudo bem. Só entenda que essa é uma estratégia de longo prazo e que, no meio do caminho, você pode ver muitas quedas e altas.

 

O essencial é entender como aquele ativo que você escolheu se comporta para evitar surpresas que não estavam previstas na sua estratégia. Criptomoedas como Bitcoin e Ether costumam ter uma oscilação de preço maior. Stablecoins, como Dai e TrueUSD, já são menos voláteis, porque acompanham o preço do dólar norte-americano, o que significa que não oscilam tanto e, ao mesmo tempo, não têm grandes subidas no valor.

 

Não tem certo nem errado, você só tem que entender o que espera das criptomoedas.

  1. Conheça bem o ativo que está comprando;
  2. Comece com um valor que deixe você à vontade para entender melhor como funciona;
  3. Acompanhe o mercado e veja se sua estratégia está funcionando para alcançar seus objetivos.

 

5. Como continuar usando criptomoedas com segurança 

Existem alguns passos primordiais para garantir que você vai poder comprar, vender e usar criptoativos com segurança. Agora que você entendeu um pouco mais sobre esse mundo, vamos passar a isso.

 

Dissemos que criptomoedas são ativos digitais e precisam ser mantidos de forma digital também, já que não têm forma física, certo? Então, esse é o primeiro passo: você pode ou aprender a armazenar suas criptos em carteiras digitais por conta, ou escolher um serviço confiável como o da Bitso para fazer isso para você.

 

O segundo passo é sempre acompanhar o mercado. Isso dá a você as informações necessárias e, ao mesmo tempo, clareza sobre a estratégia que está traçando. No mundo de cripto, fala-se muito em a pessoa fazer seu próprio estudo, porque muita gente cai em ciladas achando que é dinheiro fácil. Ter suas fontes de informação, como podcasts, blogs e portais especializados, veículos de imprensa, canais de gente séria no Youtube, tudo isso faz muita diferença.

 

Isso nos leva ao terceiro passo: sim, criptoativos são voláteis, mas isso não significa que seja possível enriquecer do dia para a noite. Portanto, jamais acredite em promessas de retorno fácil. Se estiver negociando suas criptos em uma exchange como a Bitso, sempre fale com a empresa apenas pelos canais oficiais. Não aceite conselhos de estranhos, especialmente porque estamos falando do seu dinheiro.

 

Vamos resumir para facilitar:

  • Armazene suas criptomoedas em segurança – você pode escolher uma exchange como a Bitso para ajudar você;
  • Acompanhe o mercado e as notícias para poder escolher com informações seguras e confiáveis qual criptoativo comprar e quando;
  • Não acredite em promessas de dinheiro fácil, elas costumam ser irreais ou até mesmo golpes.

 

E, falando em segurança, além de a Bitso seguir todas as exigências da GFSC para manter a licença do órgão para custódia de moedas digitais, ainda conta com seguro para criptomoedas selecionadas e faz questão de manter com você uma relação transparente.

 

Para quem já tem conhecimento nesse mundo e gosta de ver gráficos, a Bitso também tem uma área chamada Bitso Alpha, com mais de 110 análises técnicas e recursos avançados para montar sua estratégia com criptomoedas.

 

Entender o universo de criptomoedas e as possibilidades desse ativo sem fronteiras ampliam seu mundo e trazem você para o futuro das finanças. A missão da Bitso é ajudar você a operar com cripto em segurança, com transparência e tranquilidade.

 

Comentários