Nem todos os conhecedores de criptomoedas são fãs do bitcoin, isso em razão da baixa capacidade de transações por segundo. Em contrapartida, você sabe que é Ripple e por que ela tem crescido no mercado? Justamente porque ele pode realizar 1500 transações por segundo.

Em outras palavras, o Ripple é considerado um protocolo de pagamento seguro e rápido para transações financeiras. Assim como, sua moeda nativa do Ripple é a XRP.

Mas por que o Ripple é a novo “queridinho” do mercado de criptomoedas? Quais são suas vantagens? Vamos explicar tudo neste post. 

Como funciona o Ripple?

O Ripple é utilizado para fazer transferências entre diversos tipos de ativos, entre eles, moedas ouro, miulhas, flat, entre outros, como, por exemplo, o próprio bitcoin.

Não é por acaso que mais de 100 bancos físicos se tornaram parceiros do Ripple, o que eleva o valor da moeda. Santander, American Express, MoneyGram, BBVA, BeeTech e Itaú são algumas das instituições que fazem parte da Ripple.

Além disso, pela alta agilidade de transações por segundo, o ativo possui um sistema digital blockchain de intercomunicação entre os bancos mais veloz e seguro do que outras ferramentas semelhantes do mercado.

Por outro lado, não terão sucesso os que desejam minerar a criptomoeda, visto que a XRP é centralizada pela própria empresa, a Ripple Labs, onde vários servidores processam e verificam as transações.

Além disso, do mesmo modo que o bitcoin, no Ripple há um limite de produção de criptomoedas. Já foram criados 100 bilhões de XRP, sendo que boa parte está em tesouraria com a própria Ripple. Atualmente são pouco mais de 43 bilhões de XRP em circulação.

Vale a pena comprar Ripple?

Agora que você já sabe o que é Ripple, pense se vale a pena investir na compra da moeda. Neste caso, tudo vai depender do prazo de investimento e dos riscos com essa espera. Isso porque há hipóteses da queda permanecer por diversas semanas.

Leia mais: Saiba como ter uma plataforma de criptomoedas em menos de 24 horas. 

Como comprar Ripple?

No Brasil, a melhor forma de comprar é por BTC em plataformas como Mercado Bitcoin e Foxbit. Depois é aconselhável trocar a moeda por IOTA nas casas de câmbio.

Internacionalmente as negociações do Ripple são feitas por Bithumb, Bitfinex, Poloniex, Bitstamp e Binance, com pagamento em bitcoin ou em dólar.

Quais são as principais vantagens do Ripple?

Velocidade em transações

A utilização de servidores próprios faz com que o Ripple valide seus pagamentos em baixíssimo tempo, ou seja, em frações de segundos.

Versatilidade

Qualquer usuário pode realizar compras ou vendas de moedas em qualquer lugar.

Baixa taxa de transação

As taxas do Ripple são inferiores à maioria das moedas. Mesmo que haja um aumento em determinado período do ano, os valores ainda serão considerados menores do que de outras criptomoedas.

Instituições financeiras como clientes

Com bancos físicos e conhecidos no mercado financeiro, o Ripple ganha visibilidade e, assim, maior confiança entre os consumidores.

E quais os riscos?

Existem dois fatores prejudiciais sobre o Ripple que os possíveis usuários devem ficar atentos. Em primeiro lugar, os preços podem sofrer oscilações, embora as taxas sejam baixas, isso porque a plataforma não pertence a um Governo específico.

Outro senão é que o ativo não é regulamentado no Brasil, assim é necessário conhecer qual empresa será responsável por mediar a comunicação entre compradores e vendedores (o Exchange).

Ripple é melhor que Bitcoin?

Não. Isso porque o Bitcoin ainda é uma criptomoeda independente, visto que ela não necessita da “resposta” de outros sistemas. Já o XRP procura solidifiques no mercado, por essa razão seu objetivo é se aliar a bancos de renome. Sendo assim, as agências reguladoras podem restringir alguns endereços, determinando que a empresa Ripple Labs realize o bloqueio.

Leia mais: 5 melhores empresas de bitcoin nacionais e internacionais

Como escolher entre a XRP e outras criptomoedas?

A melhor forma de escolher a corretora ideal para comprar criptomoedas é avaliar todos os critérios possíveis. Neste artigo apontamos as vantagens e desvantagens do Ripple. Sendo assim, compare o valor das taxas, a segurança oferecida, a evolução de cada plataforma, e a satisfação dos clientes mais antigos pela internet.

Além do mais, pense em seu objetivo futuro, por exemplo, o quanto você deseja lucrar em determinado período, por exemplo, um ou cinco anos. Assim você terá uma visão mais detalhada sobre onde fazer o melhor investimento.

Agora que você já sabe tudo sobre criptomoedas, está pronto para decidir sua próxima aplicação? Se você quer fazer escolhas lucrativas e saber mais sobre Bitcoin, acesse o curso “Segredos do Bitcoin 3.0”.

Comentários