Nem só de investimentos milionários se faz uma nova empresa e esse papel pode ser do investidor anjo. Com cifras que podem começar em, por exemplo, R$ 10 mil, já é possível fazer um investimento semente em uma empresa ou startup em fase inicial e fazer parte da sua construção.

Geralmente, esses investidores são empresários ou empreendedores, mas também podem ser familiares ou amigos que querem incentivar uma empresa e tem grande interesse em gerar novos negócios. E esse pode ser o salto que falta para uma ideia sair do papel.

Já ouviu falar em investidor anjo, mas não entendeu bem como funciona? Aqui estão três dúvidas chave para o assunto.

O que faz um investidor anjo?

No geral, um investidor anjo é alguém que investe seu próprio capital no crescimento de uma empresa um estágio inicial. Com esse investimento, ele também pode participar com sua consultoria e experiência na área.

Essa figura pode ser:

  • uma pessoa que tenha dinheiro bastante para investir e com quem a empresa tenha bom relacionamento,
  • um grupo de investidores que se unem para financiar essas startups,
  • Organizações especializadas nesse tipo de relacionamento para investimento semente, como a Anjos do Brasil.

Esses anjos decidem sobre seu investimento e, em troca desse capital, ficam com ações do negócio. Essa quantia pode ser flexível e não é necessariamente composta por altas cifras. E essas pessoas podem dar conselhos e trabalhar usando as informações do negócio, mas o trabalho deles não é alavancar sua empresa no dia a dia.

Como encontrar um investidor anjo

O primeiro passo é que a empresa saiba definir seu posicionamento. Quando você sabe o que a nova companhia faz, seu propósito e quais serão os setores envolvidos no seu negócio, fica mais fácil ter pesquisar possíveis investidores.

Depois disso, tente compreender quem poderia ser um investidor anjo e crie esse perfil interessado no seu negócio. Assim, você poderá pesquisar pessoas que já investiram em empresas do seu setor e procurar entender como elas podem ajudá-lo. Vá a eventos, procure seus colegas empreendedores, conheça mentores e se mantenha bem atualizado sobre as notícias do setor em que está inserido.

Agora você pode fazer suas conexões pessoais e profissionais com mais clareza e chegar com uma proposta formal para quem é de seu interesse. Já viu o programa de TV Shark Tank? A ideia é basicamente aquela: tenha uma boa apresentação (um pitch) do seu projeto e uma opção de investimento.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Tenha um bom pitch

Se você encontrar com o seu investidor anjo dos sonhos em um elevador, você não pode sentir que não está preparado para contar sobre o seu projeto. E nem sempre os recursos audiovisuais e planilhas poderão ser usados, esse conhecimento precisa estar na ponta da língua.

Quando você vai a eventos com investidores, é essencial que você tenha um ótimo pitch do seu negócio. Nesse discurso rápido e objetivo, você precisa ter todos os dados relevantes, sua história e como seu negócio pode se tornar um grande sucesso..

Treine bastante e saiba bem o que você pode oferecer em troca desse investimento que está buscando. O seu investidor anjo precisa ser convencido de que ele terá esse retorno e que você representa uma boa ideia.

Investidor Anjo é o mesmo que Venture Capital?

Venture Capital – ou capital de risco – é uma empresa formada por investidores profissionais e que fazem uso de capital vindo de diversas fontes, como fundos de pensão, fundações e empresas  O trabalho das empresas de capital de risco é encontrar empresas com alto potencial de crescimento e investir cifras bem grandes, quase sempre na casa dos milhões.

Com o investimento, a empresa passa a ser parte do conselho da empresa e esperam grandes retornos sobre o montante aplicado.

O trabalho das empresas de capital de risco é encontrar as melhores empresas e ajudá-las e ganhar ainda mais dinheiro. Após um certo tempo de contrato, o VC pode vender sua participação de volta para os empresários ou através de uma oferta pública, certamente buscando retornos altos sobre o investimento inicial.

Para investidores anjos, o retorno não deixa de ser importante, mas entre as suas motivações, muitas vezes está ajudar empresas menos experientes em seu setor .

Esse tipo de investimento é muito válido para startups e outros negócios que podem escalar rapidamente, para que o retorno seja realmente efetivo.

Quer saber sobre as melhores oportunidades de investimento? Inscreva-se em nossa newsletter e receba artigos em sua caixa de e-mail.

Comentários