Valores creditados em menos de 24 horas, prazos de pagamento flexíveis e juros até 50% menores que as grandes instituições financeiras. Os empréstimos de fintechs chegaram para tomar o lugar dos bancos tradicionais. Pare de perder dinheiro e veja porque esse novo tipo de empresa vai te deixar mais rico.

O mercado já percebeu o aumento da procura por novas empresas com melhores taxas e opções de serviços. Hoje já são mais de 33 fintechs competindo nessa área. E essa competição só ajuda a cada vez mais as empresas evoluírem para entregar as melhores taxas para quem busca crédito.

Seja para empréstimo pessoal ou para pessoas jurídicas, certamente você vai encontrar uma fintech pronta para disputar sua atenção com as mais reconhecidas empresas financeiras – e com uma rivalidade bastante justa.

Fintechs: as novas instituições do mercado de crédito

Com um grande foco em tecnologia e agilidade de serviços, as fintechs chegaram para fazer concorrência ou já consolidado (e até mesmo ultrapassado) mercado financeiro.

Em todo o mundo, essas empresas e startups oferecem modalidades como educação e gestão financeira pessoal, estudos e avaliação de investimentos, criação de bancos digitais e segurança bancária. E elas estão revolucionando o mercado!

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Nos últimos anos, as empresas brasileiras focadas em empréstimos foram as que mais receberam aportes de investidores no país, mesmo representando menos de 15% do setor. As startups do mercado financeiro que buscam melhorar serviços de crédito foram responsáveis por quase 90% dos R$457,4 milhões investidos em fintechs no Brasil em 2017, como aponta pesquisa do Conexão Fintech.

Isso mostra como esse é um setor em crescimento e que está sendo cada vez mais reconhecido pelos fundos de capitais. Entre as fintechs, os investimentos do primeiro semestre já ultrapassavam a marca de R$1 bilhão Esse valor inclui os US$ 150 milhões investidos no Nubank, primeiro unicórnio entre as Fintechs do país.

A tendência é que esses negócios continuem em ascensão pelos próximos anos, trazendo impactos visíveis para o mercado financeiro nacional. Especialmente para a facilitação de crédito e juros mais acessíveis oferecidas pelas fintechs.

As melhores taxas de empréstimos das Fintechs no Brasil

É comum nas fintechs que os processos aconteçam 100% online e com agilidade também nos depósitos. Mas quando pensamos em empréstimos pessoais, as taxas sempre são diferenciais na escolha da melhor instituição.

Abaixo listamos as principais fintechs que concedem empréstimos no Brasil e seus diferenciais para que você possa fazer uma escolha acertada. Vamos lá:

Creditas

Gerenciando mais de R$360 milhões em empréstimos, a Creditas oferece uma taxa inicial de 1,15% ao mês, bem abaixo dos 6,52% da taxa média do crédito pessoal no mercado e do 13,02%a.m do cartão de crédito.  

Nascida em 2013 como Bank Fácil, essa fintech foi rebatizada como Creditas em 2016 também como reposicionamento estratégico. Saía o foco de concorrer com bancos para trabalhar com a concessão de crédito com garantias.

Lendico

Com taxas (CET) partindo de 2,97%, é possível fazer uma simulação imediata no site da Lendico das melhores opções de crédito pessoal, gerando também uma comparação entre as parcelas na fintech e em bancos tradicionais.

Tendo como sócios a alemã Rocket Internet e o banco BMG, a fintech atua também em outros países, como Holanda, Suíça e Áustria.

Geru

Para pessoas que buscam valores de R$2 mil a 50 mil reais, a Geru oferece taxas entre 1,88% e 5,02% ao mês. E o prazo para pagamento pode variar entre 12 e 36 meses, com uma política de facilitação de quitação com antecipação de parcelas.

A primeira plataforma de empréstimos online do Brasil, fundada em 2015, apresenta como um de seus maiores benefícios as taxas transparentes e clareza nos valores e datas do parcelamento de crédito.

Nexoos

Com taxas entre 1,30% e 3,23% ao mês, a Nexoos tem foco nas pequenas empresas e dispensa garantias no seu processo de concessão de crédito.

Essa fintech é responsável por uma plataforma online que une investidores e negócios que necessitam de empréstimo. Para os investidores, as opções de retorno variam de 16,77% e 46,44% ao ano e sem comissão.

Bom para crédito

Com taxas a partir de 1,9%a ao mês, essa fintech atua como um marketplace de instituições que oferecem empréstimos.

Com mais e 4 milhões de clientes já cadastrados e mais de R$250 milhões em empréstimos intermediados, a BomPraCrédito une quem precisa de crédito com as maiores financeiras do país.

Just

Dinheiro na conta em até 30 horas, taxas a partir de 1,9% ao mês e consulta gratuita do seu CPF. Esses são os destaques da Just, empresa que apresenta seus serviços como 100% online e com todo processo em apenas 5 minutos para contratação.

Mais de 30 mil pessoas já contrataram um empréstimo dessa fintech, que conta com mais de 90% de clientes satisfeitos e que recomendariam o serviço para amigos e familiares.

Entender que existem empréstimos feitos por fintechs, suas vantagens e diferenciais sobre as financeiras tradicionais e os bancos, é o que pode fazer com que sua análise sobre a necessidade de crédito ( e como resolvê-la) e seus investimentos se tornem mais inteligentes.

Se você quer entender cada vez mais sobre finanças e como elas podem mudar sua vida, assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos diretamente em sua caixa de email!

Comentários