Está interessado em migrar suas finanças para bancos exclusivamente digitais, menos burocráticos e mais eficientes? Então confira quais as melhores fintechs do Brasil!

A onda das fintechs têm crescido e ganhado força por todo o mundo e no Brasil não é diferente.  Do setor de pagamentos, passando por investimentos até gestão financeira, temos cada vez mais opções inovadoras no mercado. 

Tendo como foco um público que busca sempre mais praticidade e personalização de serviços, o que não falta é espaço para criatividade nas fintechs e essa é uma característica presente nos empreendedores brasileiros.
Como prova de que essa criatividade faz sucesso no mercado, três brasileiros que atuam com inovação financeira apareceram na lista da edição de 2018 do MIT Technology Review Under 35, o principal prêmio mundial para empreendedores abaixo dos 35 anos. 

Foram eles:

  • Traive – fundada pela Aline Oliveira, a Traive é uma fintech especializada em crédito e empréstimos para  produção agrícola. Seu diferencial é conseguir projetar o desempenho das produções familiares de forma a ser possível prever riscos e conceder empréstimos acessíveis ao agricultor.
  • IDwall – o CEO Lincoln Ando foi citado graças à plataforma de banco de dados que funciona através de inteligência artificial e permite a consulta extremamente abrangente de clientes em potencial em questão de minutos.
  • Airfox Victor Santos foi citado por ter fundado a Airfox, uma carteira digital que funciona sem estar associada a nenhuma conta corrente ou cartão de crédito, contribuindo para a solução dos “desbancarizados” no Brasil.

A regulamentação pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) valida as atividades das fintechs no Brasil, permitindo que pessoas físicas e empresas possam realizar serviços de empréstimo e crédito a taxas bem mais baixas que as cobradas em bancos tradicionais.

Em contrapartida, também é possível atuar como financiador de fintechs a taxas mais atrativas que as de mercado. Tudo isso sem a obrigatoriedade de ter uma instituição financeira tradicional como parceira, como costumava ser.

O Governo passou a regulamentar, em abril de 2018, dois tipos de fintechs no Brasil: as que se reconhecem como Sociedades de Empréstimos entre Pessoas (SEP) e as Sociedades de Crédito Direto (SCD).

Assim como no resto do mundo, no Brasil as fintechs atuam nas mais diversas áreas: pagamentos, crédito, investimentos, financiamento coletivo, seguros, bitcoin, gestão financeira e muito mais. 

De acordo com o mapa da FintechLab, houve um crescimento de 36% na quantidade de fintechs brasileiras entre os anos de 2016 e 2017. 

Foi notado também maior fluxo de iniciativas que buscam integrar serviços de fintechs a instituições financeiras tradicionais, esse fenômeno acontece como meio para os bancos acompanharem as necessidades do mercado financeiro. 

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

 

10 melhores Fintechs brasileiras

Em uma pesquisa realizada pelo site da FinanceOne, em dezembro de 2018, foram listadas as 10 melhores fintechs do Brasil. São elas:

Nubank

Uma das pioneiras no setor, atua desde 2013 como operadora no serviço de cartões de crédito sem anuidade e banco digital. É, sem dúvida, umas das mais famosas.

GuiaBolso 

É um aplicativo focado em gerenciamento financeiro, permite que o cliente sincronize sua conta bancária de forma a conseguir analisar e controlar suas finanças.

Bidu 

Também uma das pioneiras, a fintech Bidu existe desde 2012 e é especializada em comparação de serviços de seguro, desde seguro de saúde, de vida até de bens. 

Além de fazer um levantamento das melhores opções de seguro, ela também oferece serviços de empréstimo e cartão de crédito.

PicPay 

Também uma das fintechs brasileiras mais conhecidas pelo seu serviço de pagamentos. Com ela, o usuário consegue pagar, receber e fazer transferências usando a conta ou o cartão. 

É uma das fintechs que utilizam do modelo peer to peer, mas também possibilita o pagamento em estabelecimentos comerciais.

Creditas

Antigamente conhecida como BankFacil, a Creditas existe desde 2012 e é especializada em empréstimos com taxas abaixo do mercado.

Toro Investimentos

Como o próprio nome já diz, se trata de uma fintech focada em investimentos. 

Totalmente independente dos bancos, a Toro foi a primeira a abrir uma corretora de valores e ainda garante mais rendimento para o usuário do que poupanças tradicionais.

Neon

Parceira do Banco Votorantim, a Neon funciona como carteira digital, permitindo movimentações entre contas correntes digitais, além do fornecimento de cartões de crédito, débito e pré-pagos livres de anuidade. 

QuintoAndar

Essa fintech traz a proposta de facilitar a locação de imóveis residenciais. Através dela, é possível consultar catálogos, agendar visitas online e até alugar de forma rápida e sem burocracia, dispensando fiador ou cheque caução.

Contabilizei

Direcionada para atender micro e pequenas empresas, a fintech Contabilizei propõe simplificar as demandas de contabilidade de empresas de serviço ou de comércio.

Conta Azul

A Conta Azul tem uma proposta parecida com a anterior: lidar com a contabilidade de pequenas empresas, porém ela vai além. 

Ela também disponibiliza ferramentas que vão ensinar e ajudar na gestão de negócios, além de contar com sistema de proteção de dados.

Fintech 50

Diante de variedade de atuação e do crescimento das fintechs brasileiras, foi criado o Programa Fintech 50. Essa iniciativa foi desenvolvida por um grupo de empresas interessadas em investir no mercado de inovação financeira no Brasil.

O objetivo é identificar fintechs nacionais que estejam em estágio inicial e já representam impacto significativo no mercado. A seleção vai dar visibilidade e apoio às fintechs do Brasil perante investidores de todo o mundo.

Agora que você já conhece as 10 melhores Fintechs do Brasil, conta para a gente, qual a mais interessante e inovadora para você?

Continue acompanhando nosso blog e assine nossa newsletter para ficar por dentro de todas as inovações do mundo financeiro digital! 

Comentários