Quem precisa enviar dinheiro para fora do Brasil ou receber dinheiro de alguém de fora com certeza já passou pelo dilema de decidir por onde era melhor e mais barato fazer a transferência. Bancos tradicionais e casas de câmbio estão entre as opções mais comuns, mas geralmente cobram uma fortuna de taxas para fazer isso. Porém existe uma outra forma muito mais simples e prática. Veja o que é TransferWise e como utilizá-lo.

O que é TransferWise e como a plataforma surgiu

TransferWise é uma plataforma online de transferência de dinheiro para o exterior, mais barata e mais rápida em comparação com os outros serviços já conhecidos no mercado.

A TransferWise, assim como a maioria das empresas disruptivas que têm surgido, nasceu a partir da necessidade de dois amigos. Ambos nasceram na Estônia. Taavet Hinrikus era empregado do Skype e recebia em euros. Porém, morava em Londres e precisava de libras para pagar as contas. 

Já Kristo Käärmann trabalhava para a Deloitte e morava em Londres. Ele recebia em libras, mas precisava pagar uma hipoteca na Estônia em euros.

Eles cansaram de transferir dinheiro à moda antiga — desperdiçando tempo e dinheiro. Foi a partir desse dilema que eles inventaram um jeito muito simples e barato que viria a se tornar um negócio bilionário.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Eles conferiam a taxa de câmbio todos os meses. Taavet mandava seus euros para a conta estoniana de Kristo e Kristo transferia suas libras para a conta britânica de Taavet. Cada um recebia na moeda que necessitava rapidamente e não precisavam pagar taxas de câmbios absurdas.

Foi nesse momento que eles pensaram que devia ter mais gente como eles. E então surgiu o que é a TransferWise. Como toda fintech, ela tem como objetivo simplificar a relação das pessoas com o dinheiro.

Avaliada em 1,6 bilhão de dólares, a fintech TransferWise é um dos chamados “unicórnios” europeus — empresas de tecnologia que valem mais de 1 bilhão de dólares.

TransferWise é seguro?

Nesse momento você deve estar se perguntando: mas não é muito bom pra ser verdade? Pois é, parece mesmo algo de mentira! Mas é verdade e é seguro.

Nos últimos 8 anos, mais de 4 milhões de pessoas já usaram esse serviço para movimentar mais de 4 bilhões de dólares todos os meses, uma economia de 4 milhões em tarifas bancárias todos os dias, de acordo com dados da empresa.

A TransferWise já abriu 11 escritórios, com mais de 1.300 empregados, em 4 continentes.

Além disso, o sucesso foi tanto que ela foi apoiada por empresas multinacionais como Paypal, Skype e Virgin Airlines. Hoje, já conta com mais de 35.000 avaliações positivas, e milhares de brasileiros já usam esse serviço.

Como funciona o TransferWise

A TransferWise é basicamente uma plataforma de envio de dinheiro internacional. A ideia é economizar com taxas de câmbio, utilizando o câmbio verdadeiro do dia.

Com contas bancárias abertas em diversos países do mundo, o seu dinheiro não sai do país de origem. Quando um usuário decide transferir dinheiro, por exemplo, de reais para euros, ele gera um boleto na moeda brasileira e o dinheiro cobrado fica armazenado na conta do TransferWise no Brasil.

Dessa forma, a conta europeia da Transferwise envia o valor em euros correspondente para a conta do destinatário cadastrado.

Com isso, o dinheiro não sai do país de origem ou entra no país de destino, o que evita as taxas cobradas no processo. É um modo completamente diferente de lidar com as transferências internacionais.

Esse processo de transferência dura, no máximo, 4 dias, podendo ser mais rápido.

A TransferWise se destaca por cobrar as taxas mais baixas — cada transferência pode sair até 8 vezes mais barata do que pelos métodos tradicionais.

Como usar TransferWise

Além de benefícios como taxas mais baixas e transferências rápidas, usar TransferWise é muito fácil. Veja a seguir um rápido passo a passo:

  1. Crie uma conta gratuita no site da TransferWise;
  2. Depois você coloca quanto precisa transferir e para qual moeda. Nesse momento você vai ver o valor do câmbio e quanto será a conversão. O IOF já está incluído e não existem custos extras;
  3. Feito isso, você deve pagar a transferência por TED ou boleto, que pode ser pago online. O boleto vence em um dia. Se ele vencer e não for pago, é possível gerar um novo;
  4. Depois que a TransferWise receber seu dinheiro, o valor será enviado para a conta do beneficiário. Ele não precisa ter conta cadastrada na TransferWise para recebê-lo.

No momento da transferência, cada banco pode solicitar diferentes informações. No entanto, os dados mais comuns a serem pedidos são:

  • Nome completo do beneficiário
  • Nome do banco do beneficiário
  • Número da conta do beneficiário ou IBAN
  • Código SWIFT
  • Motivo da transferência

Além disso, dependendo do valor que será enviado, o banco também poderá pedir outras informações, como comprovação de renda no Brasil.

Viu como é simples? Caso prefira, você também pode assistir a um vídeo que mostra o mesmo passo a passo sobre o que é a TransferWise.

Limite de transferência e taxas

No Brasil é possível fazer transferências pela TransferWise de até US$ 3.000, ou de R$ 9.000, por mês. Pode ser uma única vez ou várias transferências até chegar a esse valor, podendo variar com a cotação da moeda do dia.

A TransferWise cobra uma comissão fixa de 3,22% (incluindo o IOF obrigatório) para enviar reais para fora do Brasil, e de 1,5% para enviar reais para dentro do Brasil.

A cada transação feita, a TransferWise informa as autoridades sobre os valores transferidos por cada CPF.

Compare: TransferWise vs. Bancos tradicionais

Se ainda assim você tem alguma dúvida sobre como utilizar essa plataforma, vamos mostrar alguns números de uma comparação feita pela TransferWise com outros bancos tradicionais.

A tabela abaixo é um exemplo de envio de R$ 1.000 para uma conta no exterior:

o que é transf

Fonte: TransferWise

A TransferWise é regulamentada pelo Banco Central e possui parceria com os bancos MS Brasil e Banco Rendimento.

E você, já usou o TransferWise? Conte nos comentários a sua experiência. E, para ficar por dentro de todas as novidades do mundo das fintechs, assine a nossa newsletter!

Comentários