Muito provavelmente se você chegou até aqui é porque está buscando alternativas para investir seu dinheiro. Mas o que considerar na hora de escolher entre Monetus ou Warren?

Ambas são fintechs de investimento, ou seja, empresas que aliam tecnologia a negócios financeiros para simplificar processos para os investidores. 

Para te ajudar, separamos as principais informações sobre a Monetus e a Warren de acordo com os tópicos abaixo:

  • Segurança
  • Abertura de conta
  • Produtos
  • Investimento inicial e aportes
  • Taxas e custos de manutenção
  • Rentabilidade
  • Resgate dos investimentos

Confira!

Monetus ou Warren? Qual a melhor gestora financeira para você

Segurança

A Monetus é regulada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), tem o selo da Cetip e os investimentos de renda fixa são garantidos pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Monetus ou Warren
Fonte: Monetus

A Warren também é regulada pela CVM, além de atuar com a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima). E mais: a empresa possui autorização do Banco Central do Brasil para atuar.  

Não se preocupe quanto à Monetus ou Warren quando o assunto é segurança: as duas empresas operam apenas como gestoras e administradoras dos investimentos, o que significa que você não investe nas empresas, mas sim que seu dinheiro “passa por elas”.

Ou seja, caso uma ou outra quebre, o seu dinheiro está garantido tanto pelo FGC quanto pelo Tesouro Nacional, dependendo do ativo. 

Abertura da conta

Para abrir uma conta na Monetus, é preciso informar informações básicas sobre você e sua renda, para em seguida realizar um rápido teste que mapeará qual seu perfil de investidor (conservador ou arrojado, por exemplo). 

Após isso, você definirá qual seu objetivo para investir (viajar, casar, comprar um apartamento, montar a aposentadoria e assim por diante). Depois, poderá definir novos objetivos conforme explorar a plataforma. 

Para concluir o cadastro, é preciso informar mais alguns dados pessoais, informações bancárias e também enviar as fotos de alguns documentos. 

Na Warren, o processo tem algumas diferenças. Primeiro, você conversará com o robô da Warren, o qual te enviará um questionário curto para ser preenchido. Com base nas suas respostas, o algoritmo traçará qual o seu perfil e indicará as melhores opções de investimentos para você. 

Depois, basta escolher seus objetivos, finaliza o cadastro e aguardar a aprovação para começar a usar a conta da gestora. 

Produtos

O portfólio de produtos da Monetus vai além dos investimentos e é classificado em cinco modalidades:

  • Investimentos 
  • Previdência privada
  • Planejamento financeiro
  • Para empresas
  • Comparador de fundos

Aqui você confere os principais investimentos da empresa, como renda fixa, fundos multimercado e  previdência privada. 

Já a Warren tem uma carteira robusta com diversas opções dentre renda fixa, ações e fundos multimercado. No site da empresa é possível filtrar a opção que mais se encaixa naquilo que você deseja hoje, selecionando a categoria do investimento, o aporte mínimo e a liquidez ou vencimento. Veja aqui todas as opções disponíveis. 

Monetus ou Warren
Fonte: Warren

Investimento inicial e aportes

Se você tem dúvidas sobre como começar a investir na Monetus ou Warren, em ambas as fintechs o aporte inicial e as movimentações posteriores são a partir de R$ 100. Mas lembre-se: quanto maior for o investimento inicial, mais próximo de sua meta você estará. 

Taxas e custos de manutenção

A duas gestoras não têm taxas para abertura de contas. Porém, são cobrados alguns custos para a manutenção das contas. 

Na Monetus, as taxas são referentes apenas à administração dos fundos de investimento e títulos privados, mas não há cobrança por resgates, por exemplo. Os números variam entre 0,3% e 0,6% a.a., dependendo do ativo. Para ser mais, aqui a empresa lista todos os detalhes de cada uma de suas taxas

Na Warren os custos oscilam de acordo com o montante investido com a administradora:

  • 0,7% a.a. com um total investido abaixo de R$ 100 mil
  • 0,6% a.a. com um total investido a partir de R$ 100 mil
  • 0,5% a.a. com um total investido a partir de R$ 1 milhão

Rentabilidade

Tanto a Monetus quanto a Warren utilizam a metodologia “time-weighted” para calcular a rentabilidade dos ativos. Em tradução livre, ela significa “retorno ponderado pelo tempo”. 

Com tal metodologia é possível que o investidor avalie o retorno dos investimentos a despeito do montante aplicado ou resgatado. Parece complexo, mas um artigo da Monetus explica com exemplos como isso funciona na prática.

Resgate dos investimentos

Na Monetus você pode escolher de qual investimento deseja fazer o seu resgate e realizar uma ação independente, já que os objetivos estão segmentados dentro da conta. 

Ao selecionar a opção desejada, automaticamente aparecerá o valor disponível para resgate, bem como quais impostos serão descontados. Os prazos para pagamento variam de acordo com o ativo, oscilando de 1 a 32 dias úteis

Na Warren também é possível escolher dentre os objetivos dentro da conta e em seguida selecionar o valor desejado. Na tela aparecerá o valor líquido, já com os impostos debitados. Os prazos para que o valor caia na sua conta variam de acordo com os produtos e podem levar de 2 a 18 dias úteis

Warren ou Monetus, afinal?

Ambas as fintechs são opções seguras para você operar seus investimentos. O importante é você considerar as taxas e rentabilidade de cada uma delas para entender qual faz mais sentido para seu perfil de investidor

Que tal começar testando ambas? Separe um valor para cada uma delas, abra suas contas e veja como se sente ao operar tanto a Warren quanto a Monetus. Analise a performance de seus investimentos nas duas fintechs e então tome sua decisão.

Depois conta para a gente nos comentários qual você escolheu! Além disso, assine nossa newsletter para receber os conteúdos da Fintech em primeira mão por email.

Comentários