Quando chegou ao mercado em 2017, a NuConta conquistou clientes com a vantagem de fazer o dinheiro render diariamente e desde o primeiro dia. Porém, mais de dois anos depois, muitas pessoas ainda se perguntam qual é rendimento real da conta digital do Nubank.

Nesse post analisaremos alguns cenários para saber quanto rende a NuConta em cada um deles e esclarecer se a taxa de rendimento da conta digital é realmente maior que a da poupança. Boa leitura!

Como funciona a NuConta?

Se você é nosso leitor, já deve saber o que é a NuConta, uma aplicação de renda fixa de baixo risco que não cobra tarifas de seus correntistas, nem para criá-la nem para mantê-la. Caso ainda seja novidade pra você, já demos mais detalhes sobre ela no link acima.

Sem se enquadrar nas definições de uma conta corrente ou de uma poupança, a NuConta é essencialmente uma “conta de pagamentos”. Essa modalidade abre as portas para que o dinheiro depositado seja aplicado em Títulos Públicos Federais ou RDB e, dessa forma, renda liquidez diária.

Saiba mais no vídeo abaixo:

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Mas, afinal, quanto rende a NuConta?

Essa resposta é simples. O rendimento da NuConta é de 100% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Segundo o site do Nubank, isso garante uma rentabilidade de 4,1%, muito próxima à da Selic (atualmente em 4,25%). Ou seja, a NuConta tem um rendimento de 0,34% ao mês.

Pensando em um exemplo concreto, vamos imaginar que um usuário tenha deixado R$ 1 mil rendendo em sua NuConta por dois anos. Ao final desse prazo, com o CDI em 4,1%, ele verá o dinheiro render até R$ 1.069,04, um valor do qual já foi descontado o Imposto de Renda.

Vale lembrar que, como na maior parte das aplicações em renda fixa, o rendimento da NuConta está sujeito a dois impostos obrigatórios, o Imposto de Renda (IR) e o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Mesmo assim, a liquidez diária continua posicionando a NuConta como uma ótima opção.

NuConta vs. Poupança: Quem leva a melhor?

De acordo com um levantamento da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), a poupança ainda é a aplicação preferida para 89% dos brasileiros. No entanto, um cálculo simples mostra que a conta digital do Nubank supera a caderneta de poupança no quesito rentabilidade.

Com cálculos baseados na Selic de 4,25%, a rentabilidade anual da poupança é de 2,9% (0,24% ao mês), valores abaixo dos resultados alcançados pela NuConta no cenário que analisamos acima (4,1% anual e 0,34% mensal). Isso se explica porque o rendimento da poupança está fixado em 70% da Selic + a TR (Taxa Referencial).

No final das contas, como a Selic e o CDI têm sempre valores muito próximos, qualquer produto que ofereça rendimento maior que 70% do CDI se torna mais rentável que a poupança. E a NuConta rende 100% do CDI.

Pensando na mesma quantia de R$ 1 mil investida na poupança, o resultado ao final de dois anos seria o valor líquido de R$1.060,39 – lembrando que a poupança é isenta do Imposto de Renda.

Caso tenha esquecido, suba alguns parágrafos e confira o valor de R$ 1.069,04. Ou seja, a NuConta garante R$ 8,65 a mais em rendimentos que a poupança nesse cenário (1.069,04 – 1.060,39 = 8,65).

As diferenças de rendimento estão detalhadas na tabela abaixo:

NuContaPoupança
Valor investidoR$ 1 milR$ 1 mil
Saldo total bruto após 24 mesesR$ 1.083,68R$ 1.060,39
Saldo total líquido (pós Imposto de Renda) após 24 mesesR$ 1.069,04R$ 1.060,39
Rendimento total brutoR$ 83,68R$ 60,39
Rendimento total líquidoR$ 69,04R$ 60,39

Fonte: Nubank

A NuConta também rende mais no longo prazo?

Se você chegou aqui, já comprovou que, na NuConta, além de seu dinheiro render todo dia e você poder retirá-lo a qualquer momento, seu saldo líquido será sempre maior do que se você depositá-lo em uma caderneta de poupança. Mas será que o mesmo acontece em situações de longo prazo?

Vamos analisar outro cenário hipotético, agora levando em conta depósitos mensais. Imagine que você faça um aporte inicial de R$ 5 mil em sua NuConta e, posteriormente, efetue depósitos de R$ 100 todos os meses por cinco anos. Ao final desse período, você teria um saldo líquido de R$ 12.598,12.

Fazendo o mesmo na poupança, você teria um resultado menos vantajoso e seu saldo em 2025 teria R$ 277,50 a menos comparado com quem optou por investir seu dinheiro na conta digital do Nubank.

Usando o simulador do Nubank, você pode simular outros cenários mais adequados à sua realidade. Ao customizar o valor do depósito inicial, dos depósitos mensais e o tempo total de rentabilidade, você saberá exatamente quanto rende a NuConta em seu caso específico.

Embora o simulador comprove sempre a vantagem da NuConta sobre a poupança no quesito rentabilidade, vale lembrar que quem quer deixar seus recursos aplicados por mais tempo pode encontrar outras opções de investimento mais rentáveis. Inclusive, temos um ótimo guia para você encontrar opções adequadas ao seu perfil e saber como começar a investir.

Mais vantagens da NuConta

Após se informar sobre outras possibilidades de investimento disponíveis no mercado, os consumidores interessados em migrar ao menos parte de seus investimentos para contas digitais continuarão encontrando um porto seguro na NuConta – principalmente como alternativa para reservas de emergência ou gastos mensais.

Além de fazer seu dinheiro render todo dia útil, a NuConta permite transferências, pagamentos de contas e também está se expandindo da esfera digital para o mundo offline com a função de cartão de débito. Fazer compras e sacar dinheiro já são parte da realidade de alguns usuários.

E então, gostou de saber quanto rende a NuConta? Deixe sua opinião ou tire suas dúvidas nos comentários! Lembre-se também de acessar o portal da Fintech para saber mais sobre inovações e novas tecnologias no segmento das fintechs.

Imagem de destaque: Nubank/Divulgação

Comentários