Imagine a seguinte situação: você precisa receber um pagamento do exterior. Pode ser uma transferência referente a um serviço prestado para uma empresa estrangeira ou mesmo uma quantia enviada por algum conhecido. O mais natural neste momento é recorrer ao banco onde você já possui uma conta corrente, não é mesmo? Mas, talvez seja melhor avaliar qual é o melhor banco para receber dinheiro do exterior antes de se decidir.

Muita gente segue este caminho e entra em contato com a instituição financeira com a qual já possui relacionamento, mas nem sempre será a melhor opção. Burocracia, lentidão para resolver os problemas e taxas abusivas são algumas reclamações frequentes.

Neste artigo, vamos te ajudar a comparar para saber qual é o melhor banco para receber dinheiro do exterior e também apontar algumas fintechs que oferecem condições mais atrativas para este serviço. Afinal, simplificação e agilidade são algumas das diferenças entre os bancos e as fintechs, que usam a tecnologia para revolucionar o setor financeiro. 

Como saber qual é o melhor banco para receber dinheiro do exterior?

Ao pesquisar sobre opções para receber valores de outros países, o cliente deve ter em mente duas coisas: minimizar os descontos sofridos e a segurança. Este último fator é o que leva muita gente a pensar no próprio banco em primeiro lugar.

No entanto, é importante ficar atento: existem relatos de clientes que questionam a transparência das instituições financeiras e, por vezes, têm dificuldades em conseguirem acesso à quantia transferida. Tudo isso em função da complexidade do serviço para o banco.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Mas, caso você prefira optar por um banco convencional para receber esta transferência, vale revisar as taxas que são cobradas pelas principais instituições financeiras do país.

  • Caixa Econômica Federal: 1% do valor da transferência, sendo o mínimo de 20 dólares e o máximo de 100 dólares.
  • Banco Bradesco: até 100 dólares, a depender da quantia.
  • Banco Itaú: R$ 140 a R$ 200.
  • Banco do Brasil: 1% do valor da transferência, sendo o mínimo de R$ 50 e o máximo de R$ 250.

Vale lembrar ainda que há a cobrança do IOF – Imposto sobre Operações Financeiras. O prazo para disponibilizar o dinheiro é de três dias úteis. Em geral, é necessário entrar em contato com o seu banco para solicitar que a operação seja feita pelo Internet Banking.

Como pudemos ver, embora seja uma opção válida, será complicado definir qual é o melhor banco para receber seu dinheiro vindo do exterior. Todas as instituições cobram taxas parecidas e, sendo assim, ficará a cargo do próprio correntista levar em consideração outros fatores, como facilidade de acesso ao dinheiro e a qualidade do relacionamento que possui com o banco.

Fintechs ajudam clientes a economizar em transferências

Se você avaliou as taxas e condições das instituições financeiras mais conhecidas do Brasil e ainda não encontrou qual é o melhor banco para receber dinheiro do exterior, talvez seja hora de considerar o serviço de uma plataforma online. Abaixo, listamos três fintechs que são amplamente reconhecidas por atuarem neste setor.

Transferwise 

A Transferwise é uma plataforma online que funciona de forma simples e consegue baratear as taxas que serão pagas pelo beneficiário devido à forma como funciona. O procedimento é o seguinte: o usuário que pretende encaminhar a quantia faz o cadastro gratuito no site e inicia a transferência. Será cobrada uma pequena taxa que já inclui o IOF.

Em seguida, a Transferwise faz a conversão da moeda com o câmbio comercial. Por isso, não são cobradas taxas de câmbio. Por fim, o dinheiro é destinado para a conta do beneficiário no Brasil, como se fosse uma TED normal.

Muita gente ainda tem dúvidas se a Transferwise é segura, mas a fintech é amplamente conhecida no mercado e não faltam motivos para você usar sem medo.

Remessa Online 

A Remessa Online é uma plataforma de transação financeira que permite enviar e receber valores para mais de 100 países com taxas abaixo dos bancos.

A empresa foi criada em 2016 e é gerida pela fintech BeeTech. O processo é todo feito pela internet e o prazo para recebimento é de um a dois dias úteis. Da mesma maneira que acontece com a Transferwise, é necessário fazer um cadastro na plataforma.

Beneficiário e remetente acompanham as etapas: as instruções vão variar de acordo com o país de origem do pagamento. O vídeo abaixo detalha melhor como a atividade é realizada por meio do sistema.

Está em dúvida entre Remessa Online e Transferwise? Leia o artigo e saiba qual é a melhor

Afinal, como saber qual é o melhor banco para receber dinheiro do exterior?

Como pudemos perceber, as fintechs disponíveis no mercado oferecem condições melhores para quem busca uma forma de receber dinheiro do exterior. Com processos mais ágeis e transparentes, elas se destacam também por cobrarem taxas mais baixas do que os bancos tradicionais.

Ainda assim, saber qual é o melhor banco para receber dinheiro do exterior, faça simulações. Coloque na ponta do lápis os percentuais cobrados pelas instituições para a quantia que você vai receber em sua conta antes de tomar uma decisão. Vale dizer ainda que, se a sua opção ainda for uma instituição financeira que já conhece no lugar de uma fintech, talvez compense usar o banco onde já é correntista.

Outro fator importante é pesquisar sobre o tema na internet e conversar com o seu gerente sobre o procedimento. Dependendo da agência, você pode notar que a transação não é muito comum e, assim, prever que poderá ter problemas.

Tanto a Remessa Online quanto a Transferwise oferecem simulações em seus sites. Assim, fica mais fácil calcular quanto será descontado do valor a ser recebido. O importante é avaliar todos os caminhos com calma e definir o que é mais indicado para o seu caso, para conforme a sua necessidade, quantia a ser transferida e confiança na transação.

Gostou deste artigo? Então, continue de olho em nossa blog e acompanhe as próximas publicações. Aqui, você fica sabendo de todas as novidades sobre o ecossistema de fintechs, que cresce a cada dia no Brasil e no mundo.

Comentários