Buscando por aplicativos para organizar suas finanças pessoais? Aposto que você acabou de checar sua conta bancária e parece que em um passe de mágica (ruim, pelo visto), seu salário já foi todo embora mais uma vez e você nem sabe como vai terminar o mês, acertei?

Mas calma, você não é o único(a)!

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a porcentagem de brasileiros com algum tipo de dívida foi de 60,1% em janeiro de 2019, quase 2 pontos percentuais maior que a registrada em dezembro de 2018 (59,8%).

É um número extremamente assustador se pensarmos que dívidas de cartão de crédito e cheque especial ultrapassam o 100% a.a.. Isso quer dizer que sem educação financeira muitos devedores entraram em um círculo de endividamento infinito.

O Brasil é o melhor país para se investir, afinal temos uma das maiores taxas de juros do mundo. Este fator, positivo para os investidores, é extremamente prejudicial para a saúde financeira dos devedores.

Mas calma! Hoje, existem inúmeras ferramentas digitais de educação financeira, vídeo-aulas, artigos da Fintech, aplicativos para organizar finanças pessoais, e-books, etc.

O objetivo deste artigo, portanto, é listar 7 aplicativos (mais 3 bônus) que podem ajudar no controle de gastos, planejamento financeiro e na educação de finanças pessoais. E duas dicas financeiras para você conseguir montar um bom planejamento a longo prazo.

Vamos lá?

Como começar a organizar suas Finanças Pessoais?

Todas as pessoas que conheço, por mais organizadas que sejam, já disseram, em algum momento, que compraram algo que não deviam, ou extrapolaram nos gastos mensais, ou no limite do cartão de crédito.

Isso não é exatamente um crime, emergências e imprevistos acontecem. A educação e o controle das finanças pessoais tem por objetivo minimizar estas situações. Por exemplo, construir um fundo de investimentos para situações não planejadas faz parte dessa organização financeira.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

As finanças pessoais são todas as entradas e saídas mensais de uma pessoa física. É como se fosse a área do administrativo-financeiro da sua vida pessoal. Isso inclui :

  • Combustível;
  • Aluguel;
  • IPTU;
  • Água;
  • Luz;
  • Despesas médicas;
  • Cartão de crédito;
  • etc.

A maioria das pessoas, no entanto, não tem formação em economia ou administração. Como elas podem começar a controlar e organizar essas despesas? Bom, existe uma infinidade de maneiras para isso, canais educacionais, as tradicionais planilhas de Excel e bloquinho de notas.

Melhores canais do Youtube sobre finanças pessoais:

E, para quem não tem aptidão para fórmulas e números vamos listar alguns aplicativos para organizar finanças pessoais de uma maneira rápida e prática.

Aplicativos para organizar finanças pessoais:

1 – GuiaBolso

guia bolso aplicativos para organizar finanças pessoais

O GuiaBolso é um dos aplicativos para organizar finanças pessoais indicado por grande parte dos profissionais do assunto.

Ele é um dos apps mais robustos, e o principal diferencial é fazer a integração direta com a conta bancária do usuário, através da senha do internet banking. Isso quer dizer que a alimentação de dados e informações é feita automaticamente para a agenda de recebimentos e pagamentos do aplicativo.

O usuário consegue, com essas informações, montar um planejamento de metas financeiras, acompanhar, através de gráficos, se conseguiu fazer economia naquele período e observar quais as categorias mais dispendiosas.

Outra funcionalidade interessante é o “Radar CPF” que informa qual a situação de restrições e pendências no CPF do usuário.

Ele está disponível gratuitamente para IOS (acesse aqui para baixar) e Android.

2 – Mobills

app finanças

Mobills é um dos aplicativos para organizar finanças pessoais que mais se preocupa em educar os clientes. Dentro da plataforma o usuário vai encontrar notícias, manuais e artigos sobre economia doméstica.

Para facilitar a visualização dos gastos, eles são separados por categorias e ilustrados através de gráficos. O usuário pode, inclusive, inserir metas para não ultrapassar sua expectativa de rendimentos.

E para aqueles que usam cartão de crédito, e são um pouco esquecidos, é possível cadastrar os valores, limite e datas de vencimento da fatura. Dessa forma o usuário receberá um email como lembrete, inclusive quando o limite estiver próximo.

Diferente do GuiaBolso algumas funcionalidades mais complexas são cobradas dentro do app. Disponível para IOS e Android.

3 – Toshl Finance

finance

Toshl Finance não é um app tão citado como os restantes, mas é realmente aprovado dentre os usuários. Diferente da maioria, ele é mais divertido, com um personagem carismático que ajuda o usuário a controlar seus gastos pessoais.

Um dos principais diferenciais deste app é a internacionalização das suas funções, é possível inserir qualquer moeda do mundo, formas de pagamento e contas diversificadas. Tais como: cartão de crédito, paypal, bitcoin, dinheiro, etc.

É uma ótima opção para quem está sempre viajando. Este é mais um dos aplicativos para organizar finanças pessoais disponível para IOS e Android. Mas, assim como o Mobills, tem uma versão gratuita e uma versão premium paga.

4 – Jimbo

Jimbo é um app desenvolvido pela Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), exclusivo para Androids. Nele o usuário pode registrar todas as despesas com nomes individuais, datas e formas de pagamento.

Veja no vídeo abaixo a ilustração de como ele funciona:

É possível transferir as informações inseridas para o seu email ou salvar em arquivo. O app também fornece um simulador de sonhos, com metas e evolução da economia. Também tem alguns conteúdos e dicas de educação financeira.

 

A última atualização do aplicativo não agradou muito os usuários, esperamos que o desenvolvedor corrija alguns bugs e erros detectados.

5 – Minhas Economias

O Minhas Economias é um app que funciona como um fluxo de caixa. O usuário pode ter acesso às contas e pagamentos atuais, mas também aos lançamentos futuros. Para lembrar de pagamentos, o usuário receberá lembretes com datas e valores.

Assim como alguns outros aplicativos para organizar finanças pessoais, ele disponibiliza uma área de metas e fornece um termômetro de como o usuário está conseguindo se aproximar do esperado. Além da aba de notícias e informações sobre educação financeira.

Um diferencial interessante: o usuário pode sincronizar com o sistema de controle financeiro na nuvem. Atualizando, em tempo real, saldos e despesas.

Disponível para IOS e Android.

6 – Finance

aplicativos para organizar finanças pessoais - finance

Finance é um dos aplicativos para organizar finanças pessoais mais diferente desta lista. Ele é uma ótima ferramenta para otimizar compras, é possível montar listas de compras e fazer atualização de preços.

O app, disponível para Android e IOS, permite que você armazene notas e recibos (foto) e cadastre contas nacionais e estrangeiras. Assim como alguns da lista, tem uma versão gratuita e uma paga.

Não é indicado como um gestor de contas, funciona melhor no dia-a-dia como facilitador de compras de mercado, farmácia, padaria, etc. Conta, inclusive, com leitor de código de barras.

7 – Money Lover

app money lover

O Money Lover foi considerado o melhor app de para organizar finanças em 2017, os usuários, realmente, gostam das suas funcionalidades. Ele é um ótimo app para controlar gastos, o usuário pode inserir um limite de gasto diário e será avisado caso esteja perto de atingi-lo.

Também é possível inserir fotos de notas e recibos e armazená-los em despesas. Assim como criar orçamentos, objetivos de poupança e fazer compartilhamento de carteira com parceiros e familiares.

Uma ressalva: é preciso inserir os gastos manualmente e o app tem uma versão premium mais robusta, e paga.

Disponível para Android e IOS.

[Bônus] Mais 3 aplicativos para organizar finanças pessoais que valem a pena conferir:

  • Organizze – Mais um app que além de categorizar e organizar despesas, também auxilia na educação financeira dos usuários. Disponível em duas versões (gratuita e paga), para IOS e Android, o Organizze é um dos aplicativos para organizar finanças pessoais mais completos modernos e interativos;

finanças organizze

  • Wallet – Apesar de ser um dos aplicativos para organizar finanças pessoais internacional ele oferece a integração com bancos nacionais e opções de cadastro em outras moedas. Também estão disponíveis, nas versões Android e IOS, orçamentos futuros, resumos, relatórios e a possibilidade de compartilhar algumas contas com outras pessoas;
  • CoinKeeper – Este é um dos aplicativos para organizar finanças pessoais recomendado para quem está começando, com uma interface simples e interativa. O app permite a exportação de dados em .csv,  backup instantâneo ou diário e sincronização entre diversos dispositivos. Disponível para IOS e Android.

Dicas para organizar as finanças pessoais

aplicativos para organizar finanças pessoais dicas

Além da lista com 7 aplicativos para organizar finanças pessoais, separamos 2 dicas para você conseguir montar um planejamento financeiro mais seguro a longo prazo:

  • Se a compra não tiver desconto à vista, compre no cartão de crédito.

O cartão de crédito e débito ocupou lugar das notas e moedas já faz algum tempo, raramente pagamos à vista em dinheiro nossas compras, certo? Financeiramente, não consideramos isso uma prática ruim, em alguns casos ela é, inclusive, mais indicada.

Em ocasiões que você possui o dinheiro da compra, mas o comerciante não oferece desconto para o pagamento à vista, é mais inteligente parcelar, sem juros, no cartão de crédito e colocar o valor total em um investimento de curto prazo, de alta liquidez.

Desta forma você não só consegue quitar a compra, como ter um ganho de talvez 0,5% ou 1% no período. E ganhar pontos e milhas no cartão de crédito, claro!

  • Monte sua reserva de emergência.

Esta dica é a regra número um para manter uma boa saúde financeira. Economistas indicam que uma boa reserva de emergência deve somar suas despesas de 6 a 12 meses. Quanto maior a reserva, mais preparado você estará para situações não planejadas.

Mas não guarde este valor na poupança, hoje existem investimentos mais rentáveis que ela. Tais como: Tesouro Selic, CDB, LCI e LCA de liquidez diária, fundos de renda fixa e fundos DI.

  • Estude mais sobre como construir seu patrimônio

A melhor forma de organizar finanças pessoais é pensar no longo prazo, será que você realmente precisa gastar com este produto/serviço agora? As pequenas despesas diárias podem significar um montante alto no final do mês.

Estabeleça metas e construa um planejamento financeiro pessoal, as ferramentas citadas acima só serão úteis para organizar as finanças se forem devidamente analisadas e alimentadas.

E, por fim, invista tempo na sua educação financeira. A Fintech se preocupa em manter seus leitores atualizados sobre o mercado de finanças e investimentos, faça parte desse time!

Por exemplo, você sabia que existe um banco com uma conta corrente que rende mais que a conta poupança normal?

E já ouviu falar da Trigg, o cartão de crédito com cashback para recuperar uma porcentagem dos seus gastos todo mês?

Comentários