Se você já pensou em opções diferentes da poupança para aplicar seu dinheiro, é provável que já tenha feito essa pergunta: Magnetis ou Warren?

Essas duas fintechs de serviços financeiros trabalham com gestão digital de investimentos. Ambas usam robôs investidores que traçam seu perfil e definem uma carteira alinhada com suas características.

Vamos detalhar agora os serviços e vantagens de cada uma dessas gestoras para ajudar você a decidir onde investir seu dinheiro. Boa leitura!

Magnetis ou Warren? Eis a questão…

A Magnetis surgiu em 2015 como a primeira fintech de investimento do país. A empresa é parceira da Julius Baer Family Office, subsidiária do grupo suíço Julius Baer e maior gestora de patrimônio independente de alta renda no Brasil.

Por sua vez, a Warren nasceu nos Estados Unidos em 2014 e chegou ao Brasil dois anos depois. Ao usar um nome próprio, a fintech quer passar a ideia de um “mentor automatizado” que entende tudo sobre investimentos.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Mas, afinal, qual delas combina mais com você? Magnetis ou Warren? Para ajudar na sua decisão, vamos abordar fatores como investimento inicial, custos e rentabilidade.

Se você optar pela Magnetis…

Abertura de conta

Para abrir uma conta na Magnetis, você precisará responder um questionário rápido sobre seu perfil investidor. Com base nessas informações, a gestora montará uma carteira de investimentos personalizada.

Em seguida, você completará o cadastro com seus dados pessoais, profissionais e bancários e enviará fotos de seus documentos. Outro pré-requisito é aceitar o contrato de administração de carteiras.

A Magnetis opera em parceria com a Easynvest. E, quando você abre sua conta na gestora, ela automaticamente abre uma conta em seu nome na corretora parceira. Mas, pode ficar tranquilo, nenhuma delas cobra taxas por isso.

Investimento inicial e aportes

A gestora trabalha com um valor mínimo de investimento inicial de R$ 1 mil. Por sua vez, os aportes adicionais mínimos podem ser feitos a partir de R$ 100.

Vale destacar que a Magnetis não trabalha com um valor mínimo de permanência e você pode resgatar seus investimentos e manter uma quantia menor que a aplicação inicial. Porém, a gestora recomenda que você continue fazendo aportes adicionais para manter sua carteira atualizada.

Resgate do investimento

Você poderá fazer um pedido de resgate parcial ou total de seus investimentos quando quiser. E o valor será depositado na sua conta na Easynvest em um prazo que pode variar entre um e 60 dias úteis, dependendo do tipo de ativo em que seu dinheiro está aplicado.

Carteiras da Magnetis

As carteiras da Magnetis são compostas por diferentes tipos de ativos, desde títulos de renda fixa e ações, até fundos multimercado. Você pode encontrar uma explicação detalhada de como seus aportes são distribuídos no site da gestora.

Custos

Para manter uma carteira na Magnetis, você terá um custo total médio de 0,59% ao ano. Esse valor é composto pela taxa de serviços da gestora e pelo custo dos seus fundos de investimentos, que variam de acordo com seu perfil.

Rentabilidade

Apesar do rendimento das carteiras ser variável, a Magnetis faz questão de te manter informado. O blog da gestora publica a cada três meses conteúdos sobre a rentabilidade histórica das carteiras no trimestre e nos últimos 12 meses.

Segurança

Em relação à segurança, a gestora esclarece que o dinheiro aplicado pelos clientes não se mistura com o da Magnetis nem o da Easynvest. Dessa forma, mesmo se as duas quebrarem, os recursos podem migrar para outra gestora e estariam sujeitos apenas às variações do mercado.

No vídeo abaixo, o próprio CEO e fundador da Magnetis, Luciano Tavares, explica o que a gestora faz por você:

Já se a escolha for a Warren…

Abertura de conta

A primeira etapa será uma “conversa digital” com o robô da Warren. Com base nas suas respostas a um rápido questionário, os algoritmos definirão seu perfil e indicarão algumas sugestões de investimento.

A Warren te permite escolher mais de um objetivo de investimento e até mesmo criar o seu próprio. E, com base nas indicações da gestora, você poderá formatar seu nível de risco, deixando-o mais ou menos ousado.

Em seguida, você irá concluir seu cadastro e, após a aprovação, já poderá começar a investir. Até aqui, todo esse processo é gratuito.

Investimento inicial e aportes

A Warren irá sugerir um aporte inicial de acordo com seu objetivo, mas você não precisa seguir a recomendação. O valor mínimo, para esse e outros depósitos, é de R$ 100. E você não é obrigado a depositar todo mês, mas, ao não fazer isso, sua meta fica mais distante.

Aqui vale lembrar que o custodiante da Warren é o Banco Santander. É nele que ficam depositados os títulos e valores dos investidores.

Resgate do investimento

Se você quiser resgatar uma parte ou todo seu investimento na Warren, poderá fazer isso a qualquer momento. Os prazos de resgate variam de acordo com os produtos que compõem sua carteira e variam de dois a 18 dias úteis.

Produtos da Warren

Por falar em produtos, a Warren oferece um portfólio de ativos variados, tanto em renda fixa e ações quanto em fundos multimercado. No site da gestora você tem acesso a uma lista de produtos informando a liquidez de cada um.

Custos

Já o custo de investir na Warren varia de acordo com a quantia que você tem aplicada na gestora. Confira os valores:

– 0,7% ao ano quando o total investido está abaixo de R$ 100 mil;
– 0,6% ao ano quando o valor total estiver entre R$ 100 mil e R$ 1 milhão;
– 0,5% ao ano quando o total superar R$ 1 milhão.

Rentabilidade

O rendimento da sua carteira dependerá do produto e da alocação em renda fixa e variável. A Warren busca a projeção de 110% do CDI (Certificados de Depósito Interbancário) no cenário mais conservador e 250% do CDI no mais ousado.

Segurança

Pode dormir tranquilo, porque, se a Warren quebrar ou fechar, seu dinheiro estará seguro. Todos os seus ativos continuarão custodiados no Santander.

Se você ainda tem alguma dúvida, o CEO da Warren, Tito Gusmão, explica o funcionamento da plataforma de investimentos no vídeo abaixo:

Magnetis ou Warren? A escolha é sua

Ciente das características de cada uma, você já pode tomar uma decisão. A Magnetnis vale a pena? Ou a Warren tem vantagens mais adequadas para seu perfil?

Para embasar mais sua decisão, também vale a pena saber a diferença entre fintech e banco digital. As ofertas de serviço são bem variadas e podem nortear o rumo do seus investimentos.

E lembre que aqui no nosso blog você sempre terá acesso a conteúdos como esse para ajudar na sua tomada de decisão. Então continue conectado à Fintech e assine nossa newsletter!

Comentários