Quer começar a investir seu dinheiro, mas não sabe por onde começar e nem qual a melhor forma de investir? Calma, a tecnologia pode te ajudar. É para pessoas como você que existem as fintechs de investimento. 

As fintechs de investimento foram criadas para simplificar o processo de investimento e facilitar a vida de quem não quer gastar muito tempo estudando sobre esse assunto para tomar a decisão de como começar a investir. 

Utilizando-se da tecnologia para oferecer investimentos mais rentáveis e menos burocráticos, as fintechs de investimento têm conquistado cada vez mais adeptos. Estes investimentos podem ser no mercado financeiro, imobiliário, câmbio ou criptomoedas.

As fintechs têm crescido bastante no Brasil de uma forma geral. De acordo com uma notícia veiculada pela Época Negócios, o investimento em fintechs no Brasil aumentou mais de sete vezes entre 2016 e 2018.

Essa informação foi coletada pelo estudo realizado pelo boostLAB, programa de potencialização de startups do BTG Pactual, realizado em parceria com a aceleradora ACE Cortex. 

Esse grande aumento considera o investimento por anjos, fundos e empresas e subiu de R$ 203 milhões em 2016 para um recorde de US$ 1,5 bilhão em 2018. Segundo eles, esse número deve continuar a crescer nos próximos anos.

Dessa forma, elas ficam cada vez mais sólidas em nosso território conquistando mais e mais adeptos. Veja a seguir quais são as fintechs de investimento que têm se destacado no mercado brasileiro e escolha em qual vai confiar seu dinheiro. 

5 fintechs de investimento

1) PoupaBrasil

O PoupaBrasil Investimentos é uma Fintech de investimentos, ela é a única especializada em Renda Fixa no Brasil. Se você optar por investir seu dinheiro nesta fintech, terá acesso a instituições financeiras sólidas, regulamentadas e supervisionadas pelo Banco Central. 

Ela não cobra tarifas nem taxas de administração e garante que os investidores podem alcançar mais do que o dobro de rentabilidade de uma poupança tradicional.

De acordo com o Projeto Draft foi a fintech de investimento mais procurada em 2018. Essa fintech oferece dois tipos de investimento: RDB (Recibo de Depósito Bancário) com taxas pós-fixadas e LC (Letra de Câmbio) com taxas prefixadas e pós-fixadas. As taxas prefixadas já indicam o valor de resgate no vencimento, enquanto as pós-fixadas são atreladas à variação do CDI.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

2) Urbe.me

Essa é uma fintech de investimentos imobiliários diretos que disponibiliza aos investidores a possibilidade de realizar aportes em diversos empreendimentos imobiliários na fase de incorporação com valores a partir de R$1.000. 

Esse tipo de investimento cresceu mais de 451% ano passado, com relação a 2016, de acordo com a CVM (Comissão de Valores Imobiliários). Naquele ano 1.099 pessoas investiam nesse segmento, atualmente existem cerca de 9 mil. 

A rentabilidade nesse caso, está diretamente relacionada às vendas do empreendimento. De acordo com a fintech, a rentabilidade projetada é de 200% do CDI do investidor, porém se ela não se concretizar, o título de investimento possui rentabilidade mínima de 120% do CDI. 

Para começar a investir, basta ir até o site, conhecer os projetos disponíveis, se cadastras e escolher o valor de aporte que você deseja fazer. 

3) Magnetis

A Magnetis foi a primeira fintech de investimento a lançar um produto baseado no robô advisor, em 2015, depois de perceber que as pessoas precisavam de um especialista em investimentos para confiar seu dinheiro.

O valor mínimo para aplicação inicial atualmente é de R$1 mil. Os aportes adicionais mínimos podem ser feitos a partir de R$100. Com esses valores é possível uma diversificação ideal para a sua carteira.

Para você começar a investir não é cobrada nenhuma taxa, nos primeiros R$5 mil aplicados. A partir desse valor, a fintech recebe 0,4% ao ano pelo serviço prestado. Nos fundos de investimento da sua carteira há taxa de administração entre 0,3% e 0,5% ao ano.

4) Warren

Essa fintech de investimento foi criada em 2017 e utiliza inteligência artificial para ajudar pessoas a investirem. O objetivo da Warren é descomplicar a maneira de fazer investimentos. 

A intenção é que mesmo aquelas pessoas que não conhecem o mercado financeiro possam investir. A fintech identifica o perfil de cada usuário e analisa como ele deseja utilizar seus rendimentos. 

Será necessário responder a algumas questões e conversar com o robô da Warren, é isso que vai ajudar a fintech a decidir se eles serão aplicados em ações, renda fixa ou outros fundos. 

Depois disso, os robôs da Warren realizam os investimentos pelos clientes, que podem acompanhar tudo pelo aplicativo.

A Warren recebeu recentemente um aporte de R$ 25 milhões em rodada de investimentos liderada pelos fundos Ribbit Capital e Kaszek Ventures. 

5) StartMeUp

Você adora empreendedorismo e achava que para ser um investidor anjo era necessário ter muito dinheiro? A StartMeUp é uma fintech de investimento que veio ajudar você a realizar esse sonho. 

Isso porque ela funciona como uma plataforma de crowdfunding de investimentos em startups. O título de investimento dessa fintech é focado em captação para empresas em estágio inicial, por isso é considerado de alto risco, já que não há como garantir que ela irá prosperar.

Nesse caso, o risco real que o investidor está exposto é a perda integral do valor investido, se a empresa não atingir a eficiência operacional desejada ou se ela acabar após o investimento. 

No entanto, a fintech garante que faz uma análise criteriosa para reduzir esse risco ao mínimo possível, além disso ela também investe em todas as startups da plataforma. Por isso, o potencial de retorno é bem alto. 

Para participar da captação de recursos e investir em uma startup por meio dessa fintech de investimento, o valor mínimo é em torno de R$ 500.

Quer saber mais sobre outras fintechs, como investir, ou até mesmo abrir sua própria fintech? Continue de olho no Fintech e assine nossa newsletter para ficar por dentro de tudo!12

Comentários