Quem já procurou dicas de como começar a investir seu dinheiro com certeza já topou com a XP Investimentos em suas buscas pelo Google. Afinal, estamos falando de uma das maiores corretoras independentes do Brasil.

Com 18 anos de mercado, mais de 1,7 milhão de clientes ativos e mais de R$ 400 bilhões sob sua custódia, a corretora se tornou uma referência quando o assunto é investimento. Mas, será que é seguro investir com a XP?

Se você sempre quis saber como funciona a XP Investimentos, esse post é pra você. Preparamos um conteúdo completo para mostrar as vantagens e as desvantagens de contar com essa assessoria em suas aplicações. Boa leitura!

O que é a XP Investimentos?

A XP nasceu em 2001, em Porto Alegre, como uma pequena empresa de agentes autônomos de investimentos. Seis anos depois, a empresa comprou a Americainvest e se tornou uma corretora.

Desde então, o foco é assessorar seus clientes com informações e ferramentas para fazer seus investimentos renderem mais. No final de 2017, a XP anunciou sua associação com o Itaú Unibanco, que adquiriu 49,9% das ações da corretora por R$ 6,3 bilhões.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

A XP Investimentos cresceu tanto que hoje é apenas um dos braços do Grupo XP, que abrange alguns dos principais players do mercado financeiro nacional. Ficando apenas no campo das corretoras, também fazem parte do grupo marcas como a Clear e a Rico.

(Aliás, aqui no blog, nós já mostramos o que é Rico Investimentos e apresentamos nove vantagens de usar seus serviços).

Atualmente, a XP tem mais de 660 escritórios credenciados distribuídos pelo Brasil. Além disso, coloca à disposição de seus clientes mais de três mil assessores de investimentos para ajudá-los a aplicar seu dinheiro de forma eficaz e segura.

Quem é o dono da XP Investimentos?

O nome por trás do grande sucesso da XP Investimentos é o de Guilherme Benchimol, fundador e atual CEO da corretora. Foi ele quem criou a empresa, em um escritório de 25 metros quadrados em Porto Alegre, ao lado de Marcelo Maisonnave, há mais de 18 anos.

Carioca e formado em Economia, Benchimol deixou o Rio de Janeiro após ser demitido da plataforma de investimentos Investshop. Com apenas 24 anos, ele se mudou para a capital gaúcha para abrir o próprio negócio.

No início, a XP se resumia aos fundadores e dois estagiários. Um deles logo saiu para trabalhar em um grande banco de investimentos, enquanto a outra, Ana Clara Sucolotti, se tornou sócia e, depois, esposa de Benchimol.

Benchimol logo viu a família e os negócios crescerem. Hoje, já com três filhas, o fundador da XP gerencia uma das maiores corretoras de valores independentes do Brasil e, em 2018, fez parte da lista da Bloomberg como uma das 50 pessoas mais influentes do mundo.

Em entrevista à revista “Forbes” em junho de 2019, Benchimol falou um pouco sobre seu perfil e como ele se reflete na cultura e nos valores da XP:

“Eu sou uma pessoa de hábitos simples, que sonha alto, tem a mente aberta e espírito empreendedor, e é assim que definimos a companhia. Queremos pessoas que se engajem nesse propósito e sejam humildes, no sentido de não serem donas da verdade, estarem dispostas a mudar de opinião e a aprenderem”, afirmou.

No vídeo abaixo, o próprio dono da XP Investimentos conta mais sobre a aventura que foi criar a corretora:

Se você gostou da história do Guilherme Benchimol, recomendamos também que dê uma olhada nessa lista de filmes sobre empreendedorismo. Quem sabe algum deles não inspira sua própria história de sucesso…

Como funciona a XP Investimentos?

A XP trabalha com cinco tipos de carteiras de investimentos, formadas por uma variedade imensa de ativos, incluindo diversas opções de renda fixa e variável. São eles:

– Carteiras de ações
– Carteiras por perfil de risco
– Carteiras de previdência privada
– Carteiras de fundos imobiliários
– Carteiras de análise técnica

Em relação aos produtos ofertados, em renda fixa você terá opções como CDB, Tesouro Direto, fundos multimercado e debêntures, entre outros. Já na renda variável, você poderá investir em contratos futuros e ações.

Todas as aplicações são feitas pelo site, aplicativo para smartphone ou pelo Home Broker, ferramenta utilizada para negociar ações. Essas plataformas trazem informações sobre investimentos disponíveis, custos e como começar a investir.

Se você decidir investir com a XP, a corretora estudará seu perfil e designará uma assessoria para lhe apresentar as oportunidades de negócios mais adequadas. São quatro modalidades com características exclusivas para diferentes tipos de investidor:

Atendimento Digital

Essa modalidade de assessoria foi pensada para quem vai investir menos de R$ 50 mil. Com ela, você poderá acompanhar seus investimentos pelo site ou pelo aplicativo e contará com o suporte da Central de Atendimento XP.

Assessoria on Demand

Para quem aplicar entre R$ 50 mil e R$ 300 mil, a XP oferece o chamado suporte passivo para montar uma carteira de investimentos inicial. Além da Central de Atendimento, nessa modalidade você terá acesso a um canal direto para tirar dúvidas e solicitar informações.

Assessoria Exclusiva

Quem investir mais de R$ 300 mil em investimentos com a XP tem acompanhamento individual e carteira de investimentos personalizada. Nessa modalidade, você terá um assessor exclusivo para indica os produtos mais adequados e monitorar seus investimentos.

Assessoria Private

Essa modalidade foi pensada especialmente para grandes investidores, com aplicações superiores a R$ 10 milhões. Nela, a gestão de patrimônios é realizada através de fundos exclusivos, carteiras administradas e planejamento sucessório.

Como abrir uma conta na XP Investimentos?

Agora que você já sabe o que é a XP Investimentos e como a corretora funciona, deve estar curioso para saber o que é preciso para abrir uma conta. Pode relaxar, porque o processo é descomplicado, sem burocracia e totalmente online.

Para pessoas físicas, o processo começa com o preenchimento do cadastro no site da XP, no qual você irá informar dados pessoais e informações residenciais e bancárias. Esses dados são necessários porque os resgates de investimentos serão direcionados para a conta cadastrada.

A princípio, você não precisará enviar documentos comprobatórios, mas estes podem ser solicitados de acordo com as particularidades de cada cliente. Por outro lado, serão requisitados dados como renda mensal e aplicações financeiras para que a corretora entenda melhor seu perfil.

A XP estima um tempo de análise de 48 horas. Se tudo estiver correto, ao final desse prazo, você receberá um e-mail com login e senha para ter acesso às plataformas da corretora.

Por sua vez, a abertura de conta de Pessoa Jurídica só pode ser realizada por intermédio de um assessor de investimentos. Esse profissional ficará responsável por receber a documentação necessária e dará início ao processo junto à XP.

Com a conta ativada, o último passo antes de começar a investir com a XP é transferir dinheiro para sua conta na corretora. Para isso, você terá que fazer um TED para uma conta corrente da XP.

Nesse caso, a XP lembra que toda transferência para sua conta XP deve ser obrigatoriamente originária de uma conta bancária registrada no mesmo CPF do titular da conta XP. Ou seja, é impossível realizar depósitos em favor de terceiros.

Quais são os custos de investir com a XP?

Pra inicio de conversa, saiba que a XP Investimentos não cobra taxas para abrir nem para manter sua conta. Além disso, a corretora aboliu a taxa de custódia, que costuma ser cobrada mensalmente para armazenar títulos ou ações.

Além disso, não cobra tarifas para aplicações em ativos de renda fixa. Já para investimentos no Tesouro Direto, a XP cobra apenas a taxa de custódia da BM&FBovespa, que é de 0,25% ao ano sobre o valor total investido.

A corretora tampouco cobra taxas sobre fundos de investimento, mas lembra que estes têm uma taxa de administração e, às vezes, uma taxa de performance. Para investidores de ações, a XP cobra no mínimo R$ 8 por ordem e R$18,90 nos casos da modalidade swing trade.

Para saber mais sobre todas as taxas praticadas pela XP, você deve acessar a seção de custos operacionais do site da corretora.

Vantagens e desvantagens da XP Investimentos

Antes de aplicar seu dinheiro em uma corretora, é fundamental saber dos benefícios e riscos de qualquer operação. Por isso, agora, vamos falar das vantagens e desvantagens da XP Investimentos.

Vantagens de investir com a XP

Como vimos acima, a XP deixa bancos e várias outras corretoras para trás por oferecer um portfólio de ativos muito variado. E, principalmente, por isentar os clientes de taxas que podem levar uma fatia generosa dos seus investimentos.

Justamente por oferecer uma vasta gama de produtos financeiros, a XP também quer que seus clientes entendam como e onde investir. Além de oferecer assessoria e divulgar relatórios de análise, a corretora também foca na educação financeira.

Nesse sentido, a plataforma XP Educação oferece cursos sobre o mundo das finanças e dos investimentos. Muitos deles são gratuitos e mesmos nos pagos os clientes da empresa têm desconto de 40%.

Quem quiser testar os conhecimentos antes de botá-los em prática, vai gostar do Comparador de Investimentos. Com essa ferramenta, você poderá checar o rendimentos dos fundos disponíveis antes de tomar sua decisão.

Outras das vantagens da XP Investimentos são frutos do sucesso e do tamanho da empresa. O que proporciona a segurança de investir em uma corretora consolidada e presente em todo o território nacional com oferta de assessoria para todo tipo de investidor.

Desvantagens de investir com a XP

Com quase 20 anos de mercado, nem tudo são flores na história da XP e a empresa já experimentou alguns percalços na sua trajetória.

Em agosto de 2019, a corretora foi acusada de prejudicar os próprios clientes. O órgão autorregulador da Bolsa de Valores condenou a XP a pagar uma multa de mais de R$ 10 milhões por usar algoritmos que favoreciam a empresa em detrimento dos investidores.

Segundo a BSM Supervisão de Mercados, a corretora teria lucrado cerca de R$ 117 milhões entre 2016 e 2018 intermediando as ordens enviadas pelos investidores e obtendo ganhos em seguida.

Outra desvantagem é um obstáculo comum a todas as corretoras: a necessidade de fazer transferências bancárias quando decidir investir. Por conta disso, quem aplicar quantias pequenas pode acabar tendo prejuízo para movimentar o dinheiro.

Usar a XP Investimentos é seguro?

O ato de investir sempre traz a possibilidade de perdas, por menores que sejam os riscos. Por isso, antes de tudo é essencial confiar na sua corretora e nas informações e produtos que ela oferece.

No quesito segurança, vale lembrar que a XP hoje conta com o respaldo do Itaú, um dos maiores bancos do Brasil. Além disso, todas as atividades da corretora são regulamentadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A XP também possui quatros selos do Programa de Qualificação Operacional da Bolsa de Valores. E foi uma das primeiras instituições a ser reconhecida com o selo Cetip Certifica, que comprova que todos os investimentos adquiridos na corretora estão realmente registrados no nome do investidor.

Reputação da XP Investimentos

Outra boa forma de checar se usar a XP Investimentos é seguro é conferir a reputação da empresa no site do Reclame Aqui. Na plataforma, você consegue ver os relatos de vários clientes que já usaram os serviços da corretora.

A avaliação geral da XP no Reclame Aqui, medida de março de 2017 até agora, é de 7,6. De acordo com o site, a nota indica que a fintech tem uma boa reputação entre seus clientes.

Desde 2017, a XP recebeu pouco mais de 4700 reclamações, respondeu 95,5% delas e solucionou quase 80% das queixas. Além disso, mais de 70% dos clientes voltariam a usar os serviços da corretora.

Para quem quer saber mais sobre como a XP atende seus investidores, o vídeo abaixo detalha a experiência do cliente que opta pela corretora:



Após ler esse guia, você certamente tem as informações que precisa para saber se deve investir seu dinheiro na corretora. Como sugestão final, recomendamos que você leia o artigo
XP ou Órama para comparar os serviços de duas gigantes do investimento.

E não se esqueça, é claro, de assinar nossa newsletter e seguir ligado no blog da Fintech para não perder as novidades do mercado de investimentos.

Comentários