Entender o que é Pirâmide de Maslow é um dos pontos mais importantes para garantir um diferencial competitivo no mercado.

Isso porque, a Pirâmide de Maslow empresarial ajuda a conhecer de forma clara quais são as necessidades das pessoas. Quando temos isso em mente, é mais fácil desenvolver estratégias de marketing e vendas para a sua companhia. 

Afinal, você criará campanhas com base nos desejos dos clientes, e não mais com opiniões sem fundamentos. 

Um estudo divulgado pela empresa Dassault Systèmes mostrou quanto os clientes desejam produtos cada vez mais personalizados. 

83% dos entrevistados afirmaram que aguardam produtos ou serviços relacionados aos seus desejos naquele momento ou nas próximas horas. 

Para se ter uma ideia, os clientes pretendem investir em média até 25,3% a mais pela personalização. 

Então, descobrir o o que é Pirâmide de Maslow e as necessidades dos clientes já não é mais uma alternativa, mas sim uma obrigação para as empresas que desejam potencializar os seus resultados.

Afinal, o que é a Pirâmide de Maslow? 

Pirâmide de Maslow nada mais é que uma teoria utilizada para organizar as necessidades das pessoas. A classificação é feita de acordo com a sua prioridade, iniciando pelas mais básicas até alcançar as complexas. 

Abraham H. Maslow foi o autor da teoria na década de 1950. Ele defendia a tese de que as pessoas estão no mundo para satisfazer os seus desejos, buscando conquistar a auto realização.

Para alcançar o topo da Pirâmide, a teoria de Maslow acredita que é necessário suprir diversos níveis de necessidades, que são considerados fundamentais para a sobrevivência.

A teoria classifica as necessidades para a felicidade e mostra quais são os desejos mais importantes dos seres humanos.  

O autor afirmava que uma determinada pessoa só avança ao próximo nível quando consegue satisfazer as necessidades da etapa anterior. 

A Pirâmide de necessidades de Maslow é muito utilizada na gestão de pessoas e na gestão de clientes. Ela também é aplicada com frequência no marketing e em vendas para compreender melhor o comportamento do cliente. 

Ficou mais claro sobre o que é Pirâmide de Maslow? Adiante, aprofundaremos em outros tópicos para que você aprenda como aplicá-la em sua organização. 

Para que serve a Pirâmide de Maslow empresarial? 

Não basta apenas descobrir o que é Pirâmide de Maslow. É essencial entender a sua importância para aplicá-la com eficiência.

Apesar de ser utilizada em vários setores da empresa, o foco deste artigo é mostrar o impacto que ela pode trazer para a área de marketing e vendas. 

A Pirâmide de Maslow empresarial ajuda a descobrir quais são as necessidades dos consumidores. Com isso, a sua empresa consegue entender com facilidade quais são as estratégias mais indicadas para surpreendê-los. 

Engana-se quem pensa que a pirâmide pode ser aplicada somente em grandes empresas. O marketing para MEI também pode utilizar essa teoria em sua organização.

Leia também: 

Como é desenhada a hierarquia de necessidades de Maslow? 

Após conhecer melhor o que é Pirâmide de Maslow e qual é a sua importância, vamos entender como ela é organizada? 

A pirâmide é classificada com base nos seguintes critérios: necessidades fisiológicas, de segurança, sociais, status ou estima e de autorrealização. 

Necessidades fisiológicas 

A base da pirâmide contém as necessidades que são consideradas essenciais para qualquer pessoa. Ela engloba os seguintes desejos.

  • Fome;
  • Sede;
  • Respiração;
  • Excreção;
  • Abrigo;
  • Sexo. 

Necessidades de segurança 

Ao avançar para o segundo nível, é possível observar elementos que estão relacionados à segurança de uma forma mais geral. 

  • Segurança da casa; 
  • Segurança no trabalho;
  • Segurança com a saúde (planos de saúde);
  • Segurança no emprego;
  • Segurança do corpo contra obstáculos que podem surgir no meio do caminho (violência, cárcere e acidentes). 

Necessidades sociais 

O próximo nível da pirâmide corresponde às necessidades sociais das pessoas. Em outras palavras, elas desejam fazer parte de um determinado grupo. 

  • Ter amigos; 
  • Constituir uma família;
  • Receber carinhos da pessoa amada;
  • Boas relações familiares. 

Necessidades de Status ou Estima 

A próxima fase da pirâmide está relacionada com os dois desejos bastante comuns entre as pessoas: reconhecer as suas próprias habilidades e ser reconhecido pelos familiares, amigos ou colegas de trabalho. 

Necessidade de autorrealização 

Já no topo da pirâmide, o ser humano tem poderes suficientes para usufruir de todo o potencial que ele possui. 

Aqui, o indivíduo consegue ter domínio das suas ações, é independente, faz somente aquilo que sente prazer e que tem capacidade.

Nessa etapa da pirâmide, é possível encontrar pessoas com equilíbrio emocional, que tenham liberdade e sejam coerentes com os seus princípios e valores. 

Como aplicar a pirâmide de necessidades de Maslow em marketing e vendas? 

Quer ir além do conceito “o que é Pirâmide de Maslow” ? Então, veja abaixo algumas dicas para aplicá-la em marketing e vendas. 

Conheça as motivações da audiência

O primeiro passo é observar quais são as necessidades dos seus clientes naquele momento. Se as energias estão concentradas em segurança, não é recomendado focar apenas em questões fisiológicas

Quando temos ideia sobre os interesses do público, é mais fácil desenvolver as estratégias e construir mensagens que estejam alinhadas com os prospects ou consumidores. 

Ao descobrir os principais anseios, a sua marca se aproxima dos clientes e entrega soluções que possam ajudá-las naquele determinado momento. 

O Nubank é uma fintech que sabe trabalhar muito bem com as motivações dos clientes. 

Após analisar o relato de 6 mil clientes, a empresa percebeu que os cartões de crédito dos usuários eram “destruídos” pelos pets, fazendo com que fosse solicitado uma nova via para a companhia. 

Para solucionar esse problema, em parceria com a Zee.Dog, o Nubank criou um cartão exclusivo para os Pets. No brinquedo, que é em formato de borracha, é possível colocar petisco. 

Um produto diferente, que atendeu as necessidades dos consumidores e gerou uma imagem positiva nas redes sociais, uma vez que a novidade foi compartilhada por diversos clientes, gerando uma conexão incrível entre empresa e as pessoas. 

Alinhe as áreas de marketing e vendas 

A teoria de Maslow mostra para os setores de marketing e venda que os argumentos racionais não são fortes o suficiente para criarem uma boa conexão com o público. 

De acordo com a teoria, as emoções dos clientes influenciam diretamente não só em seu comportamento, mas também na tomada de decisões.  

Por isso, as estratégias não podem ser feitas de qualquer forma. Elas precisam ser construídas de acordo com os desejos e a resposta emocional da audiência. 

Na prática, não é ideal redobrar a atenção somente ao que o consumidor visualiza. É necessário compreender também quais são os sentimentos dele em relação ao conteúdo, a campanha promocional ou ao item que está sendo comercializado. 

A Coca-Cola é uma empresa que mostra o quanto o discurso está alinhado na companhia. Em suas propagandas de natal, a marca deixa claro o quanto o simples fato da bebida estar presente nessa data comemorativa transforma o ambiente da casa, trazendo sentimentos de união e alegria. 

Quando uma empresa desenvolve esse tipo de comercial, ela consegue se aproximar do público, gerando empatia e mais fãs para a marca. E isso só é possível quando todos os colaboradores sabem o propósito que a organização pretende levar para o mercado. 

Crie produtos e serviços únicos 

A regra é clara: ao alinhar os elementos dos seus produtos ou serviços com os principais desejos dos consumidores, as chances de conquistar bons resultados aumentam. 

Não podemos negar que surpreender o consumidor é uma ótima saída, mas atender as suas necessidades é essencial. 

Ou seja: o que sua empresa precisa entregar não é apenas um produto ou serviço, mas sim soluções que precisam resolver um determinado problema. 

Quem não tem conhecimento sobre o seu público, provavelmente, terá mais dificuldades para despertar o interesse nos clientes e criar um desejo de compra. 

Agora que você já sabe o que é Pirâmide de Maslow e como aplicá-la, é importante destacar que o monitoramento de resultados não pode ser ignorado. Afinal, o comportamento do consumidor muda constantemente. 

Por isso, avalie os números com cuidado para descobrir quais são aquelas estratégias que surtiram efeitos positivos e quais são aquelas que precisam ser ajustadas para otimizar os seus resultados. 

O monitoramento dos resultados ajuda a entender ainda qual é a importância do marketing nas vendas e como a pirâmide está ajudando no desenvolvimento da empresa. 


Após descobrir o que é Pirâmide de Maslow, saiba como utilizar as estratégias de marketing para pequenas empresas.

Comentários