Algumas empresas já perceberam que o atendimento ao cliente para startups não é apenas diferente. Ele é excepcional!

Esse formato de negócio que teve um boom nos últimos anos não revolucionou apenas no quesito produtos. Muitos dos serviços mais inovadores e tecnológicos do mercado se popularizaram com as startups, como, por exemplo, a estratégia de blockchain, descentralização da cadeia organizacional e tantos outros.

Essas inovações foram estimuladas por tendências do mundo todo e uma demanda latente do consumidor 4.0. Hoje, ele não quer apenas uma qualidade de ponta e preços atrativos. Ele exige uma experiência de compra excepcional.

E se a sua empresa não estiver disposta a oferece isso, ele rapidamente vai procurar o seu concorrente direto. Não queremos isso, não é mesmo? 

Neste artigo vamos fornecer todas as dicas para você encantar o seu cliente. 

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Atendimento ao cliente para startups: 4 dicas para impressionar o seu cliente!

Você desenvolveu uma ideia genial, tirou ela do papel e transformou em uma empresa inovadora e tecnológica com os melhores produtos. Mas, e o serviço entregue ao cliente? Segue esse padrão?

Se você ainda acredita que a qualidade do produto, seja ele digital, ou físico, é razão suficiente para conquistar os seus clientes, então, temos um grande problema. Nos modelos de negócios antigos isso fazia sentido, mas, com os avanços tecnológicos a qualidade tornou-se requisito básico. É preciso ir além, e isso quer dizer que você precisa focar na experiência do consumidor.

Um dos principais serviços que afetam a experiência é o atendimento ao cliente para startups. Então, vamos a algumas dicas de ouro para te colocar à frente dos concorrentes e impressionar o seu consumidor. Ah! E ao final, separamos alguns alertas do que você não pode fazer no atendimento ao cliente para startups.

1 – Empodere o seu cliente

Essa é uma dica que os melhores profissionais defendem sobre o atendimento ao cliente para startups. O consumidor de hoje quer a possibilidade de resolver quaisquer questões de forma rápida e independente, sem precisar falar com três ou quatro atendentes.

O novo formato dá ao cliente o empoderamento de sanar suas próprias dúvidas através de fóruns de discussão, canais de autoatendimento, ícones e ferramentas digitais dentro dos aplicativos, etc.

A ideia é que ele escolha como quer ser atendido, em qual momento e por quanto tempo. Ofereça isso ao seu cliente e, com certeza, ele ficará encantado.

2 – Pare de seguir fórmulas!

Talvez seja um tanto irônico incluir esta dica como parte do nosso guia do atendimento ao cliente para startups. Mas, o fato é que as inovações das grandes ideias demandam soluções e metodologias mais personalizadas.

Não faz sentido, por exemplo, que a Airbnb siga o formato de atendimento utilizado pela SpaceX. Apesar de serem algumas das mais valiosas startups do mundo, elas têm muito pouco em comum, clientes completamente diferentes, objetivos, serviços e produtos.

Antes de replicar uma fórmula de sucesso, portanto, é preciso entender o seu diferencial e conhecer profundamente o seu cliente. Com essas informações valiosas em mãos, você conseguirá entender o que de fato faz sentido para o seu modelo de negócio e como usar as inspirações dos “unicórnios” do mercado sem perder a sua identidade.

3 – Escalabilidade X Eficiência

Já vimos algumas histórias sobre startups que fecharam ou foram vendidas quando começaram a crescer. Alguns dos mais geniais empreendedores perceberam que a alma da startup evaporava conforme o crescimento. E tudo se tornava corporativo demais.

Outros acabam perdendo o seu diferencial com a expansão da empresa, e isso refletia diretamente no atendimento ao cliente para startups. Como se o sucesso deste modelo estivesse restrito a pequenas empresas, com poucos colaboradores e clientes que eram chamados para almoços de família.

Até que vimos empresas como Nubank, Ifood, 99, SoFi, GuiaBolso e tantas outras que não apenas revolucionaram o mercado, como cresceram de forma exponencial e conseguiram manter o seu diferencial.

O grande segredo é exatamente esse, conseguir oferecer um atendimento ao cliente para startups escalável e com excelência. Como? Bom, otimizando recursos, realizando investimentos inteligentes com ferramentas de atendimento e, principalmente, inovação e personalização nos serviços entregues.

4 – Simplicidade é a palavra de ordem!

Muitas startups entram tão profundamente no papel de inovadores altamente tecnológicos que se esquecem do desejo do cliente por processos simples. Falamos sempre sobre inteligência artificial, chatbots, machine learning e acabamos complicando algumas etapas para o consumidor.

O atendimento ao cliente para startups, apesar de trazer muitas inovações, deve ser simples. Afinal, estamos falando de uma etapa do relacionamento com o cliente, não da programação de um sistema complexo. 

Compreender isso vai fazer com que a sua empresa inclua um serviço de atendimento ao cliente tão natural e orgânico, que vai surpreender o consumidor da forma mais simples possível. 

Veja também: Gestão de startups – como a metodologia Lean pode ajudar a impulsionar sua empresa.

O que a sua empresa deve evitar no atendimento ao cliente para startups

Você chegou até aqui e pensou: Bom, eu sigo todas essas dicas de atendimento ao cliente para startups. Por que ainda recebo diariamente tantas reclamações relacionadas a este setor?

Primeiro: na prática tudo se altera. É preciso compreender o que realmente funciona no cotidiano da sua empresa e quais são as expectativas dos seus clientes em relação aos serviços que você oferece. E segundo, muitas rotinas empresariais estão tão enraizadas e normatizadas que não percebemos o quão prejudiciais são para a satisfação do cliente.

Separamos 2 pontos que talvez estejam atrapalhando o seu processo de excelência no atendimento ao cliente para startups. 

Esquecer que seu time é peça fundamental

O atendimento ao cliente para startups costuma trabalhar com um time reduzido, pelo menos no começo. E é exatamente neste momento que a sua empresa precisa entender que esse colaborador é o responsável por formar a imagem da sua marca para o consumidor.

Ele não vai esperar três, quatro experiências desagradáveis para, então, melhorar a ideia que formou. É preciso encantá-lo em cada atendimento, sem deslizes. Pode parecer complexo se você vê o atendimento de excelência como um plus. Mas, a partir do momento que isso fizer parte da cultura da sua empresa, ele se tornará orgânico e todos trabalharão naturalmente para encantar o cliente.

Por isso é tão importante selecionar profissionais que estejam alinhados com uma cultura organizacional de excelência. Além, é claro, de fornecer toda a estrutura de treinamentos e incentivos para que eles continuem caminhando neste sentido.

Confundir tecnologia e inovação com robotização de processos

O segundo ponto muito comum no atendimento ao cliente para startups é acreditar que robotização é a solução que o seu consumidor espera. Essa é uma visão que pode prejudicar – e muito –  o relacionamento com o cliente.

O CTO da Nubank, Edward Wible, defende exatamente o oposto disso. Para ele, o objetivo é empoderar o cliente de tal forma que, se ele quiser, pode resolver todas as suas questões com o autoatendimento. Mas, a empresa sempre oferecerá atendentes humanos para que o cliente se sinta protegido e confortável para sanar quaisquer questões. Mesmo que elas possam ser resolvidas através do aplicativo. 

No vídeo abaixo ele explica um pouco melhor sobre essa ideia do atendimento ao cliente para startups:

Essa visão demonstra que a empresa não quer cortar gastos, ou terceirizar o atendimento para os bots, ela está preocupada com o sucesso do cliente. Não precisamos nem dizer o porquê a Nubank foi considerada o melhor atendimento em 2019 e tem alguns dos clientes mais fiéis e promotores da marca, não é mesmo?  

Então, preparado para potencializar o seu atendimento ao cliente para startups e impressionar o mercado? Com essas dicas, não temos dúvidas!

Este artigo foi escrito pela Movidesk, uma empresa que desenvolve soluções de help desk e service desk. Conheça as histórias de sucesso de nossos clientes e faça como o Mercado Livre, que conseguiu otimizar o seu tempo de atendimento em 80%.Entre em contato conosco agora mesmo e saiba tudo que podemos fazer pela sua empresa!

Comentários