Quem sabe o que é bitcoin, certamente já ouviu falar da plataforma Mercado Bitcoin. Mas, mesmo quem está por dentro do mercado das moedas digitais, pode se perguntar se a Mercado Bitcoin é confiável.

Desde que o bitcoin surgiu em 2008, as criptomoedas são vistas com desconfiança por muitos. Mesmo aqueles que superam o receio inicial ainda se deparam com dúvidas sobre onde e como comprar bitcoin no Brasil.

Uma das corretoras mais lembradas pelos brasileiros é a Mercado Bitcoin. Em menos de dez anos, a fintech se consolidou como a maior plataforma de investimentos alternativos da América Latina, com quase dois milhões de clientes cadastrados.

Já falamos aqui no blog se o mercado de bitcoin é seguro. E agora, com esse artigo, mostraremos se a Mercado Bitcoin é confiável para seus investimentos.

A Mercado Bitcoin é confiável? Como ela surgiu?

Para saber se a Mercado Bitcoin é confiável, é fundamental saber um pouco da história da fintech. E até mesmo uma dúvida sobre seu ano de criação pode criar confusão em possíveis investidores.

A Mercado Bitcoin surgiu como plataforma em 2011, mas no começo de 2013 passou por problemas administrativos e foi vendida. Os novos donos decidiram então ressarcir os clientes lesados e investir em tecnologia e segurança.

Foi nesta mudança de gestão que a Mercado Bitcoin passou a existir formalmente como empresa no Brasil. Desde então, e até 2019, cerca de R$ 12 bilhões já foram negociados na plataforma.

É fácil começar a investir com a Mercado Bitcoin?

A negociação totalmente virtual talvez seja o principal motivo pelo qual as pessoas se perguntam se o mercado de bitcoin é seguro. O receio de compartilhar dados pessoais e informações financeiras é totalmente justificável.

Nesse sentido, a Mercado Bitcoin consegue descomplicar o processo e atrair quem ainda está com um pé atrás. Para abrir uma conta, a fintech pede apenas um CPF em situação regular e e-mail e endereço válidos.

Para pessoas jurídicas, no lugar do CPF, basta o CNPJ ativo. E, em qualquer um dos casos, a Mercado Bitcoin não cobra mensalidades ou outras taxas — as tarifas são cobradas apenas para operações realizadas.

O que a Mercado Bitcoin oferece?

Com sua conta ativa, a plataforma disponibiliza mais de 100 moedas digitais para você negociar. Além das já famosas Bitcoin, Ethereum e Litecoin, a empresa oferece negociações em vários outros criptoativos.

Outra vantagem da Mercado Bitcoin é que o tamanho e o volume de negociações garantem que a fintech tenha muita influência na liquidez dos preços das moedas digitais. E isso vale muito para quem investe na compra e venda desse tipo de ativo.

Na plataforma, você poderá, por exemplo, comprar moedas de bitcoin, ou mesmo frações dela, segurá-las pelo tempo que quiser e vendê-las no momento que achar que o lucro vale a pena. Após vendê-las, poderá aguardar um novo momento de baixa para comprar novamente e reiniciar o processo.

Para tanto, o site da Mercado Bitcoin é bem organizado e simplificado. Com informações claras, sobre status de negociações e valores das moedas, você terá transparência e segurança para comprar ou vender ativos.

O Canal Dinheiro produziu um vídeo com um passo a passo bem detalhado para quem comprar e vender moedas digitais na Mercado Bitcoin:

E por que a Mercado Bitcoin é confiável?

A Mercado Bitcoin se orgulha de estar entre as 50 exchanges mais confiáveis do mundo para negociar moedas digitais. Esse ranking é elaborado pelo Blockchain Transparency Institute (BTI), organização sem fins lucrativos que busca mais transparência no mercado das criptomoedas.

A tecnologia blockchain é o que garante a segurança e a rapidez das transações realizadas com moedas virtuais. E essa é apenas uma das boas práticas de governança e procedimentos internos realizados pela fintech brasileira para ganhar sua confiança.

A Mercado Bitcoin também usa, por exemplo, a estratégia chamada Cold Storage. Isso significa que a maior parte das criptomoedas são guardadas em dispositivos desconectados da internet.

Além disso, a fintech garante que todos os dados sensíveis são armazenados em volumes criptografados e que as credenciais são armazenadas com criptografia não reversa.

A Mercado Bitcoin também recebeu nota máxima nos testes de segurança que avaliam a comunicação entre o sistema e seus clientes. E também tem 100% de aprovação do Google na configuração do domínio para obter a máxima segurança na comunicação por email.

Suporte ao cliente

Além de deixar todas as informações claras para seus usuários, a Mercado Bitcoin também disponibiliza uma Central de Ajuda. Todas as dúvidas podem ser sanadas por e-mail.

Por outro lado, a empresa ainda não oferece suporte por telefone. E isso pode causar certos transtornos, uma vez que a resposta eletrônica nem sempre é rápida.

De qualquer forma, a Mercado Bitcoin conquistou uma boa reputação entre seus clientes. Prova disso é a nota 7,8 que a fintech recebeu dos clientes que a avaliaram no site do Reclame Aqui.

Com base em registros realizados desde março de 2017, a Mercado Bitcoin recebeu cerca de 7300 reclamações. E conseguiu responder quase todas elas (98%).

O índice de solução de quase 90% dos problemas relatados também é um ponto a favor da fintech. E isso se reflete no fato de que mais de dois terços dos clientes (70%) voltariam a fazer negócio com ela.

Veredito

Depois de analisar a qualidade dos serviços e as práticas de segurança, podemos concluir que a Mercado Bitcoin é confiável. E isso é chancelado pelo reconhecimento não só de clientes, mas de instituições respeitadas do setor

Se você ainda tem dúvidas se o mercado de bitcoin é seguro, recomendamos que leia nosso post com dicas para investir em bitcoins. Em seguida, sugerimos que você confira a lista com as melhores empresas de bitcoins nacionais e internacionais.

Se você gostou desse artigo e das nossas recomendações, assine nossa newsletter e continue acessando nosso blog para não perder nenhuma novidade!

Comentários