As startups financeiras estão cada vez mais fazendo parte da rotina das pessoas. Mesmo que você não esteja tão inteirado sobre o assunto, já deve ter ouvido sobre algum case de sucesso de fintech. Não? Então chegou ao lugar certo!

Muitos acreditam que as fintechs fazem parte de um modelo de negócio recente. No entanto, especialistas indicam que a primeira startup financeira foi fundada há mais de 20 anos.

O PayPal, aplicativo que permite fazer transferências e pagamentos on-line, foi criado em 1998 nos Estados Unidos. Porém a novidade não fez tanto sucesso na época, já que só em 2008 o mundo começou a, de fato, enxergar o potencial das fintechs.

Com o passar dos anos,  mais empresas surgiram para solucionar a necessidade de facilitar as transações monetárias. O avanço tecnológico também foi um grande influenciador para fazer as startups financeiras evoluírem conforme a demanda da sociedade.

Se no início das fintechs os serviços eram realizados na tela do computador, hoje você pode organizar sua vida financeira com um smartphone. Na pandemia, a importância das startups financeiras ficou ainda mais evidente.

Afinal, com o isolamento social, muitos clientes de bancos físicos migraram para as fintechs. No Brasil o setor obteve um crescimento de 34% em 2020, de acordo com o estudo Distrito Fintech Report.

Agora que já entendeu um pouco do crescimento das startups financeiras, vamos direto ao ponto. Quais são alguns dos maiores cases de sucesso de fintech?

Cases de sucesso de fintech no Brasil e no mundo

Atualmente, as empresas que se enquadram no modelo fintech já representam 20% das startups unicórnios no mundo. É o que indica a pesquisa Global Fintech Ranking 2021.

O estudo revela também quais cidades do mundo estão com um potencial maior de crescimento no mercado fintech. As quatro primeiras são:

  • São Francisco, nos Estados Unidos;
  • Londres, na Inglaterra;
  • Nova York, nos Estados Unidos;
  • e São Paulo, no Brasil.

Olhando para a situação atual dos países, Estados Unidos e Reino Unido aparecem nas primeiras posições com mais startups financeiras. No entanto, quando o assunto é case de sucesso de fintech, outros países como China e Israel ganham destaque.

Também pode te interessar: A tecnologia financeira à favor das fintechs

case de sucesso de fintech

Quais fintechs fazem sucesso no mundo?

Você já entendeu o processo de crescimento das startups financeiras e também em quais lugares elas mais estão. Mas você conhece algum case de sucesso fintech aqui no Brasil? E no mundo?

Confira a seguir as 5 fintechs que estão “dando o que falar”.

PayKey – Israel

Com sua primeira sede em Tel Aviv, em Israel, a PayKey chegou com o intuito de facilitar o acesso aos serviços financeiros. A ideia é que o cliente consiga fazer transações apenas utilizando o teclado de seu smartphone.

Além de inovar com o modelo, a startup também tem um alto investimento na segurança de dados. Desde o primeiro momento que você utiliza o teclado da PayKey, todos os seus dados e informações passadas são protegidos pelo esquema de segurança do banco.

O crescimento da PayKey já alcançou outras grandes potências fintech, como: Nova York, Tokyo, Singapura e México. A startup mostrou interesse no Brasil para fazer concorrência com o WhatsApp Pay, tendo como principal diferencial a linha direta entre cliente e banco sem precisar da mídia social.

Ant Financial – China

Não tem como falar de case de sucesso fintech, sem comentar sobre uma das gigantes desse meio: a Ant Financial. A empresa carrega o posto de “a maior fintech do mundo” após ser avaliada em 150 bilhões de dólares.

A startup nasceu oficialmente em 2011 como um braço do Alibaba. No entanto, o Alipay, maior produto da fintech, foi lançado em 2004.

Atualmente a Ant Financial possui mais de 1,2 bilhões de usuários. Número que só não é maior porque a startup atua somente na China.

O que não significa que o interesse de expandir a fintech para o mundo não exista. Até porque a principal concorrente da Ant Financial é a pioneira PayPal.

SoFi – EUA

O terceiro case de sucesso fintech mundial é a Social Financial, ou SoFi. Sediada na cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, a startup funciona como uma financiadora estudantil online.

Com a principal missão de desburocratizar os serviços de empréstimo e gestão de finanças, a fintech conta com mais de 2 milhões de membros. Para esses clientes, a empresa acumulou a quantia de mais de 22 bilhões de dólares em empréstimos.

A SoFi foi criada em 2011 e apenas quatro anos depois já havia alcançado o valor de 1 bilhão de dólares em investimentos. Em 2020 este número ultrapassou os 50 bilhões.

Creditas – Brasil

No Brasil, o case de sucesso fintech da Creditas também aposta no serviço de empréstimo. A startup foi fundada em 2012, quando ainda tinha o nome de Bank Fácil.

A partir de 2017, quando a empresa mudou para Creditas, a fintech começou a investir nos serviços de empréstimo pessoal e para empresas. Além de se responsabilizar por todo o processo do serviço, desde o primeiro atendimento até o produto final.

Apenas três anos depois a Creditas se tornou uma startup unicórnio. Essa marca veio acompanhada do crescimento da receita da empresa em 49,6%.

Méliuz – Brasil

Outra fintech de sucesso brasileira é a Méliuz. Criada em 2011 a startup é conhecida como a maior empresa de cashback do Brasil.

Basicamente a Méliuz funciona devolvendo parte do seu dinheiro ao realizar uma compra em uma das lojas parceiras. Esse serviço funciona tanto baixando o aplicativo no seu celular, quanto adicionando a extensão da Méliuz ao navegador Google Chrome no computador.

Para além do online, a empresa criou o seu próprio cartão de crédito em 2019. O diferencial, claro, é o cashback após o pagamento da fatura mensal.

Ficou curioso? Entenda mais sobre o que é a Méliuz

Nubank: case de sucesso mais famoso do Brasil

Falar de fintech e não mencionar o Nubank e seu case de sucesso é quase um crime! Afinal, mesmo que as startups financeiras já estivessem com uma certa moral no exterior, no Brasil essa caminhada estava começando.

Criado em 2013, o Nubank surgiu como uma porta de saída dos processos lentos e burocráticos dos bancos tradicionais. Além de apresentar propostas tentadoras, como o cartão de crédito sem anuidade.

Com o sucesso do cartão de crédito, em 2017 a empresa lançou sua conta digital, a NuConta. Essa ação alavancou ainda mais o nome da marca e conquistou mais clientes e investidores.

A evolução trouxe frutos para a fintech, que entrou para a seleta lista de startups unicórnios em 2018. No mesmo ano a empresa conseguiu chegar a todos os municípios brasileiros, ajudando assim na democratização do banco digital.

Atualmente, a empresa tem uma lista de mais de cinco milhões de clientes. Além do Brasil, o Nubank passou a atuar também no México, Argentina e Colômbia. O valor estimado da fintech ultrapassa os 4 bilhões de dólares.

Gostou de conhecer algumas das principais fintechs no Brasil e no mundo? Não perde tempo e vai no nosso blog conferir todas as novidades das startups financeiras.

Comentários