Em meio a um cenário dominado por grandes bancos e suas grandes tarifas e burocracias, surge uma empresa oferecendo um cartão de crédito sem taxas de anuidade e totalmente gerenciado por meio de um aplicativo móvel. Conheça a história do Nubank, a fintech que mudou o rumo do mercado financeiro brasileiro e entrou na lista da revista Forbes de melhores bancos do mundo. Veja no artigo!

A história do Nubank

A empresa

O Nubank, maior fintech da América Latina, já conta com mais de 8 milhões de clientes e é uma das empresas mais inovadoras do mundo, segundo o ranking 2019 da Fast Company

Sua sede está localizada em São Paulo e a empresa também possui um escritório de engenharia em Berlim e um escritório na Cidade do México.

Entre os produtos da empresa estão a NuConta, uma conta digital, um cartão de crédito internacional, ambos sem taxas, e empréstimos pessoais. 

Em 2018, após o lançamento de seu novo design de cartão de crédito, a fintech foi destaque no Guinness Book of Records por fazer o maior unboxing do mundo.

Desenvolvimento

A empresa foi fundada em 2013 pela brasileira Cristina Junqueira, pelo colombiano David Vélez e o americano Edward Wible. A primeira transação com cartão Nubank foi realizada em 1º de abril de 2014. 

Quatro anos depois, a fintech se tornou uma startup unicórnio, como são chamadas as empresas que têm uma valorização de US$ 1 bilhão.

Alguns dos investidores do Nubank são Sequoia Capital, Founders Fund, Kaszek Ventures, Tiger Global Management, Goldman Sachs, QED Investors e DST Global. Já em seus dois primeiros anos de existência, a empresa arrecadou 600 milhões de reais.

Em 2014, o Nubank lançou seu primeiro produto financeiro, um cartão de crédito MasterCard internacional sem taxas de anuidade e que pode ser completamente gerenciado por meio de um aplicativo móvel. 

O app permite que seus usuários acompanhem transações em tempo real, bloqueiem seus respectivos cartões de crédito, solicitem um aumento de limite e entrem em contato com o suporte ao cliente.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Em 2017, a fintech lançou seu programa de fidelidade, o Nubank Rewards. Os pontos do programa, que nunca expiram, podem ser resgatados por um catálogo de produtos ou descontos em serviços, viagens e entretenimento. 

Os clientes podem experimentar o programa gratuitamente por 30 dias, após os quais será cobrada uma taxa para continuar a usá-lo.

No mesmo ano, também lançou sua conta digital, a NuConta. No final de 2018, começou a oferecer pagamentos por meio de débito e, no início de 2019, a fintech começou a testar empréstimos pessoais com alguns de seus usuários de contas digitais.

Em maio de 2019, a empresa anunciou que estava iniciando operações no México, através de uma subsidiária chamada Nu. Esta será a primeira vez que a Nubank oferece seus serviços e produtos fora do Brasil.

Conheça mais detalhes sobre a história do Nubank neste vídeo institucional da empresa:

Reconhecimento nacional e internacional

Em 2015, o Nubank ganhou o prêmio de “Empresa Mais Inovadora” pelo Latam Founders, uma rede exclusiva de mais de 700 associados — CEOs, parceiros e interessados em investimentos em tecnologia na América Latina. 

Apenas com 18 meses de idade, em 2016, a Nubank tornou-se a primeira empresa latino-americana a conquistar o prêmio Marketers That Matter.

Este prêmio do Vale do Silício vai para as equipes de marketing que demonstraram inovação, e o Nubank se juntou a empresas como Google, Netflix, GoPro e Visa na lista de vencedores.

Também em 2016, foi citada no Breakthrough Brands da Interbrand, um levantamento realizado por empresas como o Facebook e a NYSE (a Bolsa de Nova York), que lista empresas que criaram modelos de negócio únicos e marcas muito fortes.

Além disso, no mesmo ano, ela foi eleita a “Melhor Empresa de B2C na América Latina”, novamente pelo Latam Founders Network. Premiação com a qual também foi contemplada em 2017.

Em 2018, foi eleita a 7ª empresa mais inovadora do mundo no ranking elaborado pela KPMG e ficou em 3º lugar entre as 10 empresas mais inovadoras da América Latina pela Fast Company

Em 2019, foi eleita o Melhor Banco Brasileiro pela Revista Forbes. Além disso, a publicação americana listou o Nubank em seu ranking dos melhores bancos do mundo.

Ainda esse ano, o Nubank ficou em 1º lugar entre as 10 empresas mais inovadoras da América Latina e em 36º lugar entre as 50 mais inovadoras do mundo no ranking elaborado pela revista Fast Company

E aí, ficou inspirado com a história do Nubank? Conta para a gente nos comentários!

Continue acompanhando nosso blog e assine nossa newsletter para ficar por dentro de todas as inovações do mundo financeiro digital! 

Comentários