Primeira startup a inaugurar o mundo da fintech no Brasil, Nubank oferece um programa de pontos no qual seus clientes podem apagar compras da fatura através do Rewards. Já a novata Trigg aparece na corrida da fidelização com o Cashback, ou seja, parte do valor gasto com o cartão volta para você.

Para além de tarifas reduzidas, limites altos e praticidade online, os clientes encontram tanto na Nubank quanto na Trigg alternativas muito atraentes. No entanto, os dois programas de fidelização oferecem benefícios que podem ser decisivos na hora de escolher a melhor fintech para o seu dinheiro.

Como funciona o Nubank Rewards?

Nubank é um velho queridinho dos Millenials e já fizemos um artigo falando se vale a pena o Nubank, mas o seu programa de pontos que oferece muito mais vantagens e facilidade de uso promete desbancar a concorrência.

Sabemos que os programas de pontuação de cartões internacionais são convertidos em dólar, causando confusão no momento de utilizá-los e sendo pouco interessante. Além disso, quem nunca acumulou milhares de milhas impossíveis de resgatar ou se viu analisando promoções pouco interessantes?

E justamente para resolver esta problemática e facilitar a vida do consumidor, o Nubank criou o programa Rewards. Com ele,você gasta 1 real com o cartão e acumula 1 ponto que nunca expira. Como eles falam no site:

“Chega de milhas impossíveis de resgatar, programas de pontos de conversão complicados ou promoções que não servem para nada.”

Esse vídeo (super engraçado!) explica muito bem todas as vantagens:

O Nubank Rewards oferece 4 formas de utilizar seus pontos através do aplicativo, para que eles nunca mais fiquem parados anos e expirem, como suas milhas. Pode utilizar seus pontos para pagar despesas em:

  • Restaurantes (100 pontos é equivalente a R$ 1,00 neste caso, ou seja, corresponde a 1% de desconto).
  • Passagens aéreas (80 pontos é equivalente a R$ 1,00 neste caso, ou seja, corresponde a 1,25% de desconto – vale mais a pena utilizar seus pontos em passagens aéreas que em restaurantes).
  • Hotéis
  • Determinados serviços em empresas parceiras.

Entre as empresas parceiras Nubank Reward estão:

  • Uber
  • iFood
  • Netflix
  • Amazon
  • Nike
  • Ingresso Rápido
  • Airbnb
  • Microsoft

Cada uma dessas e outras empresas (assim como gastos em restaurantes, hotéis e passagens) podem ter suas contas apagadas da fatura. Ou seja, quando você acumulou pontos suficientes para apagar algum gasto dessas empresas, basta acessar o aplicativo do Nubank, procurar o gasto, e “apagá-lo” da sua fatura. Mesmo se ele já foi pago meses atrás, você vai receber o crédito na sua fatura ainda em aberto.

Além disso, a grande sacada das empresas parceiras é que elas oferecem uma seleção de produtos com descontos e ofertas especiais para quem é assinante do Nubank Rewards.

Conheça a lista completa de estabelecimentos parceiros do programa, visite o site do Nubank.

Para aproveitar esses benefícios, o cliente Nubank precisa desembolsar R$ 190 à vista por um ano de serviço Reward ou 12 parcelas de R$ 19, ou seja, R$ 228/ano.

Quer entender melhor?

Assista o vídeo promocional da empresa:

Seguindo nossa comparação entre Nubank x Trigg, vamos a mais nova startup que está causando barulho internet a fora.

E o Trigg Cashback, como funciona?

Uma empresa de tecnologia nova atuando no setor financeiro, a Trigg oferece um cartão de crédito internacional, além de todas as vantagens de um serviço online.

Inovando o conceito de programa de fidelidade, a Trigg basicamente paga para você usar seu cartão. Quanto mais você usa, mais você ganha.

Com o programa Cashback, uma porcentagem do gasto mensal é retornada na forma de dinheiro para o cartão do cliente. O valor pode ser usado como desconto para a fatura do mês seguinte ou o cliente pode doar para o Triggers – um programa de educação e aceleração de startups.

Em função do seu gasto mensal, o cashback devolve de 0,55% a 1,30% do valor total da fatura em até 72 horas após o pagamento. Se o gasto for entre R$100 e R$900, o cliente recebe 0,55%. Já para os gastos a partir de R$ 5 mil, a porcentagem a ser retornada é de 1,3%.

Confira abaixo a simulação Trigg Cashback (feita no 29/03/2019 pelo site Trigg)

Gastos% cashbackResgate mensalResgate anual
R$ 100,000,55%R$ 0,55R$ 6,60
R$ 1.000,000,70%R$ 7,00R$ 84,00
R$ 2.000,000,90%R$ 18,00R$ 216,00
R$ 3.000,001,00%R$ 30,00R$ 360,00
R$ 4.000,001,00%R$ 40,00R$ 480,00
R$ 5.000,001,30%R$ 65,00R$ 780,00
R$ 10.000,001,30%R$ 130,00R$ 1.560,00

Nubank Rewards X Trigg Cashback

As duas fintechs disputam uma corrida acirrada pela primeira posição com seus programas de fidelização e a dúvida de qual escolher é compreensível.

Como estamos falando de mercado financeiro e não existe “almoço grátis”, Rewards e Cashback não prometem deixar ninguém rico. A verdade é que, eles promovem uma melhor utilização do dinheiro, de forma mais transparente e vantajosa. Cabe a cada cliente analisar a melhor opção de acordo com o seu perfil.

Vamos agora aprofundar a comparação Nubank x Trigg para você conseguir tomar a melhor decisão.

Qual a diferença fundamental entre Nubank e Trigg?

Nubank é um banco, com serviços de transferências, pagamentos de boletos, e com função débito – uma novidade da empresa. O cartão deles é gratuito. Porém, você precisa pagar uma anuidade para entrar no sistema de Rewards. Trigg é apenas um cartão, no qual, é preciso pagar anuidade, não possui os serviços de banco online.

É bom lembrar que o Nubank é como uma conta bancária, mas diferente da conta corrente, o dinheiro depositado tem rendimento superior à poupança diária e é automático. Interessante, né?

Quanto custa cada cartão?

O cartão da Nubank é gratuito. Você paga apenas para entrar no sistema de Rewards no valor de R$ 19,90 mensal ou R$ 190 anual. Para que o programa seja benéfico para você e abater o valor da taxa anual de R$ 190,00, o seu gasto mensal deverá ser de R$ 1.600,00 ou mais.

O cliente da Trigg é obrigado a pagar a taxa de anuidade do cartão de R$ 119,00 (R$ 9,90 ao mês). O custo mensal é de R$ 9,90, ou seja, R$ 119 anual. O Cashback faz parte do cartão Trigg e não pode ser dissociado dos seus serviços. Para abater o valor da taxa mensal de R$ 9,90, o gasto mensal precisa ser superior a R$ 1.414,80.

Porque um se chama Rewards e outro Cashback?

Porque funcionam de formas diferentes tanto na maneira de gerar o lucro, quanto na de recuperar esse dinheiro.

Em ambos, você pode comprar o que quiser e o gasto vai ser transformado em lucro. Porém no caso do Rewards, você receberá pontos que precisa depois trocar. Já com o sistema Trigg Cashback, uma porcentagem do gasto volta para você.

A vantagem do Trigg é que os reais podem ser usados da forma que você quiser. Com o Rewards, seu gasto é transformados em pontos que você usa para apagar seus gastos nas fatura do mês ou em alguma fatura passada. Por tanto, para poder usar esses pontos, é preciso que você tenha algum gasto em passagens, hotéis, restaurantes, ou qualquer uma das empresas parceiras da Nubank.

Qual vale mais a pena, Nubank ou Trigg?

Se você precisa dos serviços de um banco, o melhor é o Nubank, pois oferece os serviços de transferência, pagamento de boletos e cartão de débito, além de ser uma conta com rendimento maior que a poupança.

Já a Trigg é a melhor opção se você não usa nenhuma empresa entre os parceiros da Nubank, e nunca tem gastos ligados a passagens, restaurantes e hospedagens.

Se esses 2 critérios são indiferentes para você, então o terceiro critério é da rentabilidade.

Vale destacar que o critério é muito difícil de avaliar, pois cada sistema tem sua particularidade:

  • No caso do Trigg Cashback, quanto mais você gasta, maior o porcentagem. Então a tendência é que se você paga muitas contas com o cartão todo mês – por exemplo, mais de R$  5000,00 – vai valer mais a pena. Ele é mais simples também, porque você recebe o dinheiro de volta para o seu cartão, sem passar pela intermediação dos pontos.
  • No caso do Nubank Rewards, a rentabilidade depende de como você gerencia seus gastos. Se você vai muito a restaurantes, você pode ganhar 1% da conta ( R$1 dividido por 100 pontos/reais), mas se você costuma viajar bastante de avião, você ganha até 1,25% (R$1 dividido por 80 pontos/reais gastos). Além disso, você pode trocar seus pontos na Nubank por descontos em empresas parceiras.

Lembre-se que a anuidade do Nubank Rewards é um pouco mais cara que a Trigg: R$ 190 à vista contra R$ 119. Por mês, são R$ 9 de diferença.

Como funcionam os cartões?

Os cartões das duas empresas são internacionais – Visa Gold para a Trigg e Mastercad para a Nubank, ou seja, você ainda pode usufruir dos serviços oferecidos pelas empresas dos cartões de crédito – e podem ser gerenciados em tempo real através dos aplicativos dos bancos respectivos. Aliás, os limites também podem ser gerenciados por você e em tempo real pelos apps.

Como sacar dinheiro?

Para finalizar, as duas startups financeiras possibilitam saques na rede Banco24Horas, porém, a Nubank cobra uma tarifa de R$ 6,50 e a Trigg, R$ 4,99. As tarifas foram verificadas em 28/03/2019.

Existem outras particularidades que diferenciam Nubank e Trigg?

Ah, importante: quem antecipa as parcelas no Nubank ganha desconto.

Para os clientes Trigg, a empresa oferece a novidade da band de pagamento sem contato NFC. Normalmente, esse sistema já é bem conhecido no mercado com a facilidade de pagar com cartão sem digitar a senha ou celular. Mas, desta vez, a Trigg apresenta o charme da pulseira band para agilizar a transação no caixa.

Conheça mais sobre essa novidade:

Além disso, o cadastro na Trigg dura apenas alguns minutos e, enquanto o cartão não chega, o cliente pode usar o “cartão virtual” para não ficar na mão. No caso da Nubank, a aprovação pode durar alguns dias após análise cadastral.

Agora que você já conhece as diferenças entre as duas empresas e seus programas de fidelidade, deixe nos comentários a sua preferida e por que. Mas se ainda há dúvidas, confira esse artigo sobre como escolher entre cartões de crédito fintech.

Comentários