Quando o assunto é plataforma de pagamento, escolher entre EBANX ou PayPal pode parecer um grande desafio.

Qual a melhor entre elas? Qual tem menos problemas? Qual beneficia os clientes durante as compras?

Cada uma dessas perguntas deve ser respondida antes de escolher a melhor opção para qualquer negócio.

O número de vendas no e-commerce cresceu 57,4% no primeiro trimestre de 2021, quando comparado ao mesmo período em 2020. Segundo a Neotrust, responsável pelo divulgamento da pesquisa, foram concluídas 78,5 milhões de compras online, o que gerou um faturamento de R$ 35,2 bilhões para as lojas virtuais entre janeiro e março. 

Mesmo diante do desafio que a nova variável do Covid-19 trouxe, o e-commerce evoluiu no Brasil, o que mostra a necessidade das lojas fecharem parceria com boas plataformas de pagamento online.

Neste conteúdo você vai descobrir qual das duas plataformas é mais confiável, o EBANX ou PayPal.

EBANX ou PayPal são confiáveis?

Toda preocupação é pouca para evitar fraudes ou perder dinheiro, mesmo que o valor seja pequeno.

Mediante tal preocupação, você precisa conhecer as duas empresas para identificar qual é mais vantajosa para os clientes e, caso você seja o cliente, identificar se as notificações que recebe são reais ou não.

Em primeiro lugar, saiba que EBANX e PayPal são empresas reconhecidas no mercado e contam com alguns serviços que podem não ser conhecidos por todas as pessoas. Entenda o que cada plataforma tem a oferecer.

O que é o EBANX?

O EBANX é uma fintech de Curitiba que surgiu em 2012 e foi um dos primeiros unicórnios brasileiros, ou seja, uma empresa avaliada em mais de U$ 1 bilhão.

O negócio foi criado para facilitar o acesso de consumidores latino-americanos a produtos e serviços internacionais, e locais também.

Todas as vezes que você compra em sites como Aliexpress ou Gearbest no exterior, ou, quando você aluga um apartamento por meio do Airbnb, chega em sua fatura uma cobrança com o nome de EBANX + nome da empresa (ou EBANX + código, caso a loja não tenha cadastrado um nome).

São mais de 500 empresas que trabalham em parceria com o EBANX para permitir que os consumidores da américa latina tenham a oportunidade de comprar produtos de outras regiões do mundo sem complicações e usando sua moeda local.

No total, o EBANX conta com quatro serviços básicos para clientes e empresas. Confira quais são a seguir.

Serviços EBANX para clientes

EBANX Go

O EBANX Go é uma conta digital em que a plataforma de pagamento permite que seus correntistas tenham acesso a um cartão virtual pré-pago, com o programa de cashback.

Todas as transações feitas na conta digital, e os serviços, são feitos por meio do aplicativo disponibilizado para plataformas Android e IOS (iPhone).

Semelhantes aos bancos digitais Inter, Original, Nubank e tantos outros, os correntistas podem receber parte do dinheiro gasto nas compras online feitas nos sites internacionais parceiros, como o Aliexpress, por exemplo.

EBANX Track

Já o serviço EBANX Track é uma ferramenta de rastreio de encomendas. Por meio da plataforma EBANX Track, os clientes podem pegar o código de rastreio que recebem no e-commerce parceiro e consultar o status da entrega.

Como a própria plataforma explica em seu site, usar o EBANX Track é muito simples:

  1. Acesse sua conta na loja virtual e copie o código de rastreio da sua compra;
  2. Acesse o site do EBANX Track e cole o código de rastreio no campo de busca e pronto, você passa a ter acesso ao atual status da sua compra.

Serviços EBANX para empresas

Pagamentos nacionais

O EBANX oferece para as lojas virtuais nacionais soluções como:

  • pagamento com cartão de crédito;
  • acesso a tecnologia Retry Logic para evitar falhas no pagamento e aumentar o índice de aprovação do cartão;
  • pagamento por meio do boleto bancário;
  • painel de controle para controlar as compras;
  • segurança antifraude;
  • identificação na fatura dos clientes e muito mais.

Pagamentos internacionais

Possibilidade de e-commerces no exterior conseguir vender para compradores latino americanos sem complicações.

O que  é o PayPal?

Diferentemente do EBANX, o PayPal é uma fintech norte americana, criada em 1988 na cidade da Califórnia, nos Estados Unidos.

No início, a plataforma de pagamento chamava-se Confinity. Somente nos anos 2000, após a fusão com o banco digital X.com, fundada por Elon Musk, é que a plataforma passou a ser chamada de PayPal.

Em 2002, a empresa foi comprada pelo eBay e a partir daí, conquistou outros países, incluindo o Brasil.

PayPal para clientes

Para os clientes, o PayPal age como uma carteira digital. 

Após criar uma conta, por meio do aplicativo, os clientes podem cadastrar todos os seus cartões de crédito e débito em sua carteira e usá-los sempre que finalizarem a sua conta.

No carrinho de compras, caso a loja virtual aceite o pagamento por meio do PayPal, basta clicar no botão PayPal e seguir o seguinte passo a passo:

  1. Preencha seu e-mail e senha;
  2. Escolha o cartão de crédito ou débito da sua preferência;
  3. Clica em finalizar a compra.

Você pode usar sua conta PayPal em aplicativos como o Rappi, Uber, Netshoes, 99, ingresso.com e muito mais.

PayPal para empresas

As empresas que incluem o PayPal em sua forma de pagamento permitem que as transações feitas sejam mais rápidas e seguras, tanto para a empresa quanto para os seus clientes.

Ao administrar todos os seus pagamento pelo PayPal, a empresa consegue:

  • receber pagamentos online em diversos formatos;
  • transferir o saldo das compras para a conta da empresa;
  • pagamento facilitado de fornecedores;
  • resolver tudo pelo aplicativo.

Conheça mais sobre o PayPal:

Qual o melhor? EBANX ou PayPal?

Entre EBANX ou PayPal, qual é o melhor? Isso vai depender exclusivamente do que você precisa para o seu negócio e o perfil dos seus clientes. 

Tanto o EBANX quanto o PayPal são empresas reconhecidas no mercado e cada uma conta com clientes grandes e conhecidos no mundo.

Mas, e na sua opinião, qual é o melhor? EBANX ou PayPal? Compartilhe a sua opinião e ajude outros leitores a encontrar a melhor alternativa para o seu negócio.

Comentários