Oferecendo praticidade e agilidade nas transações bancárias, o Pix, que foi lançado em 2020, logo caiu nas graças do brasileiro, e já representa 30% das operações de pagamento no país. Em meio a isso surgem dúvidas, como: “será que o Pix tem limite, ou será que posso fazer quantas transferências e pagamentos eu quiser?”

Toda essa facilidade e conveniência despertou a atenção dos criminosos, fazendo com que, entre janeiro e julho de 2021, o número de sequestros-relâmpago crescesse 39% em São Paulo. Visando coibir esses e outros crimes, como fraudes e golpes, o Banco Central definiu novas regras para o uso da ferramenta.

Quer ficar por dentro do assunto? Então, continue a leitura para entender como essas mudanças podem impactar sua rotina, qual é o novo limite do Pix e como fazer para aumentar este valor quando necessário.

O que é o limite do Pix?

o que é o limite do Pix

O limite do Pix é o valor máximo que pode ser transferido por meio da modalidade de pagamento instantâneo.

“Mas qual o limite de transferência via Pix?”

Esse valor varia de acordo com a instituição bancária que oferece o serviço. Algumas estabelecem seus próprios limites, já outras, deixam a cargo do cliente decidir quanto ele quer que seja o limite do seu Pix.

A única regra estabelecida pelo Banco Central até então é de que este limite não seja inferior ao valor praticado nas transações via TED ou pagamentos com cartão de débito. Ou seja, se o seu banco permite um TED de até R$2000, o valor mínimo para o Pix não pode ser inferior a isso.

No entanto, visando aumentar a segurança do Pix para seus usuários, o Banco Central estabeleceu novas medidas que limitam esses valores no período noturno.

As novas medidas definem que as transferências entre às 20h e às 6h estejam limitadas a R$1.000. Essa regra também se aplica a outras modalidades, como: TED, DOC, cartão de débito e transferências entre bancos.

Como funciona o limite de valor do Pix?

O cliente pode estabelecer um limite para o Pix conforme suas preferências, desde que esteja de acordo com seu perfil e dentro das possibilidades oferecidas pela instituição financeira.

As novas regras permitem que os usuários tenham diferentes limites para transferências via Pix de acordo com o período, podendo ter um valor mais alto durante o dia e mais baixo durante a noite. Por exemplo: você pode ter um limite de R$2.000 para transações feitas até às 20h e R$500 entre às 20h e às 6h.

Outra medida de segurança permite que os clientes cadastrem contas para as quais poderão enviar Pix acima do limite preestabelecido. Dessa forma, você pode manter um limite mais baixo para outras contas.

Leia também: Planejamento financeiro: como afeta seus investimentos

Como aumentar o limite do meu Pix?

qual é o limite de transferência Pix

Para aumentar o limite do seu Pix você deve verificar as condições estabelecidas pela instituição financeira na qual sua chave Pix está registrada e seguir as instruções. Você pode consultar isso pelo app ou até mesmo entrar em contato diretamente com a instituição em seus canais de atendimento.

Neste sentido, outra medida de segurança do Banco Central define que, no caso de solicitações feitas em canais digitais, há um prazo mínimo de 24h e máximo de 48h para a efetivação de pedidos de aumento do limite de transferência via Pix.

Essa mudança também passa a ser válida para modalidades como: TED, DOC, cartão de débito, boleto e transferência entre bancos.

Por que é importante ter um limite no Pix?

Definir um limite para o Pix é importante tanto para os bancos quanto para os usuários, que passam a contar com mais segurança e controle sobre suas movimentações bancárias.

Além disso, outro benefício é que essa medida também pode ajudar no controle financeiro, permitindo que o usuário estabeleça seu próprio limite de gastos.

Confira o vídeo abaixo e fique por dentro dessas e outras novidades, como o Pix Saque e o Pix Troco, que estarão disponíveis a partir do dia 29 de novembro:

Leia também: 5 dicas que vão te ajudar a entender como controlar os gastos com cartão de crédito

Quando o novo limite para transações via Pix entram em vigor?

As novas regras de limite para o Pix ainda não têm data para entrar em vigor, uma vez que as instituições financeiras precisam se preparar para sua implementação. No entanto, a estimativa é de que elas devem ser colocadas em prática nas próximas semanas. 

O que você achou das mudanças no limite do Pix? Como as novas medidas do Banco Central vão impactar na sua forma de usar a modalidade de pagamentos instantâneos?

Quer ficar por dentro das novidades do mundo das finanças? Acompanhe nossos conteúdos e sempre receba as notícias em primeira mão!

Comentários