Desde seu lançamento, em novembro de 2020, o Pix vem atraindo cada vez mais usuários. De acordo com a Febraban, atualmente, a modalidade de pagamentos instantâneos já representa 30% das operações de pagamento no Brasil. Com isso, o Banco Central acaba de anunciar dois novos serviços: o Pix Saque e o Pix Troco.

Quer ficar por dentro dessa novidade que estará disponível em breve? Então continue a leitura e entenda tudo sobre Pix Saque e Pix Troco: como vão funcionar e quais os limites e taxas envolvidas nas transações. 

Pix Saque e Pix Troco estarão disponíveis a partir de 29 de novembro

No último dia 2 de setembro, o Banco Central anunciou dois novos serviços que serão integrados ao Pix: o Pix Saque e o Pix Troco.

As novas funcionalidades estarão disponíveis a partir do dia 29 de novembro, e permitirão que os usuários saquem dinheiro em espécie utilizando o meio de pagamento instantâneo em estabelecimentos cadastrados.

Pix Saque e Pix Troco: o que são e como vão funcionar?

Podemos dizer que o Pix Saque e o Pix Troco são formas de facilitar o acesso a dinheiro em espécie sempre que necessário.

Com os novos serviços, o usuário não precisará mais se dirigir especificamente a um caixa eletrônico do seu banco sempre que precisar de dinheiro vivo. Basta ir em qualquer estabelecimento cadastrado e fazer um saque utilizando o Pix. Vamos entender cada um deles a seguir.

O que é Pix Saque?

o que é pix saque

Por meio do Pix Saque será possível realizar saques em dinheiro vivo em qualquer estabelecimento cadastrado. “Mas como isso vai funcionar na prática?”

O funcionamento é bem simples:

  1. o usuário vai até um ponto comercial ou rede de ATMs que ofereçam o serviço;
  2. transfere o dinheiro via Pix para o estabelecimento por meio da leitura de um QR Code ou do aplicativo do prestador de serviço;
  3. recebe o mesmo valor transferido em dinheiro físico.

Ou seja, você faz um Pix de R$100 na padaria da esquina da sua casa e eles te devolvem esse dinheiro em espécie. Bem simples, concorda?

O que é Pix Troco?

Pix saque e Pix troco

O Pix Troco funciona de maneira bem semelhante ao Pix Saque. A diferença é que nesta modalidade o usuário realiza um saque junto do pagamento de uma compra realizada no estabelecimento. Funciona assim:

  1. o usuário seleciona os itens que deseja comprar;
  2. no caixa, solicita a quantia que deseja receber e, então, realiza o pagamento via Pix do valor total (compra + saque);
  3. recebe o valor solicitado como troco do seu pagamento.

Por exemplo: se sua compra deu R$50, você pode fazer um Pix de R$150 e receber R$100 de troco em dinheiro vivo.

Haverá algum limite no Pix para saque e troco?

De acordo com o Banco Central, tanto o Pix Saque quanto o Pix Troco terão um limite de R$500 durante o dia e de R$100 no período da noite (entre às 20h e às 6h). No entanto, cada estabelecimento terá a liberdade de definir limites menores, de acordo com suas necessidades e preferências.

Leia também: O que é o limite do Pix? Conheça as novas regras do Banco Central

Haverá algum tipo de taxa para o uso do Pix Saque e Pix Troco?

Cada cliente poderá utilizar o serviço de Pix Saque ou Pix Troco sem nenhum tipo de taxa em até oito transações por mês.

Enquanto isso, os comércios que oferecem os serviços receberão uma taxa, que pode variar entre R$0,25 a R$0,95 por transação, e que será paga pela instituição financeira na qual a chave Pix do usuário estiver registrada.

Os estabelecimentos comerciais serão obrigados a oferecer estes serviços?

Nenhum comércio será obrigado a oferecer os serviços, mas vale destacar que pode ser um bom diferencial para o negócio, que além de reduzir custos com a gestão de valores, ainda pode ser uma boa oportunidade para atrair clientes.

Quer saber mais sobre as novas funcionalidades? Então confira o vídeo abaixo:

O que você achou dessa novidade do Pix?

O Pix veio para transformar a maneira como nos relacionamentos com dinheiro, fazemos transferências e recebemos pagamentos. Embora recente, é até estranho pensar que dois anos atrás não podíamos sair de casa sem dinheiro. Hoje, podemos pagar praticamente qualquer coisa pelo celular, que está sempre conosco.

Pix Saque e Pix Troco parecem ser os próximos passos dessa evolução financeira, conferindo maior autonomia aos usuários, que não dependerão mais dos caixas eletrônicos da sua agência para fazer saques quando precisarem de dinheiro.

E você, o que você espera dessa nova funcionalidade do Pix? 

Quer ficar por dentro das novidades do mundo das finanças? Acompanhe nossos conteúdos e sempre receba as notícias em primeira mão!

Comentários