Tem dúvidas se o Bom pra Crédito é confiável? Isso é compreensível, afinal, a solicitação de crédito é um processo que demanda o compartilhamento de diversas informações pessoais.

No entanto, existem maneiras de comprovar a segurança de uma plataforma digital de empréstimos. Todas elas serão analisadas neste texto para definir se o Bom pra Crédito é confiável ou não. Confira!

O que é Bom pra Crédito?

Primeiramente, vamos contextualizar do que se trata o Bom pra Crédito. Mesmo que você tenha uma breve noção do que essa empresa faz, é importante conhecê-la a fundo.

Afinal, investigar a história da companhia é uma etapa importante para entender se ela é confiável e segura.

O Bom pra Crédito é uma fintech (ou seja, uma startup do setor financeiro) que nasceu em 2013 com o objetivo de simplificar a solicitação de crédito, com um processo totalmente online. Hoje, oito anos após a sua fundação, já alcançou marcas expressivas:

  • intermediou mais de um bilhão de reais em empréstimos;
  • tem mais de 8 milhões de usuários;
  • possui mais de 30 parceiros do setor financeiro que oferecem crédito em sua plataforma, como Branco do Brasil, Creditas e Banco PAN.

Além disso, conta com investidores de renome, como é o caso da Astella Investimentos, que possui empresas conhecidas em seu portfólio, como Sallve, Kenoby e Qulture.Rocks.

Leia também: Startup de empréstimo: o que é, como funciona e 4 exemplos inspiradores para o empreendedor

O Bom pra Crédito é confiável?

Agora chegou o momento de analisarmos se o Bom pra Crédito é realmente confiável. Inicialmente, é possível confirmar que todos os dados cadastrais básicos estão em ordem:

  • Razão Social: PP Promotora de Vendas S.A;
  • CNPJ: 18.249.116/0001-24;
  • Endereço: Rua São Tomé, 86 – 20º andar – Vila Olímpia , São Paulo/SP;
  • CEP: 04551-080.

Outro fator importante é que o Bom pra Crédito é autorizado pelo Banco Central do Brasil a exercer atividades de correspondente bancário. Logo, está de acordo com as normas da Resolução CMN n.º 3.954 de 24 de fevereiro de 2011.

Além das informações legais, é interessante consultar a opinião dos consumidores. Levando em consideração os dados de 2021, a startup tem a seguinte classificação no Reclame Aqui:

  • reputação: 9.1;
  • 100% das reclamações respondidas;
  • 70,9% dos clientes voltariam a fazer negócio;
  • índice de solução de 96,3%;
  • nota do consumidor: 9.24.

Ao analisarmos o conjunto de informações, é possível concluir que o Bom pra Crédito é uma empresa confiável, regulamentada e fiscalizada.

Contudo, é importante destacar que isso não é garantia de uma boa experiência. A partir dos dados, o que fica claro é que não há perigo em sofrer golpes ou fraudes por parte dessa organização.

O site do Bom pra Crédito é seguro?

A fintech tem todos os seus dados cadastrais e documentos em dia, mas e o site? Ele é seguro o suficiente para você fornecer os seus dados pessoais?

Segundo Daniel Polistchuck, diretor de tecnologia e cofundador da Bom pra Crédito, o site conta com processos rígidos de segurança, que envolvem criptografia, com o intuito de manter a integridade das informações.

Além disso, a plataforma está de acordo com as disposições da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), tomando todas as medidas necessárias para manter os seus dados em segurança.

Portanto, o site do Bom pra Crédito é seguro e as chances das suas informações serem vazadas ou roubadas são mínimas. Caso queira saber mais sobre essa questão, assista à explicação do Daniel Polistchuck:

Como funciona o Bom pra Crédito?

Agora que você já sabe que o Bom pra Crédito é confiável, vamos entender melhor como funcionam as soluções da plataforma.

A startup oferece cinco opções de empréstimo junto às suas parceiras:

  • empréstimo pessoal: modelo destinado a pessoas físicas no qual não é preciso informar o motivo do pedido de crédito, podendo ser usado para o que você desejar;
  • empréstimo consignado: é semelhante ao pessoal, mas as parcelas são descontadas automaticamente do seu holorite, contra-cheque ou benefício do INSS;
  • empréstimo com garantia de veículo: conhecido como “refinanciamento de veículo”. Você coloca o seu carro ou a sua moto como garantia pelo crédito;
  • empréstimo com garantia de imóvel: uma casa, apartamento ou ponto comercial é colocado como garantia pelo crédito;
  • empréstimo com garantia de celular: o seu smartphone é colocado como garantia pelo crédito concedido.

As taxas de juros são a partir de 0,75% ao mês e o pedido de crédito pode ser feito rapidamente pelo seu computador ou celular.

Confira também: Descubra se vale a pena pedir um empréstimo para investir

Como fazer um empréstimo junto ao Bom pra Crédito?

Por fim, só falta entender como pedir um empréstimo na plataforma, não é mesmo? A seguir, explicamos um passo a passo bem simples e prático:

  1. cadastro;
  2. recebimento das ofertas;
  3. escolha da oferta;
  4. pedido de crédito.

Antes de passarmos para as etapas, é importante mencionar que você pode simular o empréstimo, sem custo e compromisso.

1. Cadastro

O primeiro passo é fazer o seu cadastro na plataforma. Ele é bem simples e rápido, basta fornecer algumas informações, como as seguintes:

  • nome completo;
  • documentos de identificação (RG e CPF);
  • endereço;
  • patrimônio;
  • entre outras.

2. Recebimento das ofertas

Em seguida, os seus dados serão enviados às instituições financeiras parceiras para análise de crédito.

A partir da sua pontuação junto às organizações de proteção de crédito, como SPC e Serasa, as instituições disponibilizam ofertas.

Logo, caso você tenha um score baixo ou esteja negativado, é possível que haja poucas ofertas ou até mesmo nenhuma.

3. Escolha da oferta

Em seguida, basta escolher qual oferta é mais adequada às suas necessidades, caso haja mais de uma.

4. Pedido de crédito

Por fim, é só seguir as orientações que a plataforma dá para finalizar o seu pedido de crédito. E pronto! A sua solicitação de empréstimo terá sido feita.

Um último ponto que merece destaque é que o Bom pra Crédito não solicita depósito antecipado para liberar o seu crédito. Na verdade, nenhuma instituição que fornece empréstimos, porque essa prática é ilegal e considerada fraude.

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião nos comentários e acompanhe nossos conteúdos para mais informações confiáveis sobre fintechs, criptomoedas e investimentos!

Comentários