Carta de crédito é um título financeiro concedido à pessoa que é contemplada em um consórcio. Este documento representa o valor do plano contratado e pode ser utilizado para a compra do bem ou a contratação do serviço alvo do contrato.

Muita gente tem o famoso “sonho da casa própria”, outros querem comprar um automóvel, fazer uma grande festa de casamento, investir nos estudos ou até mesmo fazer a viagem dos sonhos. No entanto, tudo isso custa um bom dinheiro e a alternativa que muitos encontram para essas realizações é o bom e velho consórcio.

Mas antes mesmo de entrar em um consórcio você precisa saber o que é uma carta de crédito, como ela funciona e quais são suas vantagens. E é justamente sobre isso que falamos neste artigo, então, boa leitura!

O que é uma carta de crédito?

o que significa carta de crédito

Uma carta de crédito é um título financeiro concedido ao consorciado que é contemplado em um sorteio ou que tenha dado o lance vencedor em uma assembleia.

Ou seja, é um documento que representa o valor do plano de consórcio contratado, que pode ser utilizado para a aquisição do bem ou contratação do serviço desejado.

O que significa carta de crédito?

Uma carta de crédito é uma garantia dada pelo banco ou instituição financeira que administra o consórcio. Este documento significa que o vendedor irá receber o pagamento no valor especificado no documento.

Leia também: Como começar a investir: 5 dicas para iniciantes

Como funciona uma carta de crédito?

como funciona carta de crédito

No momento em que um consorciado é contemplado em um sorteio ou dá o lance vencedor em uma assembleia, ele passa a ter direito a uma carta de crédito para a compra do bem desejado.

Em outras palavras, uma carta de crédito funciona como um vale-compra, podendo ser utilizada para a aquisição de qualquer bem ou serviço pertencente à categoria do consórcio contratado. Ou seja, se você entrou em um consórcio imobiliário, não poderá utilizar a carta de crédito para comprar um automóvel e vice-versa.

No entanto, caso o contemplado mude de ideia e não queira mais adquirir o bem, há a possibilidade de resgatar o valor da carta de crédito em dinheiro, desde que esteja dentro das regras do consórcio contratado.

Qual é o valor de uma carta de crédito?

Ao contratar um consórcio, o consorciado tem a opção de escolher entre diferentes planos, de acordo com o valor do bem que deseja adquirir. Isso tem impacto no valor das parcelas que ele deverá pagar, bem como no valor da carta de crédito que receberá ao ser contemplado.

Sendo assim, o valor de uma carta de crédito corresponde ao valor do plano contratado ao assinar o consórcio.

Como utilizar uma carta de crédito?

Vale lembrar que a carta de crédito é apenas uma representação do valor do consórcio contratado. Então, digamos que você queira usar o documento para comprar uma casa, você apresenta a carta de crédito para a imobiliária ao fechar o negócio e é a administradora do consórcio que transfere o dinheiro.

Leia também: Descubra as 6 melhores fintechs para investimento em 2021

4 vantagens da carta de crédito

o que é uma carta de crédito

Agora que você já sabe o que é carta de crédito e como ela funciona, vamos ver algumas vantagens desse tipo de documento.

1 – Liberdade de compra para bens de mesma natureza

Essa é uma grande vantagem, pois confere certa liberdade ao consorciado, que pode mudar de ideia ao longo do tempo e comprar algo diferente do que havia planejado inicialmente — desde que se mantenha na mesma categoria do consórcio contratado.

Por exemplo: digamos que você entrou em um consórcio imobiliário com o objetivo de comprar um apartamento na planta, mas, ao ser contemplado, surge uma ótima oportunidade para comprar uma casa. É possível usar sua carta de crédito para fechar o negócio, ou para comprar um terreno, fazer uma reforma, etc.

2 – Maior poder de negociação

A carta de crédito funciona como um pagamento à vista, isso significa que, ao fechar negócio, a administradora transfere o valor total do documento ao vendedor. Isso confere maior poder de negociação ao comprador, que pode tentar conseguir um desconto.

3 – Não há juros

Diferentemente de um financiamento, no qual há incidência de juros, quando você adquire algo por meio de uma carta de crédito, não há esse custo, afinal, conforme mencionamos, é como se você estivesse comprando o bem à vista.

Você só paga as parcelas do consórcio, que já contam com a taxa da administradora, seguro, fundo de reserva e reajuste anual, tudo conforme previsto no contrato.

4 – Não há necessidade de dar entrada

Ao utilizar uma carta de crédito, você não precisa se preocupar em desembolsar uma grande quantia de uma só vez para dar uma entrada. Mesmo que seja contemplado nos primeiros meses do consórcio, você usa a carta de crédito para comprar o que deseja e continua pagando as parcelas normalmente.

A menos que você queira comprar um bem de valor acima do plano contratado. Neste caso, você pode utilizar a própria carta de crédito como entrada.

Para mais detalhes sobre o que é uma carta de crédito e como ela funciona, confira o vídeo abaixo:

Leia também: Descubra se vale a pena pedir um empréstimo para investir

Ficou claro o que é uma carta de crédito?

A carta de crédito pode ser uma boa alternativa para quem deseja adquirir um bem de valor mais elevado e não pode contar com um bom financiamento, mas também não quer recorrer a um empréstimo.

Sem juros e com parcelas fixas, o consórcio acaba sendo uma boa opção para muita gente. No entanto, sempre vale a pena se informar muito bem e conhecer todas as alternativas antes de assinar qualquer contrato, a fim de garantir a melhor escolha possível para o seu caso.

Comentários