Um dos pontos mais importantes dentro de um empreendimento de qualquer natureza é a operacionalização das vendas. Mas como fazer uma boa venda se não tiver os recursos certos em mãos? É nessa hora que muitos empresários se perguntam: será que vale a pena ter máquina de cartão?

Se você for levar em conta os hábitos de consumo dos brasileiros, a resposta é sim. Segundo um estudo do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), feito em parceria com o portal Meu Bolso Feliz, cerca de 52 milhões de brasileiros usam cartão de débito ou crédito para compras.

Mas existem outros aspectos a levar em conta na hora de decidir se vale a pena ter máquina de cartão ou não. É sobre isso que vamos falar neste artigo. Acompanhe!

Vale a pena ter máquina de cartão?

A Minsait realizou um estudo sobre meios de pagamento. O levantamento revelou o Brasil como o país que mais utiliza cartão de crédito na América Latina, com 81,6% dos consumidores brasileiros utilizando essa forma de pagamento.

A porcentagem é alta, principalmente se comparada aos outros países da América do Sul, que têm uma média de uso que fica entre 60 e 70%.

O mesmo estudo também apontou que a escolha pelo uso do crédito é influenciada pelo valor da compra. Por exemplo, quando a compra supera os 500 reais, o cartão de crédito é mais usado com 43% das escolhas. Já 18% prefere pagar no débito e 31% com dinheiro.

Alguns fatores que contribuem para esse cenário são a maior segurança de andar com um cartão no lugar do dinheiro e a praticidade de não precisar fazer saques frequentes. Além disso, há o surgimento das fintechs, que oferecem cartões de maneira facilitada, sem a necessidade de ir até uma agência.

Olhando para este cenário, a resposta é sim, vale a pena ter máquina de cartão em seu estabelecimento, por menor que ele seja.

Quer saber mais? O canal MEI fácil fez um vídeo explicando se vale a pena ter máquina de cartão e apontando que quem tem uma maquininha consegue vender até 3 vezes mais.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Vantagens e desvantagens de ter uma máquina de cartão

Ainda está em dúvida se vale a pena ter máquina de cartão? Para ajudar você, trazemos abaixo as principais vantagens e desvantagens de possuir a maquininha.

Vantagens

  • Consegue atingir mais pessoas
  • Democratiza o processo de compras em seu negócio
  • Garante segurança para recebimento de pagamentos
  • Evitar dores de cabeça com cobranças, já que a responsabilidade passa a ser da empresa que ofereceu a maquininha
  • Evita risco de fraudes com pagamentos em cheque ou boleto, por exemplo
  • É possível ter um controle melhor das vendas com um extrato e outras opções
  • Facilita o processo de fluxo de caixa no final do dia
  • Possibilita a opção do cliente fazer uma compra maior, por meio do parcelamento
  • Isso pode ser um diferencial

Desvantagens

  • Algumas empresas cobram mensalidade da maquininha
  • Todas as transações descontam uma porcentagem da operação
  • Nem sempre as taxas das empresas ficam claras, é bom sempre conferir direito
  • O dinheiro das compras feitas em cartão podem demorar para cair

Tipos de máquinas de cartão e suas características

Atualmente, temos diversas marcas e empresas que oferecem as maquininhas com diferentes preços e jeitos para cada tipo de empreendimento. Agora, com o surgimento das fintechs, a cartela de possibilidades só aumentou e permitiu uma maior facilidade para seus clientes. 

Além disso, as empresas mais tradicionais, como Cielo, Rede e GetNet, passaram a oferecer opções para microempresários — em alguns casos, até para aqueles que não possuem CNPJ. Elas fizeram isso para conseguir se adaptar ao mercado jovem e inovador das startups do mercado financeiro. Entre as principais empresas do mercado que oferecem esse recurso, estão:

Abaixo, listamos as 4 principais marcas e mais populares do mercado de hoje e suas opções disponíveis de maquininhas.

Cielo

A Cielo é uma das empresas mais antigas dentro do mercado de adquirência. Entre suas operações, ela é uma das marcas que oferece a opção de compra e aluguel.

As maquininhas disponíveis são:

Para saber mais, leia o post Stone ou Cielo: qual máquina de cartão escolher?.

Rede

Assim como a Cielo, a Rede, do Itaú, foi uma das primeiras empresas de recebimento de pagamentos no país — as duas controlavam um duopólio no mercado de adquirência brasileiro.

A Rede também oferece a opção de compra e aluguel de suas maquininhas. Apesar de ser vinculada ao Itaú, é possível ter conta em outros bancos para receber os pagamentos.

Entre as maquininhas da Rede, estão:

  • Maquininha sem fio
  • Maquininha com fio
  • Maquininha Wi-Fi
  • Credicard Pop

Para conferir o valor e plano de cada uma, acesse o site da Rede para descobrir qual atende melhor o seu negócio. 

GetNet

A GetNet pertence ao banco Santander e também é uma das mais tradicionais empresas de pagamento do Brasil, justamente por fazer parte de um grande banco nacional. Ela também oferece opções de compra e venda. Suas maquininhas disponíveis são:

  • GetNet Banda Larga
  • GetNet Discada
  • GetNet GPRS | 3G (Dual Chip)
  • GetNet Wi-Fi + 3G
  • Pos Digital
  • SuperGet com Chip
  • SuperGet com bobina
  • SuperGet com chip + Wi-Fi
  • SuperGet com chip (compacta)
  • SuperGet Mobile

PagSeguro

O PagSeguro é uma fintech brasileira que nasceu em 2006 para facilitar as transações financeiras e renovar o mercado. Hoje, a empresa é a plataforma líder no segmento de pagamentos e transações. Além de suas maquininhas, o PagSeguro oferece soluções para e-commerces e clientes físicos, uma de suas novidades é a conta digital PagBank.

Conheça as maquininhas do PagSeguro.

  • Moderninha X
  • Moderninha Pro
  • Moderninha Plus
  • Minizinha Chip 2
  • Minizinha

Para saber mais, leia o post SumUp ou PagSeguro? As duas fintechs de meio de pagamento que têm ganhado mercado.

E agora, ficou mais fácil concluir se vale a pena ter máquina de cartão? Se você quer saber mais sobre fintechs e suas soluções, continue acompanhando nossos conteúdos aqui no blog e inscreva-se em nossa newsletter para receber os conteúdos por email.

Comentários