O número de startups do tipo fintech em Portugal cresceu. O pais está entre os 50 com as melhores fintechs, aponta um ranking da revista Forbes. 

Somando essa informação ao número de brasileiros em terras lusitanas, que já ultrapassa 150 mil, resolvemos listar aqui as principais fintechs em Portugal para te ajudar nas suas transações financeiras.

As fintechs portuguesas mais populares 

1. Raize 

A Raize é uma fintech de Portugal com financiamento para pequenas e médias empresas, criada em 2014. Ela reúne empresas que precisam de empréstimos e empresários que querem investir. 

Por conta desse serviço é considerada uma das maiores investidores em PMEs do país. 

Como funciona a Raize? 

Os empréstimos na Raize são de médio-longo prazo e são aprovados em até 48 horas. Confira dois tipos principais:

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Financiamento tesouraria

Nessa modalidade as taxas de juros são definidas de acordo com os riscos e prazo da operação. Para empresas com risco mais baixo, por exemplo, a taxa começa em 2,5%.

O empréstimo é amortizável, ou seja, conforme você vai pagando, a dívida vai diminuindo. Ocorre a quitação parcial da dívida com períodos mensais entre 6 e 60 meses. 

Os empréstimos nessa fintech em portugal podem conter um período de carência no pagamento do capital.

Financiamento startups

Empréstimos para fintechs em portugal mais jovens, com menos de 2 anos de atividade, mas que apresentem muita disciplina e capacidade financeira, além de potencial de crescimento.

Vantagens da Raize

  • Rapidez: os empréstimos são aprovados em 48 horas sem burocracia;
  • Menos custos: as taxas de juros são a partir de 2,5% e não tem custo de amortização antecipado. 
  • Facilidade: o empréstimo é solicitado digitalmente, sem necessidade e sair de casa. 

A Raize é segura? 

A Raize tem em seu currículo alguns prêmios. Em um deles, ganhou nota 9 na classificação, como a melhor fintech em Portugal de crédito para empresa.

Outro indicador importante é o regulamento do Banco de Portugal e a Raizecrowd, ambos comprovam que a empresa é confiável.

2. ActivoBank 

Um banco digital que nasceu banco tradicional. A história do ActivoBank se assemelha com a do banco Inter, pelo menos em sua origem. 

A fintech também surgiu quando ainda não existiam bancos digitais, no ano de 1994 em portugal, contudo, em 2010 se atualizou e virou um banco híbrido: digital e com pontos físicos em 15 cidades. 

Como funciona o ActivoBank? 

A carteira de serviços do ActivoBank é formada por investimentos, seguros, empréstimos, poupanças, cartões e contas. 

Para abrir conta basta baixar o app, fotografar seus documentos, preencher os dados e esperar uma videochamada deles. 

Veja alguns dos serviços ActivoBank

Conta Simples
  • É necessário 500 euros para abertura de conta;
  • sem taxas de manutenção da conta;
  • Cartão de débito e crédito entregue na hora;
  • Acesso ao ActivoBank por aplicativo e do site;
  • Vantagens com o Programa Activo+, que permite acumular pontos 
Conta Constrói o teu Futuro
  • Para jovens de 14 a 17 anos, que devem ir com os pais ao banco para abrir a conta;
  • Valor de abertura de conta é 100 euros;
  • Cartão de débito sem taxas de anuidade;
  • Acesso a poupanças sem valor mínimo;
  • Sem taxas de manutenção de conta.
Plataforma de investimento  
  • Cotações;
  • Listas com os títulos favoritos para acompanhar a sua evolução;
  • Negociação e gestão de ordens dentro da plataforma;
  • Gráficos interativos de análise técnica;
  • Acesso à sua carteira com atualização das mais-valias potenciais ao segundo.

Quais as vantagens do ActivoBank? 

  • Sem taxas de manutenção mensais;
  • Abertura de conta simples;
  • Atendimento online pelo aplicativo, por chat no site ou diretamente no Facebook;
  • Parceria com a TransferWise para envio de dinheiro ao exterior;
  • variedade de produtos como seguros, investimentos, poupanças e empréstimos;
  • Programa Activo+ transforma produtos e serviços utilizados em pontos, que podem ser revertidos para a poupança no próprio ActivoBank ou em lojas. Entre elas, FNAC, Decathlon, Zara, Primark, IKEA, El Corte Inglés. Também podem ser convertidos em doações para a Cruz Vermelha.
  • Investimento na bolsa com a plataforma activotrader.

ActivoBank é seguro? 

O ActivoBank faz parte do grupo Millennium BCP, este além de listar entre as maiores instituições bancárias privadas em Portugal, tem sede em vários países, como Polônia, Suíça, em Moçambique, Angola e China. 

ActivoBank é uma fintechs de portugal com mais chance de virar uma gigante como o Nubank, é assim que os investidores enxergam seu potencial. Veja alguns prêmios:

fintechs de portugal
Fonte: ActivoBank

3. Feedzai

A Feedzai surgiu, em 2008, para combater fraudes nos serviços financeiros e e-commerce através inteligência artificial e machine learning. Seus criadores, Nuno Sebastião, Pedro Bizarro e Paulo Marques definem como uma plataforma para gerenciar crimes financeiros. 

Em 2018, a fintech de portugal foi listada no ranking da Forbes na posição 15 entre as 50 empresas de tecnologia financeira mais promissoras. Entre seus clientes estão Citi Bank e Lloyds Banking Group.

Como a Feedzai funciona? 

usando ferramentas de IA, Machine Learning e Big Data, a Feedzai consegue monitorar riscos, através de uma varredura, super rápida.  

No site, é explicado como o sistema dela torna as decisões financeiras mais seguras: 

“O olho humano leva 300 milissegundos para piscar. Leva 13 milissegundos para o cérebro processar informações visuais. Em menos de 3 milissegundos, o Feedzai pode avaliar milhares de decisões para pontuar uma transação em tempo real.”

Veja com funciona: 

fintechs de portugal
Fonte: Feedzai

O sistema usa tecnologias de Big Data como Hadoop e Cassandra junto com tecnologia de streaming de eventos na memória para detectar fraudes em tempo real.

Entenda como funciona no vídeo:

4. PPL Crowdfunding

A PPL é uma fintech de financiamento coletivo, crowdfunding, fundada em 2011 por uma sociedade de empresários chamada Orange Bird.

Como a PPL funciona? 

  1. Uma pessoa ou grupo tem uma ideia e precisa de financiamento;
  2. Dentro da plataforma há um formulário onde essa pessoa era submeter sua ideia optando por causa ou crowdfunding;
  3. A PPL 2. aprova e, a partir de então, a ideia está visível para que todos da comunidade possam apoiar. 

Tipos de financiamento 

  • PPL Causas: se sua ideia estiver ligada a uma causa social, o que for angariado será transferido quando terminar o prazo. Mesmo se o objetivo final não for alcançado a causa recebe o valor conquistado até aquele momento.
  • PPL Crowdfunding: para qualquer outro tipo de projeto, é “tudo ou nada”; o que isso quer dizer? se sua ideia não atingir o objetivo, o que foi arrecadado até o prazo será devolvido sem custos para nenhuma das partes.

Quais as taxas da PPL Crowdfunding? 

A inscrição é gratuita. Caso o financiamento receba o valor pedido, é cobrado uma comissão de 7,5% (+IVA).

A comissão é deduzida do valor que eles transferem no fim da campanha. você recebe o valor em até dois dias. 

Veja o que os números dizem sobre a PPL: 

fintechs de portugal
Fonte: PPL

5. IfThenPay

IfThenPay é mais uma fintech de Portugal criada para facilitar pagamentos, ela é autorizada e supervisionada pelo Banco do país. Foi criada em 2005, quando ainda nem havia legislação para fintechs. 

A IfthenPay permite a criação simplificada e segura de referências multibanco para pagamentos, tanto para lojistas colocarem o sistema em seu site quanto para pessoas que precisam pagar seus boletos. 

Como funciona a IfThenPay para o lojista? 

  1. As referências multibancos são emitidas automaticamente pela sua loja online, podendo ser impresso ou pelo aplicativo, na área do cliente. 
  2. Após o pagamento você é notificado por email 
  3. A Ifthenpay transfere diariamente o valor para sua conta com a redução dos custos. 

Como é o processo de automação da IfThenPay? 

  1. O cliente está numa loja online, seleciona um produto e escolhe pagar por referência multibanco;
  2. A loja online solicita à IfThenPay uma referência Multibanco (via app ou site);
  3. O cliente recebe a referência no e-mail;
  4. O cliente paga a referência multibanco num caixa eletrônico, que comunica à plataforma bancária;
  5. O banco debita da conta do cliente;
  6. A loja online manda uma mensagem para o cliente através de sms ou email. Todo esse processo leva apenas dois segundos e pode acontecer cerca de 30 vezes por minuto.

Quais as vantagens da IfThenPay? 

  • sem custos para o cliente;
  • pagamentos 24 horas por dia com notificações imediatas;
  • pagamentos seguros por multibanco;
  • proteção dos dados do utilizador, sem necessidade de pedir dados bancários online;
  • pagamento em multicanal: terminal multibanco, home-banking, MB Spot, celular ou TPA;
  • diretamente da conta bancária dos utilizadores sem necessidade de criar ou carregar previamente outro tipo de contas (wallets);
  • “checkout” nas lojas online é efetuado integralmente dentro do site do vendedor;
  • controle das vendas no smartphone através do aplicativo;
  •  aumento da eficácia das cobranças e redução dos custos e trabalho administrativo;
  • os custos para o vendedor são iguais, independentemente do canal/forma de pagamento que o utilizador escolha.

A IfthenPay é segura? 

Além de ser regulamentada pelo Banco Central de Portugal, a IfthenPay tem nota 9,5 no portal equivalente ao reclameaqui lá de portugal, o portal da queixa.

Uma outra confirmação de sua eficácia e segurança são suas conquistas, a fintech de Portugal ultrapassou as 14.500 entidades aderentes ao seu serviço, em 2019, e registou um crescimento de 29% nos lucros ano passado. 

Agora que você conhece as principais fintechs em Portugal, caso for morar por lá já sabe por onde começar. Acompanhe o nosso blog para mais informações sobre fintechs e assine nossa newsletter. 

Comentários