Com os bancos digitais cada vez mais em alta — 11 milhões de contas desse tipo foram abertas até o início de 2019, segundo levantamento da consultoria Boston Consulting Group —,   certamente você já deve ter ouvido falar dele. Mas você sabe exatamente o que é o Banco Inter e tudo que ele oferece aos clientes?

Muitas pessoas ainda têm dúvidas se o Banco Inter é uma fintech, um banco tradicional que se transformou em digital ou se, porventura, se enquadra em alguma outra definição. A verdade é que o Banco Inter já possui mais de 2,5 milhões de correntistas graças a sua forma de trabalhar, que inclui contas sem tarifas e diversos serviços totalmente on-line.

Como surgiu, sua história, benefícios, desvantagens e principais diferenciais é o que você vai descobrir agora!

Afinal, o que é o Banco Inter?

O Banco Inter é um banco 100% digital que passou, ao longo dos anos, de uma financeira para um banco múltiplo com capital aberto. Além disso, ele também pode ser considerado uma fintech.

Mas como um banco com 25 anos de experiência pode ser considerado uma fintech? Simples! Porque fintechs são empresas que usam novas tecnologias para oferecerem soluções financeiras rápidas aos seus clientes, além de otimizarem a entrega desses serviços. E foi justamente isso que o Banco Inter fez.

Mesmo quando ainda atendia pelo nome Intermedium, a instituição financeira foi a primeira do Brasil a se tornar totalmente digital, disponibilizando aos clientes contas correntes isentas de tarifas que oferecem:

  • depósitos;
  • transferências gratuitas;
  • pagamento de contas;
  • saques na Rede Banco24Horas;
  • cartão de crédito sem anuidade.

Como o Banco Inter surgiu

Para entender um pouco mais o que é o Banco Inter, é interessante viajar por sua história e descobrir como tudo começou.

Em 1994, foi fundada a financeira Intermedium CFI pelos membros da família Menin, proprietária do grupo MRV Engenharia. Com sede em Belo Horizonte, Minas Gerais, a proposta da empresa era trabalhar com operações voltadas para crédito imobiliário.

Porém, a empresa acabou se destacando no mercado de Middle Market (empresas de médio porte com faturamento entre R$ 4,8 milhões e R$ 300 milhões) e de crédito consignado. Dessa forma, no ano de 1999, a financeira deu início às operações em Crédito Empresa; em 2005, às operações em Crédito Consignado; e, em 2007, em Crédito Imobiliário.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Faça como milhares de empreendedores e receba os melhores conteúdos sobre o mundo Fintech em sua caixa de e-mail.

Em 2008, a empresa recebeu a carta patente do Banco Central e passou a operar como banco múltiplo, modificando seu nome para Banco Intermedium e, em 2012, criou o Intermedium Seguros.

No ano de 2013 foi fundada a Intermedium DTVM — Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários.

Mas foi em 2014 que a instituição financeira lançou sua conta digital, a primeira do Brasil, possibilitando que os clientes tivessem acesso 100% on-line — indo desde a abertura até movimentações diversas — através de computadores e smartphones.

Já 2016 foi o ano em que a empresa iniciou as operações de câmbio e também de cartão de crédito, essa com a empresa MasterCard.

Ultrapassando a marca de 370 mil clientes, em 8 de junho de 2017 o Banco Intermedium ganhou uma nova marca, passando a se chamar Banco Inter, o que promoveu uma total renovação da sua imagem.

Os números do Banco Inter

Com uma trajetória tão longa, a resposta sobre o que é Banco Inter também envolve números — e são muitos.

De acordo com a própria instituição financeira em sua Prévia Operacional, emitida em julho de 2019 e referente aos dados levantados sobre o segundo trimestre, a fintech conta com:

  • 612 mil novas contas abertas no período, batendo o recorde do mesmo período do ano passado (3 vezes mais);
  • 10 mil contas abertas por dia útil no mês de junho.

Sobre engajamento e monetização apontados nessa prévia:

  • 53,1 mil solicitações de portabilidade de salário;
  • 74 milhões de acesso no aplicativo do banco, sendo 1,3 milhões por dia no mês de junho;
  • R$ 1,6 bilhão de volume transacionado em cartões.

Com relação a créditos, o levantamento indica:

  • R$ 195 milhões em crédito consignado;
  • R$ 312 milhões em crédito imobiliário;
  • R$ 398 milhões de crédito empresas.

Como o Banco Inter funciona?

Diferentemente de outras fintechs, como o Nubank, que oferece a NuConta, uma conta de pagamentos, o Banco Inter funciona efetivamente como uma conta corrente. Ou seja, com ela os clientes podem fazer todas as transações características de uma conta aberta em um banco tradicional, mas com a vantagem de ser tudo gratuito e via web.

O banco trabalha com conta digital para pessoa física, pessoa jurídica e MEI. Veja as particularidades de cada uma.

Conta digital pessoa física

A conta corrente para pessoa física permite movimentações via internet banking e aplicativo, saques sem tarifas na Rede Banco24Horas e cartão MasterCard Internacional com a função débito. No entanto, o cliente pode solicitar uma análise para liberação também da função crédito, que funciona sem anuidade.

Totalmente gratuita, além dos serviços mencionados, a conta digital para pessoa física do Banco Inter oferece:

  • TEDs ilimitadas;
  • compras e transferências via QR code;
  • depósito de dinheiro por boleto;
  • depósito de cheque por imagem;
  • plataforma completa de investimentos;
  • empréstimos e financiamentos;
  • pagamento de contas;
  • seguros;
  • recarga de celular.

Conta digital pessoa jurídica

Empresas também podem se beneficiar, especialmente depois de descobrirem o que é o Banco Inter e todos os serviços que ele oferece.

Para abertura de conta nessa modalidade, é preciso ser sócio de uma empresa e já ter uma conta digital como pessoa física. Entre as vantagens oferecidas estão:

  • maquininha de cartão com taxas exclusivas;
  • convênio com as principais máquinas de cartão, permitindo o recebimento de vendas realizadas no débito e no crédito;
  • mudança de domicílio bancário, caso o cliente trabalhe com outras máquinas de cartões;
  • possibilidade de pagamento de títulos e títulos;
  • depósito de dinheiro via boleto bancário;
  • emissão gratuita de até 100 boletos por mês;
  • recebimento via QR code (Interpag) gratuito;
  • até 100 TEDs gratuitas todos os meses;
  • extratos por período;
  • folha de pagamento de forma automática;
  • acesso multicontas com visualização e movimentações personalizadas por usuário;
  • cartão de débito MasterCard.

Conta digital MEI

Quem é MEI também pode ter uma conta digital no Banco Inter. Para isso, basta já ser correntista como pessoa física. Entre os benefícios que essa categoria recebe estão:

  • emissão de até 100 boletos por mês sem custos;
  • até 100 TEDs gratuitas mensalmente;
  • pagamento de boletos;
  • recebimento sem custo via QR code;
  • depósito de cheque por imagem;
  • depósito de dinheiro via boleto;
  • transferência de domicílio bancário para recebimento de pagamentos feitos via maquininhas;
  • convênio com as principais máquinas de cartão para recebimento via débito e crédito.

Se tudo é gratuito, como o Banco Inter lucra?

A esta altura você deve estar se perguntando: “mas se as transações de conta corrente do Banco Inter são gratuitas, como esse banco digital ganha dinheiro?”.

A resposta é fácil: parte da receita do banco é proveniente justamente do fato de não possuir estrutura física (agências) para atender os clientes. Isso reduz custos com funcionários e com a manutenção desse espaço físico, despesas que, no caso dos bancos tradicionais, acabam sendo repassadas aos clientes.

A oferta de produtos como empréstimos, crédito imobiliário e seguros, ou mesmo o uso dos cartões físicos e as movimentações das contas, são as maiores fontes de lucro da instituição financeira.

Aqui, vale ressaltar que essa estratégia tem dado bastante certo. Segundo o site IstoÉ Dinheiro, o Banco Inter fechou o segundo trimestre de 2019 com alta de 90,9% no seu lucro líquido comparado ao mesmo período do ano anterior, ficando na casa dos R$ 32,9 milhões. Já seu patrimônio líquido chegou a R$ 973,1 milhões.

Quais os demais produtos e serviços oferecidos?

Além de uma conta corrente 100% digital, totalmente livre de tarifas e cartão de crédito sem anuidade, o Banco Inter também oferece outros serviços aos seus correntistas. No entanto, é importante ressaltar que estes serviços possuem tarifas que variam de acordo com cada um deles.

Serviços do Banco Inter para pessoas físicas

HomeEquity

Crédito a partir de R$ 100 mil, com taxa pré-fixada de 1%, que pode ser usado de forma livre pelo correntista e pago em até 84 meses. Nessa modalidade, o imóvel residencial ou comercial do cliente fica como garantia de crédito

Crédito Consignado Público

Com taxas a partir de 1,30%, o Crédito Consignado Público do Banco Inter atende servidores públicos estaduais e federais, além de militares e pensionistas. As parcelas são debitadas diretamente na folha de pagamento do cliente.

Crédito Consignado Empresa Privada

Esse tipo de crédito é direcionado para funcionários de empresas conveniadas do Banco Inter e atende colaboradores que trabalham com registro em carteira. As parcelas também são debitadas em folha de pagamento e para empréstimos de até R$ 5 mil não há consulta no SPC ou Serasa.

Cartão de Crédito Consignado

Funcionando como um cartão de crédito tradicional, a diferença do Cartão de Crédito Consignado fica por conta do pagamento da fatura, que é debitada automaticamente na folha de pagamento do correntista. Por isso, essa modalidade de crédito é voltada para aposentados, pensionistas e servidores públicos municipais, federais e estaduais.

Financiamento Imobiliário

Um ponto que surpreende muitas pessoas que descobrem o que é o Banco Inter e os serviços oferecidos é a possibilidade de conseguir um financiamento imobiliário de forma 100% digital.

Com essa linha de crédito é possível comprar imóveis novos ou usados, com taxas a partir de 8,5% ao ano + Taxa Referencial. O valor do financiamento pode chegar a 70% do valor do imóvel e ser pago em até 360 meses.

Portabilidade de Financiamento de Imóveis

Quem já possui financiamento imobiliário em outro banco e quer migrar para o Banco Inter pode fazer isso e ainda conseguir parcelas mais baratas. As taxas, porcentagem de crédito e tempo para quitação são os mesmos do financiamento feito desde o início com a fintech.

Investimentos

A PAI (Plataforma Aberta Inter) é uma forma de fazer investimentos de forma direta, ou seja, sem intermediários, tudo via app. Nela, o cliente escolhe a modalidade que mais tem a ver com seu perfil de investidor e começa a aplicar. Estas são as modalidades disponíveis:

  • Poupança
  • Renda Fixa
  • Renda Variável
  • Fundos de Investimento
  • Grupos de Investimento
  • Ofertas Públicas
  • Previdência Privada

Seguros

O Banco Inter também oferece diversos tipos de seguros em parceria com seguradoras renomadas, sendo eles:

  • para automóvel;
  • auto contra terceiros;
  • residencial;
  • proteção financeira;
  • perda e roubo de cartão;
  • plano odontológico.

Câmbio

A conta corrente do Banco Inter também funciona internacionalmente. Com o serviço de câmbio é possível enviar ou receber remessas internacionais, além de fazer pagamentos e transferências para diversos países.

Consórcio Auto e Moto

Com duração máxima de 100 meses, o consórcio para aquisição de automóveis ou moto da fintech permite que o cliente seja contemplado via sorteio, lance, lance embutido ou lance fixo.

Consórcio Imobiliário

Sem taxa de adesão, com taxa de administração de 22% e parcelas mensais a partir de R$ 643,68, o consórcio imobiliário do Banco Inter ainda permite o uso de FGTS para lances, amortização ou quitação das parcelas e planos de até 230 meses.

Serviços do Banco Inter para pessoas jurídicas

Antecipação de recebíveis

Ao descobrirem o que é o Banco Inter, as empresas têm acesso a inúmeros serviços. Entre eles está a antecipação de recebíveis. Direcionada para fornecedores de empresas conveniadas à fintech, essa linha de crédito permite a antecipação de pagamentos via nota fiscal e contratos.

Crédito Corporativo

No crédito corporativo, as organizações podem antecipar pagamentos vindos de outras empresas conveniadas ao Banco Inter e de órgãos federais, estaduais ou municipais.

Financiamento Imobiliário

Imóveis comerciais também podem ser financiados facilmente via site. Nessa modalidade de crédito, as empresas contam com taxas a partir de 10,5% ao ano + Taxa Referencial, financiamento de até 70% do valor do imóvel e até 360 meses para quitação.

Seguros

Assim como fornece seguros para pessoa física, o Banco Inter também cobre empregadores e empregados. Estas são as modalidades disponíveis:

  • seguro de vida em grupo;
  • seguro empresarial;
  • seguro garantia;
  • risco de engenharia;
  • saúde empresarial.

Câmbio

Com o câmbio para PJ é possível fazer pagamento de importações e recebimento de exportações, transações em diversas moedas e transferências, além de recebimento de aportes de capital no exterior.

É seguro abrir uma conta digital no Banco Inter?

Mesmo após descobrir o que é o Banco Inter, muitas pessoas ainda têm dúvidas se é seguro ou não abrir uma conta digital nessa fintech. Para lhe ajudar a tomar essa decisão, separamos algumas de suas vantagens e desvantagens.

Vantagens

  • conta corrente 100% digital, sem tarifas e com cartão de débito;
  • cartão de crédito livre de anuidade;
  • recarga de celular;
  • portabilidade de salário;
  • empréstimos, financiamentos e seguros;
  • transferências gratuitas entre bancos;
  • saques na Rede Banco24Horas sem cobrança;
  • depósito por boleto ou cheque por imagem;
  • cartões de presente debitados diretamente do saldo;
  • bloqueio e desbloqueio dos cartões direto no app;
  • método de pagamento próprio, o Interpag, para transações entre correntistas;
  • garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Desvantagens

  • cartão de crédito não possui programa de pontos;
  • não permite que seja feito via app o pagamento de compras parceladas efetuadas no cartão de crédito;
  • poucos convênios para débito automático;
  • visto que os saques só podem ser realizados na Rede Banco24Horas, no caso de valores altos é preciso ter conta em um banco tradicional e fazer uma transferência antes de sacar.

O vídeo do canal Davi Alex fala sobre alguns desses pontos positivos e negativos do Banco Inter e se vale a pena abrir uma conta nele.

Como abrir uma conta no Banco Inter?

Agora que você entendeu melhor o que é o Banco Inter, vantagens e diferenciais que ele oferece, possivelmente seu interesse em se tornar correntista nessa instituição financeira aumentou, não é?

Disponível para Android e iOS, basta baixar o app do Banco Inter e preencher o cadastro com os dados pessoais solicitados.

Após essa etapa, é necessário fotografar e enviar pelo próprio app um documento com foto (que pode ser RG ou CNH) e um comprovante de endereço, ambos frente e verso. As duas últimas fases consistem em confirmar sua assinatura pessoal e enviar uma selfie.

Para saber se sua solicitação foi aprovada, é só acompanhar o status pelo próprio aplicativo. O tempo médio de aprovação é de até 10 dias.

Banco Inter é o melhor?

O Banco Inter pode até ter nascido como um banco tradicional, mas logo percebeu a importância de se adequar às inovações tecnológicas para oferecer aos clientes serviços melhores e mais dinâmicos. Assim, tornou-se uma boa opção para quem pretende abrir uma conta digital.

No entanto, é interessante que você também considere outros nomes. Um levantamento de ranking de audiência de sites, por exemplo, apontou que o Nubank é o líder de acessos, com 58,03% do traffic share entre os bancos digitais analisados. O segundo lugar ficou com o Banco Inter, com 22,59%.

Se considerarmos o ranking das lojas de aplicativos, temos o Nubank em primeiro lugar, tanto na Play Store quanto na App Store. O Next ocupa o 2º lugar nas duas plataformas e o Banco Inter o 4º lugar entre os usuários do iOS e o 5º no sistema Android. Já o Neon conquistou a 3ª posição na loja da Apple e a 6ª na da Google.

Conhecer um pouco mais sobre esses bancos digitais pode ajudar na sua tomada de decisão. Para isso, recomendamos a leitura dos posts abaixo:

Por fim, se quer ficar bem informado e saber tudo que acontece nesse setor e no mundo das startups e das fintechs, assine nossa newsletter e receba conteúdos incríveis como este!

Comentários